Zverev ou Thiem? Quem terá a chance de conquistar seu primeiro Grand Slam?

Há alguns anos temos visto apenas Rafael Nadal, Novak Djokovic e Roger Federar conquistando os títulos de Grand Slam. Nadal, sempre soberano no saibro, Djokovic com muita versatilidade, ganhando títulos em diversas quadras e Federer, excelente na grama, apesar de ter perdido a última edição de Wimbledon numa batalha épica contra Federer.


Atual campeão do Australian Open, Djokovic vem provando por que é o favorito a conquistar o troféu em 2020. Começou o campeonato derrotando o alemão Jan-Lennard Struff, os Japoneses Tatsuma Ito e Nishioka, o talentosíssimo argentino Diego Schwartzman, e por último Milos Raonic e Vossa Majestade, Roger Federer. Foi assim o caminho trilhado pelo servo até chegar à final do Australian Open. Seu adversário será decidido em partida que acontecerá nesta sexta-feira, entre Alexander Zverev e Dominic Thiem.

Ambos jovens e com um grande estigma nas costas: o de não terem conquistado um Grand Slam ainda. Em sua última partida contra o suíço Wawrinka, Sascha (como é conhecido), na entrevista pós-jogo reconheceu que vai muito bem em Masters 1000 e ATP 500, mas que nunca conseguira bons resultados em Grand Slams (aquela era sua primeira quartas de final em majors), e o duelo contra o austríaco Dominic Thiem, será a primeira semifinal do tenista alemão de 22 anos.

Por outro lado, Thiem, com 26 anos de idade, teve um ótimo ano em 2019, foi o tenista que ganhou mais títulos, levantando os troféus em Indian Wells, Barcelona, Kitzbuhel, Pequim e em Viena (título que teve um gosto muito especial, pois foi o seu primeiro em casa).

O austríaco também quase levou o ATP Finals, perdendo de virada para o grego Stefanos Tsitsipas. Thiem veio numa crescente muito grande após a contratação do técnico Nicolas Massú, em abril. O ex-jogador chileno disse que acredita muito que Thiem possa se tornar número 1 do mundo.

Para chegar à final, ele derrotou Rafael Nadal nas quartas de final.
Zverev decidiu não continuar mais com o ex número 1 do mundo, Ivan Lendl, após 1 ano de parceria, permanecendo contudo com o seu pai, Alexander Zverev Sr, como treinador, inclusive dedicando a ele a classificação para as semifinais do Australian Open.

Zverev ocupa atualmente a posição número 7 no ranking, e Thiem, a 5ª. Esta vantagem em relação ao ranking também prevalece nos confrontos direto entre os dois, onde Thiem conta com 6 vitórias contra 2 do alemão.

 

 

E o que achou sobre esse assunto? Contribua com o Esportes de A à Z! Basta preencher o comentário abaixo.

%d blogueiros gostam disto: