Entenda os esportes: Atletismo

É um dos que mais dão medalha nos jogos olímpicos

As principais disputas são em pista. Crédito: Bruno Neves Lopes/EAZ

O esporte base de todos, o atletismo é que esteve em todas as edições de jogos olímpicos, seja da antiguidade ou nos jogos modernos. Consiste basicamente em três modalidades: Provas de pista/rua (corridas e marcha), provas de campo (saltos e arremessos) e provas combinadas como o pentatlo que se revezam na prática dentro de estádios ou em ruas que atraem um grande público de praticantes pelo mundo.

Competições dentro do estádio:

Provas sem barreiras: São também chamadas de rasas aquelas em que o corredor larga de diferentes pontos do estádios e não existe nenhum tipo de barreira ao longo do percurso A mais famosa delas e que determina o homem mais veloz do mundo é a de 100m e o atual detentor dessa marca é o jamaicano Usain Bolt com 9,58s. Também são disputadas provas de 200, 400, 800, 1500, 5 mil e 10 mil metros (as três últimas consideradas de fundo) que consiste em nada menos que 25 voltas na pista de 400m metros.

Veja a técnica dos 100m rasos

Crédito: AFP

Revezamento: Consiste em provas que mais de um atleta participa da mesma competição. São disputadas nas distâncias de 4x100m e 4x400m.

Provas com barreiras: São aquelas em que os atletas precisam saltar várias barreiras que variam de 8,5 (barreira baixa) a 10,5m (barreira alta) para as mulheres e 13,7 a 14,4m para homens. As disputas são nos 100 e 110m (homens e mulheres respectivamente), 400m e 3000m, onde fora terem que saltar na pista, os atletas passam um trecho de pista dentro da água.

Veja como é uma competição com barreiras

Crédito: Oylimpic Channel

Campo: São as competições que ocorrem ao centro da pista com as provas de salto (com vara, em altura, distância e triplo) e as de arremesso (peso, disco, dardo e martelo).

Veja como é a competição de salto em altura

Crédito: Ministério do esporte

Provas combinadas: São aquelas que juntam várias provas e varia entre o pentatlo que é disputado pelas mulheres que consistem nas seguintes provas: 100m com barreira, salto em altura, arremesso de peso, 200m, salto em distância, lançamento de dardo e 800m. Já para os homens, se disputa o decatlo com as provas de 100m, salto em distância, arremesso de peso, salto em altura, 400m, 110m com barreiras, lançamento de disco, salto com vara, lançamento de dardo e fecha nos 1500m

Competições fora do estádio:

Em jogos olímpicos, são poucas aquelas que vemos sendo disputadas fora do estádio. Uma das principais é a maratona com seus 42,195 km, considerada o maior desafio de todos. Junto com a maratona, também é disputada fora do estádio as provas da macha atlética que consistem em duas distâncias: 20 km e 50km onde nessa distância foi só disputada por homens até os jogos de 2016 e será disputada em Tóquio pela primeira vez para mulheres.

A maratona é uma das competições disputadas fora do estádio. Crédito: Ricardo Dungó/EAZ

Fora dos jogos olímpicos, outras provas fazem parte do calendário disputado pelos atletas e que agregam qualquer um que se inscreva. São provas 1 milha, 5km, 10km, 15km, 16km, 21k e 50km no asfalto. As provas de Cross-country também são disputadas em distâncias variadas e geralmente fora de temporada. As ultramaratonas também fazem parte da modalidade e é considerada qualquer prova que esteja acima de 42km de distância podendo chegar até 5000 km onde são disputadas por vários dias em percursos que podem ser desde um percurso curto quase plana até diversas subidas e descidas em montanhas pelo mundo, inclusive em ambientes extremos com temperaturas que podem variar dos 50 graus positivos a 50 graus negativos.

Destaques históricos:

Masculino:


Paavo Nurmi (Finlândia)
O primeiro grande destaque em jogos olímpicos em provas de fundo. Ele ganhou nada menos que 12 medalhas olímpicas, sendo 9 de ouro e 5 delas na edição de Paris em 1924 sem contar que ele estabeleceu nada menos que 22 recordes mundiais.

Jessy Owens (Estados Unidos)
Ganhou quatro ouros nos jogos em Berlim 1936 afastando a tese de Hitler da soberania ariana e o fazendo se retirar do estádio.

Emil Zátopek (Theco)
Conhecido como “locomotiva de Praga”, ele é o único homem na história a vencer os 5 mil, 10 mil e a maratona numa única edição olímpica.

Abebe Bikila (Etiópia)
Único bicampeão olímpico da maratona. Venceu nas edições de 1960 em Roma ao correr a prova descalço e 1964 em Tóquio.

Carl Lewis (Estados Unidos)
O americano ganhou nada menos que 10 medalhas em jogos olímpicos, igualando a quantidade de ouro de Nurmi e é dos poucos atletas tetracampeões olímpicos no salto em distância entre os jogos de 1984 em Los Angeles e 1996 em Atlanta. Ele também foi campeão nos 100, 200 e 4x100m.

Usain Bolt (Jamaica)
Ele foi tricampeão olímpico nos 100m e 200m (2008, 2012 e 2016) e atual recordista nas duas distâncias. Ele também chegou a ser tricampeão no 4x100m, mas perdeu o título de Pequim 2008 por dopping de um dos membros da equipe.

Robert Korzeniowski (Polônia)
é o maior marchador de todos os tempos em jogos olímpicos. O polonês ganhou 4 medalhas em 3 edições de jogos olímpicos, sendo uma nos 20 e 50km na edição de 2000 em Sydney e venceu só nos 50km em 1996 e 2000.
Al Oerter (Estados Unidos)O americano é outro dos poucos tetracampeões. Venceu no lançamento do disco nas edições de 1956, 1960, 1964 e 1968.
Jan Zelezny (Tcheco)É tricampeão olímpico no lançamento do dardo. Venceu nas edições de 1992, 1996 e 2000.
Sergei Bubka (Ucrânia)Dono de 6 títulos mundiais no salto com vara, ganhou apenas um único ouro em Seul 1988.
Eliud Kipchoge (Quênia)É o primeiro homem do mundo a correr uma maratona em menos de duas horas, marca atingida em 2019 em Viena na Áustria. Mesmo o recorde não sendo reconhecido, ainda é o dono da marca oficial com 2h01min, feito atingido em 2018 na maratona de Berlim

Feminino:

Fanny Blankers-Koen (Holanda)Venceu 4 ouros nos jogos de Londres em 1948.
Florence Griffith Joyner (americana)Venceu os 100, 200 e 4x100m nos jogos de Seul e dona dos recordes mundiais até hoje nas duas primeiras distâncias.
Jackie Joyner-Kersee (americana)Venceu o heptatlo e o salto em distância nos jogos de Seul e Barcelona
Veronica Campbell-Brown (Jamaica)Ganhou 3 ouros e 8 medalhas no total.
Yelena Isinbayeva (Rússia)Bicampeã no salto com vara, venceu em Atenas e Pequim e ainda tem 7 títulos e 30 recordes mundiais.
Gabriela Andersen-Schiess (Suíça)Na primeira maratona feminina da história, a suíça protagonizou uma das imagens mais repetidas dos jogos olímpicos. Nos jogos de 1984, foi disputada a primeira maratona feminina e ela entrou no estádio olímpico se arrastando no estádio em uma imagem que é constantemente repetida.

Brasileiros no atletismo:

Apesar da grande oferta de medalhas que o esporte proporciona, o país não é um adepto dessa modalidade e trouxe 17 medalhas em jogos olímpicos. Os grandes destaques são Ademar Ferreira da Silva, Joaquim Cruz, o time de 4x100m e Vanderlei Cordeiro de Lima que após ser derrubado por um padre irlandês em Atenas 2004, ganhou a medalha Pierre de Cobertin dada a aquelas pessoas que demonstram espírito esportivo. Mas também devemos lembrar os feitos de Ronaldo da Costa que em 1998, bateu o recorde mundial da maratona em Berlim e Marilson Gomes dos Santos, vencedor da maratona de Nova Iorque em 2006 e 2008. 

Entre os nomes na atualidade que tem alguma chance de medalha nas próximas olimpíadas, estão os nomes de:

Darlan Romani (Arremesso de peso) – Terminou 2019 como vice-campeão geral e é dono do recorde brasileiro e sul-americano. Ele ficou em 4º no último mundial de atletismo onde disputou a prova mais forte da história de todos os tempos.

4x100m masculino – O time masculino conseguiu vencer o mundial de revezamento em Tóquio em 2019 e ficou em 4º no mundial de atletismo.

Érica Sena e Caio Bonfim (marcha atlética) – Érica ficou em 4º no mundial de Doha, enquanto Caio foi 4º lugar nos jogos olímpicos no Rio em 2016

Thiago Braz (salto em altura) – Apesar de uma certa queda de rendimento, ele ficou em 4º em Doha e pode fazer bonito nos próximos jogos.

Você conhece os 17 atletas que ganharam medalha para o Brasil? Veja a lista!

MedalhaAtletamodalidadeJogos
OuroAdemar Ferreira da SilvaSalto TriploHelsinque 1952 e Melborne 1956
Ouro e PrataJoaquim Cruz800mLos Angeles 1984 e Seul 1988
OuroMaurren MaggeSalto em distânciaPequim 2008
OuroThiago BrazSalto em AlturaRio 2016
Prata e BronzeNelson PrudêncioSalto TriploMéxico 1968 e Munique 1972
PrataAndré Domingos, Claudinei Quirino, Édson Luciano, Vicente Lenilson4x100mSydney 2000
BronzeJosé Telles da ConceiçãoSalto em alturaHelsinque 1952
BronzeJoão Carlos de OliveiraSalto triploMoscou 1980
BronzeRobson Caetano200mSeul 1988
BronzeVanderlei Cordeiro de Lima42 kmAtenas 2004
BronzeVicente de Lima, Sandro Viana, Bruno de Barros, José Carlos Moreira4x100mPequim 2008
BronzeRosemar Coelho, Lucimar de Moura, Thaissa Presti, Rosângela Santos4x100mPequim 2008
Avatar

dungo

Jornalista, corredor e admirador da cidade maravilhosa

E o que achou sobre esse assunto? Contribua com o Esportes de A à Z! Basta preencher o comentário abaixo.

%d blogueiros gostam disto: