Corrida de São Sebastião teve domínio queniano e homenagem

Corrida de São Sebastião teve domínio queniano e homenagem Maxweel Kortek Rotich do Quênia venceu a corrida. Crédito: Bruno Lopes/BNLPhotopress/EAZ

O Aterro do Flamengo recebeu mais uma vez a Corrida de São Sebastião, a corrida que abre o calendário de corridas no Rio de Janeiro e foram cerca de 5 mil atletas que encararam o forte calor e deram início oficialmente ao ano de 2018 com direito a benção do arcebispo da cidade Dom Orani Tempesta.

Lá na frente mais uma vez, só deu os quenianos. Maxweel Kortek Rotich no masculino e Paskalia Chepkorir Kipkoech no feminino dominaram e prova e fizeram tempos fortes. Enquanto Rotich fez 29min35s, Kipkoech fechou em 33min34s.

“É a Segunda vez que eu corro no Rio de Janeiro mas a primeira na São Sebastião. Estava muito calor durante a corrida mas estou muito feliz com essa vitória”, disse Rotich.

Entre os brasileiros, Gilmar Silvestre chegou em terceiro, seguido por Geovani dos Santos e Valério de Souza Fabiano.

“A prova aqui é uma grande festa. Já perdi as contas de quantas vezes fui segundo colocado nessa prova, mas ainda não desisti de ser campeão. Uma hora vai chegar! Mesmo com o calor, a torcida vibrou, nos apoiou e foi um gás a mais para nós”, disse Gilmar, o melhor brasileiro na prova, na terceira colocação, apenas 20 segundos atrás de Rotich.

Já no feminino, Géssica Ladeira chegou em quarto enquanto que Adriana Domingos Silva completou o pódio em quinto.

Dom Orani Tempesta, arcebispo do Rio, abençoou os participantes. Crédito: Bruno Lopes/BNLPhotopress/EAZ 

“Estou começando o ano com o pé direito. Corri os 10km da São Sebastião quando tinha 17 e só agora corri novamente. É muito gratificante conseguir voltar e ser a brasileira mais bem colocada é muito gratificante”, disse Géssica, de 23 anos.

Antes da largada, Dom Orani Tempesta abençoou os corredores. Logo em seguida, foi prestada uma homenagem a Carlos Sampaio, o Carlinhos, que organizou a Corrida por 17 anos junto com seu sócio João Traven, que morreu vítima da violência em dezembro. Foram soltos vários balões brancos.

RESULTADOS
10km
Feminino
1ª – Paskalia Chepkorir Kipkoech (QUE)- 33:44
2ª – Esther Chesang Kakuri (QUE) – 33:59
3ª – Leah Jerotich (QUE) – 34:30
4ª – Géssica Ladeira – 36:38
5ª – Adriana Domingos Silva – 37:36

Masculino
1º - Maxweel Kortek Rotich (QUE) – 29:35
2º - Paul Kipkorir Kipkemoi (QUE) – 29:48
3º - Gilmar Silvestre Lopes – 29:55
4º - Giovani dos Santos – 30:04
5º - Valério de Souza Fabiano – 30:31

João Traven, prestou homenagem ao seu amigo e ex-sócio Carlos Sampaio. Crédito: Bruno Lopes/BNLPhotopress/EAZ


5km
Feminino
1ª – Solange Maria Mariano – 18:59
2ª – Marcia Narloch – 19:23
3ª – Vera Betânia Bazílio Rosa – 19:54
4ª – Maria Júlia da Silva – 20:01
5ª – Ana Paula de Souza – 20:04

Masculino
1º - Ronaldo Jeferson de Arruda Lopes – 15:18
2º - Rodrigo Lira – 15:40
3º - Welerson Rafael Pires do Nascimento – 15:56
4º - Auderi Moreira Duarte – 16:03
5º - Fabiano Moreira dos Santos – 16:08

O Esportes de A à Z participa da corrida desde 2008 e preparou um vídeo especial com a cobertura do evento. Assista logo abaixo.

Mídia

Crédito: Ricardo Dungó