fbpx

Em casa, Isadora Pacheco vence pela primeira vez uma etapa do Oi STU Qualifying Series

Em casa, Isadora Pacheco vence pela primeira vez uma etapa do Oi STU Qualifying Series Com a torcida ao seu favor, Isadora Pacheco saiu com o título da etapa. Crédito: Tauana Sofia

“Eu estou sem palavras”. Foi assim que Isadora Pacheco reagiu ao acertar a segunda volta na grande final do Oi STU Qualifying Series – etapa Santa Catarina, e alcançou 85 pontos pela primeira vez em uma competição. As oito finalistas mandaram muito bem, e levantaram a galera que compareceu em peso na arquibancada do Skatepark da Costeira, para assistir a final feminina da primeira etapa do STU QS em 2019.

Grande campeã, Isadora Pacheco foi a primeira atleta a entrar na pista e, apesar de não ter feito uma boa primeira volta, acertou literalmente tudo na segunda apresentação, conquistou 85 pontos e garantiu o título da competição.

"Eu estou sem palavras. Primeira etapa do ano, em casa, toda minha família assistindo, não sei nem o que dizer. Mas eu consegui encaixar uma boa linha, acabou que eu improvisei, porque ontem no treino eu descobri o que estava errando. Faltava velocidade. Aí mudei toda minha linha, troquei as manobras, dei uma improvisada e acabei acertando. Ou seja, errei, mas acertei. É a primeira vez que faço 85 pontos, então foi demais. Ter as meninas com a pontuação tão próxima, só mostra que o nível do skate está muito bom".

Vice-campeã, Dora Varella comemorou sua performance e dividiu a alegria por ver a amiga ganhar seu primeiro título no STU.

"Consegui fazer tudo que tinha planejado. Estou muito feliz, a Isa andou muito, é o primeiro título de STU dela, então foi demais. Todo mundo se puxando, não tem ninguém superior. O pódio sempre vai variar, quem for melhor no dia é que vai ganhar. E isso é a melhor coisa do skate".

Yndiara Asp, que também competiu em casa, completou o pódio feminino.

 

Definidos os finalistas da chave masculina

Com um nível altíssimo, digno de eventos mundiais, os vinte skatistas que disputaram a semifinal da primeira etapa do Oi STU Qualifying Series 2019 quebraram tudo. Nesta fase, a experiência prevaleceu e Murilo Peres, Vi Kakinho e Pedro Barros avançaram nas três primeiras posições. Além deles, Hugo Montezuma, Felipe Foguinho, Augusto Akio, Pedro Carvalho e Pedro Quintas completaram a lista de finalistas.

Líder neste sábado, Murilo se surpreendeu ao fazer uma segunda volta praticamente perfeita e alcançar pela primeira vez na carreira uma nota acima de 9.0.

"Foi incrível. Fiquei surpreso com o que eu consegui. Saiu melhor do que eu tinha planejado. Mas skate é isso, é a gente sempre tentando se superar. A gente trabalha muito e é muito bom poder ser recompensado depois de tanto esforço. Por isso, que a gente tem que acreditar sempre. Espero que amanhã seja ainda melhor".

Já Pedro Barros, natural de Florianópolis, comemorou o alto nível de skate apresentado por todos os skatistas que proporcionaram um show de skate para o público presente na Costeira.

"É muito legal ver o nível se elevando cada vez mais, o Vi Kakinho e o Murilo andaram muito. Todo mundo quebrou demais. Está muito quente, e isso às vezes dificulta um pouco, principalmente para fazer uma volta de 45 segundos, em uma pista espaçosa como esta. Mas o importante é que mais uma vez todo mundo aqui da região de Florianópolis pode ver um show de skate, com uma energia demais".

Resultado da chave feminina:

1- Isadora Pacheco - 85.00

2- Dora Varella - 84.00

3- Yndiara Asp - 83.00

4- Emily Antunes - 75.67

5- Karen Jonz - 73.67

6- Camila Borges - 72.17

7- Victoria Bassi - 71.67

8- Leticia Gonçalves - 63.33

 

 

Finalistas no masculino:

1- Murilo Peres - 92.00

2- Vi Kakinho - 88.67

3- Pedro Barros - 86.00

4- Hugo Montezuma - 84.00

5- Felipe Foguinho - 83.33

6- Augusto Akio - 83.00

7- Pedro Carvalho - 82.00

8- Pedro Quintas - 81.50