fbpx

Skate

Skate (47)

Pedro Barros é tetracampeão em Madureira

Pedro Barros é tetracampeão no Bowl Jam. Crédito: Bruno Neves Lopes/Esportes de A à Z

 

O Parque Madureira na cidade maravilhosa ferveu mais uma vez com os melhores do mundo no Skate. Mas não teve jeito: O vencedor continuou o mesmo e conquistando o tetracampeonato, o catarinense Pedro Barros venceu a etapa carioca do Bowl Jam com manobras perfeitas que levantaram o público que lotou a arquibancada e impressionou os juízes da competição.

“Estou muito feliz de sair de Madureira aqui com mais o título. Foi muito legal estar aqui e dar uma alegria a esse público presente. O nível da competição aumenta a cada ano e fiz o que pude para conquistar esse título de novo. ” – Conta sobre sua vitória. 

Grande revelação do torneio deste ano, o curitibano Iago Magalhães, de 19 anos, falou sobre a emoção de subir ao pódio pela primeira vez como profissional. 

Pedro em sua primeira participação fez o suficiente para garantir o título. Crédito: Bruno Neves Lopes/Esportes de A á Z

"Me faltam palavras para descrever o que estou sentindo. A vibe da galera foi incrível e chegar ao pódio em meu primeiro campeonato profissional, ao lado dos maiores nomes do skate mundial, é uma sensação incrível. Acertei minha linha, consegui fazer minha volta e estou muito feliz", comentou Iago.

A disputa

Com direito a show dos Raimundos ao vivo, os oito atletas tiveram três oportunidades para conseguir a melhor nota diante da percepção dos juízes que julgam o movimento, a subida e a criatividade de cada atleta

Pedro Barros já com a sua primeira chance, conseguiu nota acima de 90 pontos e ficou difícil de alcançá-lo. Em sua segunda descida, ele pode aumentar ainda mais a nota chegando a 95 e somente o italiano Ivan Federico é que fez 90, seguido do brasileiro Iago Magalhães que ficou em terceiro.

Iago Magalhães foi o grande destaque na disputa e acabou em terceiro. Crédito: Bruno Neves Lopes/Esportes de A à Z

Resultado:

1. Pedro Barros  95.00 

2. Ivan Federico  90.33

3. Iago Magalhães 87.67

4. Murilo Peres - 84.67

5. Rony Gomes 83.33 

6. Josh Borden  82.33

7. Danny Leon  82.33

8. Ítalo Penarrúbia  69.33

 

Pedro Barros se destaca e é favorito ao tetracampeonato

Pedro Barros caprichou em sua primeira volta e saiu como primeiro nas semifinais. Crédito: Bruno Neves Lopes/Esportes de A à Z

 

No coração da zona norte do Rio de Janeiro, o Parque Madureira está neste fim de semana recebendo grandes nomes do skate mundial para a disputa do Bowl Jam. E sob um forte calor, os atletas suaram bastante na semifinal que foi realizada hoje para garantir uma vaga na final. E os brasileiros são maioria.

O grande destaque foi o catarinense Pedro Barros, atual tricampeão da etapa e vem confirmando seu favoritismo ao fazer a melhor sequência de manobras e sair como primeiro colocado. 

“Este é um evento clássico e a organização é impecável com a galera se divertindo bastante. Sei que amanhã o nível vai se elevar e a galera vai jogar duro. Hoje fiz uma volta boa e espero amanhã conseguir surpreender com algum movimento diferente, quem sabe elevar mais a altura do meu salto” – Conta Pedro sobre seu desempenho.

O carioca Bob Burnquist não conseguiu avançar para as finais, mas deu show. Crédito: Bruno Neves Lopes/Esportes de A à Z

A disputa:

A disputa foi em duas baterias de oito atletas com cada um tendo três chances de 45s para somar mais pontos e impressionar os juízes.

Na primeira bateria, o italiano Ivan Frederico veio com tudo dando com várias manobras e mostrando por que é um dos novos nomes da modalidade. Mas quem acabou tendo a maior pontuação com os juízes foi Italo Penarrúbia que acabou em terceiro lugar.

O italiano Ivan Federico teve uma das maiores notas da disputa. Crédito: Bruno Neves Lopes/Esportes de A á Z

Na segunda e mais acirrada bateria, Pedro Barros logo em sua primeira tentativa, fez a pontuação necessária para ficar em primeiro com 93 pontos numa boa disputa contra Iago Magalhães que ficou em segundo no geral. Essa bateria contou com a lenda Bob Burnquist, mas mesmo ele acabou ficando de fora da disputa.

A final do Bowl Jam será amanhã às 10 horas.

Resultado:

1. Pedro Barros - 93.33

2. Iago Magalhães - 88.00

3. Ítalo Penarrúbia - 85.67

4. Danny Leon - 84.33

5. Ivan Federico - 84.33

6. Murilo Peres - 83.67

7. Josh Borden - 82.67

8. Rony Gomes - 81.33

 

Sete brasileiros e dois espanhóis garantem vaga na semifinal do Bowl Jam

O espanhol Danny Leon fez a melhor volta do dia. Crédito: AGIF

 

O Parque Madureira ferveu nesta sexta-feira, 27/1, com o primeiro dia do Bowl Jam, etapa de abertura do Mundial de Skate Bowl 2017. E nas eliminatórias que decidiram as vagas para a semifinal deste sábado, sete brasileiros e dois espanhóis incendiaram a pista e o público e garantiram as nove colocações disponíveis. Eles se juntarão às feras Pedro Barros, Bob Burnquist, Ivan Federico (Itália), Murilo Peres, Felipe Foguinho, Nilo Peçanha e Josh Borden, já garantidos por conta da classificação na última edição do torneio, quando ficaram entre os 10 primeiros. Ao todo, 16 atletas tentarão uma das oito vagas na grande final, que acontece neste domingo, 29/1, a partir das 10h.

 

A melhor volta desta sexta-feira foi do espanhol Danny Leon, com 83.67, seguido pelos brasileiros Rony Gomes e Iago Magalhães. Caíque Silva, Alan Resende, Dan Cezar, Ítalo Penarrúbia, Marcos Gabriel e o também espanhol Jaime Mateu fecharam a lista de classificados.

 

"É a minha segunda vez aqui no Parque Madureira e fiquei muito feliz com o resultado. O calor é forte e, de tanto andar sem camisa nos treinos, fiquei até vermelho (risos). Minha expectativa é sempre disputar lá em cima e fazer uma boa volta. Quero curtir o evento e fazer o melhor possível", disse Danny Leon, após a divulgação do resultado.

 

Para o estreante em competições profissionais Iago Magalhães, esta sexta-feira foi única.

 

“O evento foi irado, com esse dia lindo. O que mais podíamos querer? Todo mundo da minha bateria andou muito, e consegui o que queria, que era fazer uma segunda volta boa. Cresci com as pessoas me incentivando, falando para eu seguir em frente, e hoje estou aqui, andando com grandes nomes do skate mundial, como Pedro Barros, Murilo Peres.... A expectativa para amanhã é acertar quantas linhas forem necessárias e quebrar tudo!", comentou o curitibano, de 19 anos.

 

A ausência sentida na competição de hoje foi de Sandro Dias, o Mineirinho. O atleta, hexacampeão mundial na categoria Vert, sofreu uma lesão no joelho na última semana e não conseguiu se recuperar a tempo. Mesmo assim, esteve presente na arena passando energia aos competidores. 

 

Após as duas baterias classificatórias, os atletas já garantidos na semifinal puderam treinar para o evento deste sábado. Na sequência, houve uma apresentação dos skatistas Old School para a galera presente no bowl de Madureira. Evandro Luiz, vice-campeão brasileiro Grand Legend 2016, Luiz de Jesus (Come Rato), tricampeão brasileiro Legend, e Cesar Gyrão, campeão brasileiro Grand Legend, foram alguns dos destaques da ação.

 

Classificação Eliminatórias Oi Bowl Jam

 

1.Danny Leon - 83.67

2. Rony Gomes - 81.00

3. Iago Magalhães - 80.33

4. Caíque Silva - 79.67

5. Alan Rezende - 77.33

6. Dan Cezar - 75.67

7. Ítalo Penarrúbia - 75.00

8. Marcos Gabriel - 74.67

9. Jaime Mateu - 73.67

 

Programação Oi Bowl Jam – Parque Madureira

 

SÁBADO – 28 de Janeiro / Semifinais

Treino Bateria 01: 15h às 15h40

Treino Bateria 02: 15h45 às 16h25

Semifinal Bateria 01: 16h30 às 17h25

Semifinal Bateria 02: 17h30 às 18h25

Divulgação Resultados: 18h30

TNT Longest Grid: 18h30 às 18h45

*Treinos finalistas: 18h45 às 19h30

Atenção: Cronograma sujeito a alterações conforme as condições climáticas.

 

DOMINGO – 29 de Janeiro / Finais
Treino Oficial: 9h30 às 10h

Final: 10h00 às 10h50

 

Premiação: 11h

Brasileiros vão com tudo para o Bowl Jam, que começa nesta sexta-feira

Nilo Peçanha é um dos favoritos a competição. Crédito: Alex Carvalho/AGIF

 

O calor da pista e do público no Parque Madureira dará o tom do evento e ajudará a compor o cenário perfeito para a conquista de um título. Sobretudo para os atletas brasileiros. Na semana de realização do Bowl Jam – etapa de abertura do Mundial de Skate Bowl 2017 –, Pedro Barros, Murilo Peres, Nilo Peçanha e Felipe Foguinho falam sobre as expectativas para o torneio, que acontece de 27 a 29 de janeiro.

 

Tricampeão do Bowl Jam e hexacampeão mundial nas categorias Bowl/Park, o catarinense Pedro Barros espera um novo grande desempenho na pista da Zona Norte do Rio, e para isso revela a sua estratégia.

 

O Bowl Jam reúne skatistas do mundo inteiro, em alto nível, e é o nosso primeiro campeonato no ano. Então, a expectativa é começar com o pé direito, nesse calor aqui do Rio de Janeiro e com a galera de Madureira passando toda a aquela energia positiva. Estou muito bem fisicamente, venho treinando bastante e vou dar o meu melhor. Procuro levar um evento de cada vez. A pressão é grande, mas o segredo é manter a cabeça no lugar e fazer o que gosto e faço todos os dias: andar de skate e me divertir”, comentou.

 

Quem também se diz em grande forma é o paulista de Campinas Murilo Peres. Depois de participar do campeonato de 2016 logo após de se recuperar de uma lesão, o atleta sonha alto para a edição 2017 do torneio.

 

“Este ano, como estou muito bem fisicamente, minhas expectativas são grandes. Venho treinando forte e tenho o desejo de chegar pelo menos no pódio. Fui ao Rio no começo do mês para praticar, ficar com a pista no pé, e não vejo a hora de começarem os treinos oficiais para estar ali com a galera toda do campeonato”, disse.

 

Quando o quesito é “estar com a pista no pé”, ninguém melhor do que o carioca Nilo Peçanha para falar a respeito. O atleta conta que tem ido constantemente a Madureira para treinar e diz que está em grande fase técnica e física.

 

“Acho que nunca estive tão bem fisicamente, e até tecnicamente também. Tenho ido bastante a Madureira e treinado o máximo que dá. Acredito que ter um pouco mais de manha da pista pode fazer diferença na hora”, avaliou.

 

Para Felipe Foguinho, o Bowl Jam será uma oportunidade de voltar a andar de skate com os amigos e de retornar às competições. O skatista de Guaratinguetá (SP) teve um ano difícil em 2016. Ele sofreu uma lesão no menisco em janeiro e, após passar por operação em abril, acabou pegando uma infecção hospitalar que atrasou bastante sua recuperação.

 

“Estou animado por poder voltar. Subi no skate poucas vezes para o campeonato, mas vou andar, estou pronto. O que quero é desenvolver um skate bom e mostrar um pouco do que sei pra galera, tentar fazer o meu melhor. Espero conseguir chegar à final, depois de tanto tempo longe do skate”, comentou.

 

Os brasileiros estão realmente motivados, mas sabem que não terão vida fácil no Oi Bowl Jam. Afinal, a disputa também contará com grandes nomes internacionais do esporte: Alex Sorgente (EUA), Ivan Federico (Itália), Josh Borden (EUA), Danny Leon (Espanha) e Jaime Mateu (Espanha).

 

A competição soma pontos para o ranking da World Cup Skateboarding (WCS) e a premiação é de 120 mil reais. O Oi Bowl Jam, etapa de abertura do Mundial de Skate Bowl 2017.

 

Programação Bowl Jam – Parque Madureira

 

QUINTA-FEIRA – 26 de Janeiro

Treino Aberto das 15h às 19h30

 

SEXTA-FEIRA – 27 de Janeiro / Eliminatórias

Treino Bateria 01: 15h às 15h40

Treino Bateria 02: 15h45 às 16h25

Eliminatória Bateria 01: 16h30 às 17h25

Eliminatória Bateria 02: 17h30 às 18h25

Divulgação Resultados: 18h30

*Treinos Pré-Classificados: 18h35 às 19h30

Atenção: Cronograma sujeito a alterações conforme as condições climáticas. Caso a previsão climática para o sábado seja de muita chuva, haverá possibilidade da fase Semifinal ser realizada já na sexta-feira.

 

SÁBADO – 28 de Janeiro / Semifinais

Treino Bateria 01: 15h às 15h40

Treino Bateria 02: 15h45 às 16h25

Semifinal Bateria 01: 16h30 às 17h25

Semifinal Bateria 02: 17h30 às 18h25

Divulgação Resultados: 18h30

TNT Longest Grid: 18h30 às 18h45

*Treinos finalistas: 18h45 às 19h30

Atenção: Cronograma sujeito a alterações conforme as condições climáticas.

 

DOMINGO – 29 de Janeiro / Finais
Treino Oficial: 9h30 às 10h

Final: 10h00 às 10h50

Premiação: 11h

Bowl Jam leva maiores skatistas da modalidade ao Parque Madureira

Evento será final de janeiro no Parque Madureira. Crédito: Fernando Soutello-AGIF

 

O Rio de Janeiro vai ferver novamente com altas manobras no início do ano. Pela quarta vez consecutiva, a cidade receberá os maiores nomes do skate nacional e internacional para o Bowl Jam. A competição, que acontece de 27 a 29 de janeiro, abre oficialmente a temporada de 2017 pela corrida ao título mundial da modalidade bowl. Ao todo, 30 atletas participam da disputa, que será realizada novamente na pista do Parque Madureira, a maior da América Latina. O evento é gratuito e aberto ao público.

 

Segundo o regulamento do torneio, dez atletas já estão pré-classificados para a semifinal do Bowl Jam, no sábado (28). Os nomes são definidos de acordo com o ranking da competição em 2016. Entre eles, já confirmaram presença os brasileiros Pedro Barros (seis vezes campeão mundial na modalidade Bowl/Park e tricampeão do torneio), Filipe Foguinho, Vi Kakinho, Nilo Peçanha e Murilo Peres, além do italiano Ivan Federico e dos americanos Alex Sorgente e Josh BordenA presença dos melhores atletas do mundo na competição mostra a importância do evento para o calendário do skate mundial.

 

“O Rio de Janeiro tem um potencial enorme para receber grandes eventos esportivos. Esta será nossa quarta edição no Parque Madureira, que este ano foi, inclusive, um dos corações dos Jogos, como um dos boulevares olímpicos. É uma oportunidade única de o público poder ver de perto grandes nomes do skate mundial em ação, na maior pista da América Latina. Muitos deles serão as estrelas de Tóquio 2020”, comenta Marcia Casz, COO de Esportes da IMM, empresa que realiza o evento.

 

A competição soma pontos para o ranking da World Cup Skateboarding (WCSe a premiação é de 120 mil reais.

 

“Essa etapa é uma das mais importantes no circuito da WCS. Ser no Rio de Janeiro é muito bom. Facilita para os brasileiros, em termos de custo, além de a torcida estar do nosso lado, dando todo apoio. Agora que o skate entrou para os Jogos Olímpicos, eventos com o Bowl Jam ajudam ainda mais a formar e preparar nossos skatistas”,comentou André Barros, diretor técnico do torneio.

 

Vale lembrar que o skate será esporte olímpico a partir de Tóquio 2020.

 

Nos dias 27 e 28, fase classificatória, o evento conta com  transmissão ao vivo do canal SporTV. Já no domingo, dia 29, a grande final  pode ser acompanhada dentro do Esporte Espetacular, na TV Globo

 

Mais informações:

Facebook : https://www.facebook.com/sk8jam

 

Instagram : https://www.instagram.com/bowljamoficial/

 

 

Assinar este feed RSS