fbpx

Ludmila Villalba

Ludmila Villalba

Brasileiros dominam semifinal do STU Open

Não faltou emoção sob o sol forte deste sábado, na Praça Duó, no Rio de Janeiro. Com ótima presença do público, os skatistas brasileiros fizeram bonito e lideraram as quatro semifinais disputadas. Pâmela Rosa, Yndiara Asp, Luan Oliveira e Pedro Barros avançaram em primeiro para a final deste domingo. O STU Open conta com pontuação dobrada para o ranking nacional que garantirá os três primeiros colocados na seleção brasileira de 2019, além de mais um atleta indicado por critérios técnicos pela CBSk, em cada gênero e modalidade.

Na semifinal do Street Feminino, só deu Brasil. As oito classificadas, todas brasileiras, em uma prova que contou com a presença de três gringas. Duas russas e uma francesa sofreram para enfrentar o sol quente da Praça Duó, e acabaram eliminadas. O destaque da prova ficou com Pâmela Rosa, que além de se classificar em primeiro, acertou um double flip back e para a pequena Rayssa Leal, de 10 anos, que se classificou em segundo e ficou na frente da já consagrada Leticia Bufoni, em terceiro. Fechando a lista de classificadas temos respectivamente Karen Feitosa, Isabelle Menezes, Virginia Fortes, Isabelly Avila e oitava e última vaga para a grande final ficou com a paulista Giovana Dias.


Karen Feitosa foi uma das participantes da modalidade street. Crédito: Ludmila Villalba/EAZ

“Está bastante quente, então segurei as manobras para amanhã, que é o dia importante. Estou muito feliz por ter passado em primeiro e por ter acertado uma manobra dificílima, um double flip de back. Acredito que essa junto com a que mandei no corrimão grande foram importantíssimas para garantir o primeiro lugar. Só tenho a agradecer ao  STU Open por tudo. Essa pista que ficou incrível”, afirma Pamela Rosa.

No Park Feminino, prevaleceu a experiência das três atletas da Seleção Brasileira. Yndiara Asp, que conquistou 81.45 pontos, seguida de Isadora Pacheco e Dora Varella garantiram as três primeiras posições. As oito vagas para a final desse domingo são preenchidas, ainda, por Karen Jonz, Letícia Gonçalves, Camila Borges, Deise dos Reis e Victoria Bassi.

“Em todos os campeonatos estou tentando me encontrar e acertar minhas manobras, não estou conseguindo em todas, mas isso é bom pois mostra que tenho muito a evoluir. Hoje eu também não acertei em todas as voltas, mas na última eu consegui mostrar mais segurança e acertei todo o percurso. Todas as meninas mandaram muito bem e amanhã será um grande dia”, afirma Yndiara Asp.

Já na semifinal do Street Masculino, Luan Oliveira levou a vantagem com 338.47 pontos acertando todas as manobras na última bateria e garantindo a liderança. O skatista ultrapassou Lucas Rabelo, que liderava a competição desde a primeira bateria. Os oito colocados para a final desse domingo seguiram com Micky Papa, Lucas Rabelo, Felipe Gustavo, o argentino Mauro Iglesias, Kelvin Hoefler, o russo Max Kruglov, e Patrik Mazzuchini.

“Hoje o dia foi perfeito pra mim. E espero que amanhã seja a mesma coisa. Que eu consiga manter as manobras. Estou acostumado a viajar pra fora, como Estados Unidos e Europa, e conhecer skatistas de vários lugares, mas aqui no STU o nível está altíssimo, deixando a competição ainda mais difícil e competitiva”, confessa Luan Oliveira.

Fechando a noite de semifinal do STU Open, o Park Masculino contou com a arquibancada lotada da Praça Duó, que vibrou muito a cada manobra executada. Após uma disputa acirradíssima, Pedro Barros usou todo a extensão da pista para fazer uma volta segura, bem executada e alcançar 84.52 pontos, seguido muito de perto por Matheus Mello.

  • Publicado em Skate

STU Latin America define últimos semifinalistas do Oi STU Open 2018

A chuva que caiu pela manhã no Rio de Janeiro não atrapalhou o brilho dos skatistas na praça Duó, na Barra da Tijuca. Após a secagem das pistas, os atletas colocaram o skate no pé em busca das melhores manobras e de boas notas. Na competição de Park, destaque para o chileno Marcelo Jimenez,  os brasileiros Hugo Montezuma e Matheus Matsumoto, já no Street Lucas Rabelo e Leonardo Spanghero avançaram para a fase semifinal que será disputada nesse sábado.

Na disputa de Park, apesar de ter perdido os óculos e o boné durante a sua linha, Matheus Matsumoto manteve o skate no pé e fez bonito para conquistar a terceira melhor nota e garantir uma das vagas na semifinal.

“Eu estou feliz para caramba. Passei junto com meu amigo, que anda sempre comigo.  Apesar de ter perdido meus óculos e meu boné, eu consegui acertar a linha para garantir a nota, mesmo sem enxergar nada. Amanhã é dia de acertar tudo para poder igualar o nível desses monstros do skate brasileiro e mundial”.

No Street, o Rio de Janeiro parece trazer sorte para o cearense Lucas Rabelo. O skatista que venceu a primeira etapa do STU QS em solo carioca, avançou em primeiro.

“A galera está andando muito, todo evento aqui no Brasil tem tido um nível altíssimo. Fiquei feliz de ter acertado as minhas manobras e ter andando junto com os meus amigos. O clima do evento está muito legal, eu estou feliz com meu skate e agora é pensar em amanhã para conseguir dar o meu melhor e chegar na final”.

Os cinco atletas se juntam aos pré-classificados neste sábado para a disputa semifinal que dará oito vagas em cada gênero e modalidade na grande final que será disputada no domingo. Uma das garantidas na semifinal feminina de Street é Letícia Bufoni que espera uma ótima competição na remodelada pista de Street da Praça Duó.  

“A reforma melhorou demais a pista, o obstáculo central facilitou muito para a gente fazer as linhas. O evento está animal, gigante, bem diferente da primeira etapa do STU QS, então estou muito feliz por estar aqui novamente. Uma energia muito boa, minha família está aí, dá um frio na barriga, muita vontade de acertar as manobras, mas estou confiante, treinei na pista e está tudo certo para amanhã”.

Pontuação Park:

1- Marcelo Jimenez - 79.00

2- Hugo Montezuma - 75.21

3- Matheus Matsumoto - 73.82

Pontuação Street:

1- Lucas Rabelo - 338.00  

2- Leonardo Spanghero - 318.70

Serviço:

Evento: Oi STU Open

Data: 14 a 18 de novembro de 2018

Endereço: “Praça Duó” - Praça São Perpétuo, 735 - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro

Horário: 9h às 22h

  • Publicado em Skate

Fase latino-americana do Oi STU Open começa nesta sexta-feira

Após dois dias de treinos e reconhecimento das pistas, os atletas que ainda não garantiram vaga nas fases finais do Oi STU Open estarão em ação nesta sexta-feira durante o Oi STU Latin American. Estarão em jogo duas vagas masculinas para cada modalidade. Os classificados se juntam aos atletas brasileiros pré-classificados, além dos estrangeiros, no sábado, para a disputa da semifinal que definirá os grandes finalistas de domingo.

Um dos destaques brasileiros que disputarão o STU Latin American é Rodil Ferrugem. Bicampeão mundial, o atleta de Curitiba comemorou a revitalização da pista que passou a contemplar todos os tipos de skatistas.

“A pista passou por mudanças que foram muito benéficas para os skatistas. Agora temos muitas opções, obstáculos para quem anda com o pé direito ou esquerdo, então ficou perfeito porque nivela para todo mundo. Quero ir bem, é uma eliminatória difícil porque só classificam dois em casa modalidade, ou seja, é preciso praticamente vencer essa competição. Mas só vence quem está na pista, então quero muito conseguir”.

Ítalo Penarrubia e Otávio Neto trocam uma ideia antes de entrarem na pista. Crédito: Ludmila Villalba/EAZ

A sexta-feira já começa com a disputa do STU Latin America a partir das 10h para os atletas de Park. Já ao meio dia, o Street define seus classificados. Dois homens de cada modalidade avançam e se juntam aos pré-classificados no sábado, que também terá as disputas femininas. 

O Oi STU Open contará com pontuação dobrada para os atletas brasileiros para o ranking nacional. Ao final do campeonato, os três melhores atletas do ranking, mais um atleta indicado por critérios técnicos pela CBSk terão vaga garantida na seleção brasileira de 2019.

Cronograma: 

Park: 

9h às 10h - aquecimento masculino 

10h às 12h - STU Latin America 

A partir das 12h - treinos oficiais 

Street: 

9h às 10h - treino Street feminino 

10h às 12h30 - aquecimento Street masculino 

12h30 às 15h30 - STU Latin America 

A partir de 15h30 - treinos oficiais  

Serviço:

Evento: Oi STU Open

Data: 14 a 18 de novembro de 2018

Endereço: “Praça Duó” - Praça São Perpétuo, 735 - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro

Horário: 9h às 22h

  • Publicado em Skate

Já está rolando o maior evento de skate da América Latina: Oi STU Open 2018

Atletas de destaque internacional, Bob Burnquist, lenda do skate brasileiro, autoridades do estado do Rio de Janeiro, Diogo Castelão, sócio da Rio de Negócios e Bruno Cremona, gerente de patrocínio e eventos da Oi, comandaram o lançamento da novíssima pista de Park, com nível olímpico que foi construída para a disputa do Oi STU Open e ficará de legado para o estado do Rio de Janeiro. Após o lançamento, a pista foi oficialmente liberada para os atletas que disputarão o campeonato.

A obra da pista de Park foi viabilizada através da parceria público-privada entre a Rio de Negócios, a Oi, a Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, através da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, e a Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, através da Subsecretaria de Eventos e da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos. O projeto do novo Duó Superpark foi concebido e está sendo executado pela Rio Ramp Design, escritório de arquitetura especializado em construções de pistas de skate. Grandes nomes do skate nacional, como Bob Burnquist, Pedro Barros, Murilo Peres e Nilo Peçanha também contribuíram para o projeto executivo da pista.

Crédito: Ludmila Villalba/EAZ 

“A pista está demais com os verdadeiros parâmetros olímpicos, onde você tem uma área de bowl, transições menores, tem uma mistura de Street, então é tudo que o Rio de Janeiro precisava. A gente fica muito feliz por ter um evento desse nível no Brasil, pela dedicação de toda galera para viabilizar uma pista desse nível que vai ficar de legado não só para o carioca mas para todo mundo que quiser andar.  Isso não tem preço. É o que o skate precisa”, disse Pedro Barros, hexacampeão mundial de Bowl e que conquistou no último mês o primeiro título mundial da modalidade Park pela World Skate, entidade internacional, disputado na China.

“A pista está muito bem desenhada, foi muito bem construída e a gente tentou agradar a quem tem um nível técnico alto, mas também para quem está começando a praticar o skate. A localização é incrível, de frente para a praia, então está sendo um momento muito interessante de ver o crescimento do skate. Esperamos uma grande competição com os atletas utilizando todos os elementos”, disse Bob Burnquist que além de participar do projeto de concepção da pista, já realizou algumas manobras na manhã de hoje.

Além da recém-inaugurada pista de Park, a já tradicional pista de Street da Praça Duó também ganhou uma revitalização com um novo obstáculo central, que conta com elementos de transição e um novo corrimão, além de uma reforma geral. A revitalização foi viabilizada através da plataforma de esporte da BV, que conta com Bob Burnquist como um de seus embaixadores e ainda reformará outras duas pistas pelo Brasil ao longo de 2019.

“A praça Duó tem uma história muito antiga com o skate. A primeira pista foi construída por algumas pessoas que se juntaram e colocaram a mão na massa mesmo. Então ver tudo que está acontecendo, essa valorização do skate, uma revitalização pro Street, a construção do Park é muito incrível. Eu comecei a andar aqui, já dei aula aqui também, então estou feliz demais por ver que mais pessoas vão poder andar e conhecer a nossa modalidade através dessa praça”, comentou Vitória Mendonça, praticamente de Street, que integra a seleção brasileira de skate e é natural do Rio de Janeiro.

A programação do Oi STU Open segue nesta quinta-feira com a sequência dos treinos livres para ambas modalidades. Já na sexta-feira a disputa começa com o Oi STU Latin American que dará vaga a dois atletas masculinos em cada modalidade. Os classificados se juntam aos atletas brasileiros pré-classificados, além dos estrangeiros, no sábado, para a disputa eliminatória que definirá os grandes finalistas de domingo

  • Publicado em Skate
Assinar este feed RSS