Justin Gatlin confirma favoritismo e vence Mano a Mano

Bem carismático, Gatlin venceu o desafio Mano a Mano pela segunda vez. Crédito: Ricardo Erlich/EAZ

O sol que fez na manhã de hoje foi um palco perfeito para o norte-americano Justin Gatlin não decepcionar a torcida que esteve presente no Jockey Club e faturar o desafio Mano a Mano pelo segundo ano no Jockey Club, deixando seus adversários para trás. Nas outras provas os favoritos fizeram a sua parte. Rosângela Santos venceu na prova feminina enquanto o Petrúcio Ferreira foi o vencedor da prova paralimpica.

Gatlin não encontrou muita dificuldade em vencer sua prova. Numa disputa entre Brasil e Estados Unidos ele disparou na frente e fez o suficiente para vencer com o tempo de 10,52 deixando seu Paulo André em segundo, Isah Yong em terceiro e Bruno Lins em quarto.

Gatlin dominou a prova desde o inicio. Crédito: Ricardo Erlich/EAZ

“O público deu show mais uma vez e a disputa foi ótima. Foi um prazer estar aqui novamente e espero poder voltar aqui no ano que vem para o próximo Mano a Mano. A minha temporada já encerrou, mas já começo a treinar visando o mundial de 2019 e as olimpiadas em 2020.”, disse Gatlin.

Quem surpreendeu foi o brasileiro Paulo André chegando em segundo lugar e bem próximo de Gatlin.

“Estou feliz e para minha carreira foi importante ter participado contra ele. Só não gostei do meu tempo, ontem fiz um tempo que me daria uma vitória hoje, mas foi demais estar com ele, os conselhos que ele me deu no hotel e ele mostrou ser um cara gente boa.” – Conta Paulo sobre o segundo lugar.

O brasileiro Paulo André surpreendeu e deu uma pressão em Gatlin. Crédito; Ricardo Erlich/EAZ

Na prova feminina que contou as atletas do revezamento do Brasil, quem se deu bem foi Rosângela Santos que se tornou tricampeã do torneio, seguida por Andressa Fidelis e Franciela Krasucki em uma disputa apertada.

Rosângela Santos venceu pela terceira vez a prova feminina do Mano a Mano. Crédito: Ricardo Erlich/EAZ

“Eu posso considerar a minha primeira do ano e fiz uma mudança no meu treinamento para a família poder me ver competindo de perto. Vim para fazer uma boa e dar um bom show ao público. Agora vou me manter treinando pois quero participar do mundial indoor no ano que vem. ” – Conta sobre sua vitória.

Já na prova paralimpica que contou com atletas da categoria T47 para amputados nos membros superiores com os três melhores do ranking, Petrúcio confirmou o favoritismo e faturou a prova, seguido de Yohanson e o polonês Michal Derus.

“Estamos felizes de participar do Mano a Mano e estar ao lado do Yohanson. Vamos participar ainda de uma etapa do circuito caixa este ano no final do mês e queremos manter um bom resultado e estarmos juntos sempre no pódio.” – Diz sobre a vitória.

Na disputa dos lideres do ranking, Petrúcio venceu a prova paralímpica da competição. Crédito: Ricardo Erlich/EAZ

Resultados Mano a Mano 2016:

Masculino

1 -  Justin Gatlin – EUA – 10.52

2- Paulo André de Souza – 10.57s

3- Isiah Yong –EUA– 10.65

4 – Bruno Lins - BRA –  10.80

Feminino

1 -  Rosângela dos Santos – 11.63

2—Andressa Fidelis - 12,01s

3 – Franciela Krasucki -12.80

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.