fbpx

Thiago Braz e Darlan Romani competem na etapa de Doha da Liga Diamante

Thiago Braz e Darlan Romani competem na etapa de Doha da Liga Diamante GP abre nesta sexta-feira (3/5) o principal circuito de competições da IAAF. Crédito: Wagner Carmo/CBAt

A Liga Diamante 2019, o principal circuito de competições da IAAF, começa nesta sexta-feira (3/5), com a disputa da etapa de Doha, no Catar, a primeira de seus 14 meetings, incluindo as finais. O diferencial é que os atletas disputam a competição no recém-reformado Estádio Khalifa, no bairro Aspire Zone, que em menos de cinco meses será sede do Campeonato Mundial de Atletismo 2019, de 27 de setembro a 6 de outubro.

O Brasil estará representado por dois atletas na competição, que distribui U$ 8 milhões em prêmios no final da temporada. O campeão olímpico Thiago Braz está inscrito no salto com vara, enquanto o campeão da Copa Continental Darlan Romani disputa o arremesso do peso. Os dois atletas são do Pinheiros.

No salto com vara, a partir das 12:20 de Brasília, Thiago Braz, que tem 5,45 m como melhor resultado ao ar livre em 2019, enfrentará adversários fortes. Entre os principais estão o norte-americano Sam Kendricks, campeão mundial em Londres 2017 e bronze no Rio 2017, que saltou 5,80 m este ano, o grego Konstantinos Filippidis, campeão mundial indoor em Sopot 2014, e o polonês Piotr Lisek, prata no Mundial de Londres 2017 e bronze em Pequim 2015, que tem 5,93 m indoor este ano.

“Vai ser bom enfrentar alguns dos melhores do mundo de novo. Estou bem treinado, confiante e espero que o resultado saia no decorrer da competição”, disse o paulista de Marília Thiago Braz.

No arremesso do peso, Darlan Romani, recordista sul-americano com 22,00 m, terá adversários fortíssimos, a partir das 14 horas, também no horário de Brasília. “Vou tentar fazer o meu melhor. O resultado será consequência”, comentou o catarinense, antes de viajar para o Catar.

O brasileiro vai enfrentar o neozelandês Tomas Walsh, campeão mundial em Londres 2017 e bronze nos Jogos do Rio 2016, e o norte-americano Ryan Crouser, campeão olímpico no Rio 2016, que marcou 22,74 m em março, em Long Beach (EUA), recorde pessoal e melhor resultado da temporada. Joe Kovacs, também dos Estados Unidos, ganhou prata no Rio 2016, ouro em Pequim 2015 e prata em Londres 2017. O alemão David Storl, campeão mundial em Daegu 2011 e Moscou 2013, também está inscrito.