Gatlin, Rosangela e Arnu vencem desafio Mano a Mano

O americano Justin Gatlin faturou o desafio Mano a Mano de 2016. Crédito: Bruno Neves Lopes/Esportes de A à Z

 

O norte-americano Justin Gatlin não decepcionou a torcida que esteve presente na Quinta da Boa Vista mesmo com chuva e faturou o desafio Mano a Mano neste ano sem grandes dificuldades, deixando seus adversários para trás numa prévia do que está por vir nos jogos olímpicos, já que ele é candidato ao ouro olímpico. A brasileira Rosangela Santos venceu pela segunda vez na prova feminina enquanto o sul-africano Arnu Fourile foi o vencedor da prova paralimpica.

Gatlin não encontrou muita dificuldade em vencer sua prova. Depois de uma boa largada, disparou na frente e fez o suficiente para vencer com o tempo de 10,19s deixando o atleta de Trininad e Tobago Richard Thompson em segundo. Os brasileiros Vitor Hugo dos Santos e José Carlos Moreira, o Codó, chegaram em 3º e 4º lugar respectivamente

“A pista estava muito boa, mesmo com a chuva. O evento foi incrível. Fiquei impressionado com o público, mesmo com este tempo. Tive um bom começo de prova e depois conseguir manter o ritmo forte. Nunca tinha corrido sobre a água, então agora quero ver quem já correu e se existe algum tipo de recorde nessa situação”, brincou Gatlin.

Na prova feminina, o que vimos foi uma disputa entre Brasil e Estados Unidos e deu vitória do Brasil com Rosangela Santos, que se sagrou bicampeã da prova depois de vencer em 2014 na praia de Copacabana. A americana Carmelita Jeter, campeã olímpica, foi a segunda seguida da outra brasileira Kauiza que chegou em terceiro e a outra americana, Cleo Vanburem, completou em 4º

A brasileira Rosângela Santos ganhou pela segunda vez o desafio. Crédito: Bruno Neves Lopes/Esportes de A à Z

“Meu tempo foi no esperado e repeti o tempo que fiz no meu índice. Foi uma boa prova e apesar da chuva, deu para correr bem. Foi bem parecido com com a final olímpica em que vou compertir com a Carmelita e pessoas mais fortes que ela e sei que tenho que melhorar muito” – Conta Rosangela sobre sua vitória.

Já na prova paralimpica que contou com atletas da categoria T44 para amputados nas pernas, o americano Richard Browne  sentiu a posterior da coxa antes da largada e mesmo assim, decidiu competir. Ele largou e acabou caindo na pista, atrapalhando o brasileiro Alan Fonteles e assim abrindo caminho para o sul africano Arnu Fourie faturar a prova seguido do grego Michail Seitis.

“Estou feliz de correr aqui e foi uma experiência maravilhosa correr aqui no Rio foi a minha primeira vez por aqui e deu para sentir como será o clima das paralimpiadas. Espero voltar em breve e poder competir por aqui no estádio olímpicos em breve” – Conta Arnu Fourie sobre a vitória.

O americano Richard Browne, mesmo lesionado tentou competir e acabou não completando. Crédito: Bruno Neves Lopes/Esportes de A à Z 

“Estava esperando um tempo melhor e o Richard caiu levei um susto e na minha cabeça eu ia cair. Consegui desviar e chegar ao final da prova. Hoje não foi o meu dia, mas sigo meu treinando em São Paulo rumo as paralmpiadas” – Conta Alan Sobre a prova de hoje.

Resultados Mano a Mano 2016:

Masculino

1 -  Justin Gatlin – EUA – 10’19

2- Richard Thompson – TTO – 10’29

3 – Vitor Hugo – BRA – 10’42

4 – José Carlos - BRA – 10’60

 

Feminino

1 -  Rosângela dos Santos – BRA – 11’23

2- Carmelita Jeter – EUA – 11’36

3 – Kauiza Moreira – BRA – 11’64

4 – Cleo Van Buren – EUA -  11’65

 

Paralímpico - T44

1 – Arnu Fourie – AFS – 11’18

2 – Michail Seitis – GRE – 11’28

3 – Alan Fonteles – BRA – 12’04

4 – Richard Browne

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.