Seleção brasileira de badminton garante pódio em todas as categorias no Peru

Luana e Lohaynny Divulgação/CBBd Luana e Lohaynny

Treinar, treinar e treinar. Esse tem sido o foco da Seleção Brasileira de Badminton sob o comando de Marco Vasconcelos que, nos dois últimos anos, juntamente com sua equipe técnica, tem aplicado aos atletas a política inovadora implantada pela atual gestão da Confederação Brasileira de Badminton (2012/2016) que, vem demonstrando, em quadra, que se trilha o caminho certo. Os resultado, são as medalhas.

Na primeira competição do ano, que marca o início da temporada 2015, a Seleção Brasileira de Badminton conquistou o pódio em todas as cinco categorias disputadas, estando em quatro semifinais e conquistando ouro e prata na dupla feminina, com dobradinha do Brasil.

O I Peru International Series 2015 foi realizado desde o dia 19 e finalizado neste domingo, dia 22, em Lima. O torneio internacional contou com a participação de vários países e foi de um bom nível competitivo, servindo como parâmetro para se auferir a qualidade técnica dos atletas brasileiros, que conquistaram as seguintes medalhas:

Na simples masculino, o maior nome do badminton brasileiro, Daniel Paiola, conquistou prata;

Na dupla masculina o Brasil conquistou outra prata com Hugo Arthuso e Daniel Paiola;

Na categoria simples feminina,Fabiana Silva levou bronze no resultado geral;

O melhor resultado do país foi na dupla feminina, com ouro e prata na mesma categoria, com o lugar mais alto no pódio reservado à dupla e irmãs, Lohaynny Vicente e Luana Vicente, sendo seguida pelas também brasileiras Paula Beatriz Pereira e Fabiana Silva;

Medalha de bronze também garantida pelas duplas mistas Hugo Arthuso e Fabiana Silva além de Alex Yuwan Tjong e Lohaynny Vicente.

Essa foi uma oportunidade de se conferir técnicas, aptidões e desempenho, sendo mais uma experiência que edificou ainda mais a campanha do Brasil no badminton mundial, onde o país é a terceira maior potência americana na modalidade e quer subir ainda mais nos parâmetros internacionais.

Os treinos dos atletas são sempre focados no trabalho contínuo de desenvolvimento da Seleção, que tem logrado bons resultados nos últimos campeonatos disputados em 2014, sendo uma equipe competitiva e reconhecida internacionalmente, graças a política implementada junto aos recrutados, no padrão de excelência que se almeja ante ao Projeto do Ciclo Olímpico, que já inicia a temporada 2015 com excelente aproveitamento, sendo pódio em todas as categorias disputadas.

Última modificação emTerça, 24 Fevereiro 2015 14:29
Raphael Oliveira

Raphael Oliveira, Carioca morador de Uberlândia desde 2011 pós-graduado em Jornalismo Esportivo pela Faculdades Integradas Hélio Alosno (FACHA-RJ), apaixonado por esportes fundador do site de notícias esportivas “Esportes de A a Z” onde se divide entre editor e fotógrafo, possui na currículo cobertura de eventos como Grand Slam de Judo, Mundial de Judo, Liga Mundial de Vôlei, Finais do NBB e Superliga de Vôlei, Mundial de Natação Paralímpica, NBA e UFC e Paralímpiadas Rio 2016.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.