fbpx

Polo feminino do Brasil empata com Canadá na estreia do Pan

Em jogo muito disputado e com ótima atuação da seleção do Brasil, brasileiras e canadenses empataram em sete gols na primeira rodada do polo aquático feminino no Pan de Toronto. As parciais foram de BRA 2:1 CAN, 1:2, 3:2, 1:2. A arbitragem foi de Garibaldi (Argentina) e Vazquez (Venezuela). A equipe feminina brasileira volta a jogar na próxima 5ª feira, 9/07, contra a Venezuela, às 9h08, de Brasília. Os jogos de polo aquático acontecem no ‘Atos Markham Pan Am / Parapan Am Centre’.

O Brasil começou jogando com Tess, Zablith, Canetti, Izabella, Amanda, Mirella e Gabi. Os gols brasileiros foram de Izabella Chiappini (2), Mirella Coutinho (2), Melani Dias (2) e Amanda Oliveira. Somente não entraram na piscina Diana, Luiza e a goleira Victoria. O Canadá marcou sete gols com jogadoras diferentes: Monika Eggens, Krystina Alogbo, Dominique Perrault, Katie Monton, Shae Fournier, Christine Robinson e Emma Wright.

Polo aquático brasileiro estreia nesta terça

O primeiro esporte aquático a entrar em ação nos Jogos Pan-Americanos é o polo aquático, antes até da cerimônia de abertura da competição, no dia 10/7. O polo brasileiro estreia contra o anfitrião Canadá, tanto no feminino como no masculino, nesta 3ª feira, 7/07, com as garotas jogando a partir das 12h08min, e os meninos mais tarde, às 18h08. O congresso técnico da competição acrescentou mais oito minutos em todas as partidas da competição. Os jogos de polo aquático acontecem no ‘Atos Markham Pan Am / Parapan Am Centre’.

Nesta fase de classificação, os dois times brasileiros jogam pelo grupo B. A seleção feminina, após a estreia contra as canadenses, joga na sequência contra a Venezuela, na 5ª feira (9/7), e contra Porto Rico, no sábado (11/7). No dia seguinte, domingo (12/7o), haverá os jogos semifinais e pelas demais colocações. Do time que disputou a Super Final feminina da Liga Mundial, na China, houve apenas uma alteração: saiu Flávia Fernandes e entrou Diana Abla.

Rafael Silva sofre lesão, David Moura é convocado

Rafael Silva sofreu uma lesão do tendão do músculo peitoral maior direito durante treino de força nesta segunda-feira, em São Paulo, e não poderá disputar os Jogos Pan-Americanos Toronto 2015. Para o lugar dele foi convocado David Moura, atual número 12 do mundo entre os pesados. Rafael Silva será submetido a um procedimento para reparação da lesão no próximo dia 30 de junho de 2015, conduzido pelo dr. Breno Schor, médico da Confederação Brasileira de Judô.

“Estou muito triste por não poder lutar os Jogos Pan-Americanos e defender as cores do meu País, mas estou tranquilo e certo de que voltarei mais forte. Agradeço as inúmeras mensagens de apoio e conto com a torcida de todos para retornar o mais rápido possível. Ficarei na torcida pelo sucesso do nosso time no Canadá”, afirmou Rafael.

  • Publicado em Judô
Assinar este feed RSS