Na última bola, Estados Unidos vence Brasil de virada no Desafio Gigantes 3x3

Na última bola, Estados Unidos vence Brasil de virada no Desafio Gigantes 3x3 Time americano converte última bola e vence competição. Crédito: Bruno Lopes/BNLPhotopress/EAZ

Depois de estar na frente no placar, o time do Brasil-verde não conseguiu vencer a seleção americana no desafio Gigantes 3x3 por 22 a 19 em torneio realizado na Praça do Trem ao lado do Engenhão na zona norte do Rio e acabou com vice-campeonato da competição. Esse torneio contou pontos importantes para o ranking da Fiba e que fará parte do programa olímpico para Tóquio 2020.

Apesar de vir com um time da NBA, a seleção americana não é a melhor no basquete 3x3. “O time do Brasil foi um adversário muito duro, com um armador forte e bom na conclusão das jogadas. A gente sabia que tinha que fazer o nosso jogo. A diferença foi que nós convertemos o último arremesso”. – Comentou Dan Mavraides, eleito o melhor atleta do torneio e responsável por metade dos pontos dos americanos.

O basquete 3x3 é um esporte intenso e de bastante contato físico. Crédito: Bruno Lopes/BNLPhotopress/EAZ

O time brasileiro não fez feio e quem se destacou foi Leandro “Discreto”, que este ano vai treinar bastante para poder tentar ajudar o Brasil a buscar a vaga olímpica.

“Este torneio foi ótimo para gente. Todos os times tinham condições de ganhar o torneio com a partida sendo decidida nos últimos instantes. Foi ótimo também ter esse público aqui presente nos apoiando e tenho certeza que estarão sempre com a gente” – Conta Discreto sobre o jogo.

No primeiro jogo do dia, a equipe verde do Brasil que contou com Diego Conceição, Leandro “Discreto” Lima, Carlinhos “Soul” Silva Jr. e Marcellus Sarmento venceu a equipe amarela do Brasil que tinha Luiz Felipe Soriani, Douglas Gorauskas, Diguinho Del’Arco e Alfredo Perandini, por 21 x 18 onde tinha se garantido na final.

Time americano comemora o título. Crédito: Bruno Lopes/BNLPhotopress/EAZ

Já no segundo, a seleção americana derrotou a Sérvia por 21 a 17 numa “vingança” depois de perderem nas quarta-de-finais no mundial do ano passado na França, onde os sérvios foram campeões e se habilitaram a encarar o time brasileiro.

Na grande final, um jogo muito disputado! O Brasil chegou a abrir quatro pontos de frente, mas os americanos iam buscar o jogo e empatavam. Os brasileiros chegaram a ter a vitória na mão quando atingiram os 19 pontos, mas acabaram tomando uma virada e perderam por 22 a 19 frustrando a torcida que estava presente.

Crédito: Bruno Lopes/BNLPhotopress/EAZ