fbpx

Flamengo é campeão invicto

Flamengo é campeão invicto Sem perder uma partida, Flamengo começa temporada campeão do estadual. Crédito: Bruno Lopes/BNLPhotopress/EAZ

Foi aquela partida emocionante no Oscar Zelaya, casa do Botafogo. A torcida fez bastante pressão apoiando o time da casa que até chegou a virar no placar, mas a festa acabou sendo rubro-negra. Pela 13º vez seguida, o Flamengo foi campeão do estadual de basquete invicto e levantou a taça novamente vencendo pelo placar de 83 a 73.

O enredo foi um pouco parecido com o do primeiro jogo, onde o Flamengo foi melhor nos dois primeiros quartos, o Botafogo reagiu no terceiro e dessa vez chegando ao empate e no último, o Flamengo conseguiu a vitória numa reação espetacular.

Devido a uma exigência da força de segurança, somente a torcida do time mandante é que pode estar na quadra, e desse jeito, o torcedor rubro-negro não pode ver seu time ser campeão e inclusive a comemoração dos jogadores foi contida e no maior respeito ao adversário.

“O jogo de hoje foi mais complicado do que o jogo passado e sabíamos que teríamos dificuldade. Mesmo nos momentos ruins, conseguimos recuperar e vamos comemorar mais um título. Começamos bem com o título carioca e depois teremos a sul-americana e ai encarar o NBB e temos que entrar para ser campeões. Sempre torcemos para que as duas torcidas possam estar juntas nas próximas competições e isso tornaria a competição muito melhor” – Conta Olivinha que chegou a seu oitavo título estadual.

A vitória só foi confirmada nos últimos minutos. Crédito: Bruno Lopes/BNLPhotopress/EAZ

Recém-chegado ao Flamengo, o técnico Gustavo de Conti saiu satisfeito com esse início de temporada.

“O flamengo é sempre favorito sempre em qualquer torneio que entra e agora temos que continuar bem e amadurecer ainda mais o time. Nosso trabalho está começando bem e o NBB será bem equilibrado no mês que vem. Vamos iniciar o campeonato com o time que já temos, sem contar que vamos usar a nossa base também e dar chance aos garotos” – finaliza.

O Jogo

A torcida do Botafogo veio pronta para pressionar e tentar provocar a terceira partida e partiu para cima do time do Flamengo com Cauê Borges e Asaloni comandando o time. Mas do outro lado, tinha Varejão, o rubro-negro foi quem comandou o placar com uma forte jogada coletiva fechando o primeiro quarto em 19 a 12.

Já no segundo quarto, o rebote do Flamengo funcionou muito bem. A defesa foi sólida e conseguia segurar os ataques do Botafogo.  Varejão e Cauê brigavam muito na quadra para colocar seus times no ataque. No final, o Botafogo conseguiu diminuir um pouco a diferença, mas ainda não conseguiu ultrapassar no placar que ficou 38 a 32.

Times agora disputam o NBB a partir do mês que vem. Crédito: Bruno Lopes/BNLPhotopress/EAZ

Mas no terceiro, o Botafogo voltou a ser melhor e foi se aproveitando dos erros do Flamengo. E aproveitando um momento de desequilibro do outro lado, junto com o desentendimento de Varejão com Ansaloni, ajudou no crescimento do time e a empatar o placar em 54 a 54 deixando a decisão para o último e decisivo quarto.

Voltando ainda mais forte, o Botafogo saiu na frente e conseguiu a virada no placar e a abrir 5 pontos de vantagem com uma linda cesta de Jamal. A torcida estava indo a loucura imaginando que poderia adiar a decisão para a terceira partida. O técnico Gustavo do Flamengo pediu tempo  para colocar o time em ordem, o que ajudou a botar o time em ordem. Faltando três minutos para acabar, a vantagem do Botafogo sumiu e o Flamengo voltou a liderança no placar e ainda se aproveitando de erros capitais que fizeram com que o rubro-negro abrisse no placar e fechasse o jogo com 83 a 73 e carimbar mais um título estadual e de forma invicta num campeonato com quatro clubes disputando.

Última modificação emSexta, 28 Setembro 2018 12:11