fbpx

Com Bate-Estaca, Jéssica Andrade salva noite dos brasileiros no UFC

Com Bate-Estaca, Jéssica Andrade salva noite dos brasileiros no UFC Nocaute foi no segundo round. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

Em uma noite (11) em que os brasileiros não foram felizes no UFC 237 na Jeunesse Arena no Rio, Jéssica Andrade com seu principal golpe, o “bate-estaca” venceu por nocaute a americana Rose Namajunas e se tornou a campeã da categoria peso-palha fincando o Brasil com 3 das 4 categorias femininas.

Depois de sair perdendo no primeiro round, a brasileira saiu mais agressiva no segundo e conseguiu encaixar seu golpe principal e finalizou a luta.

Foi a primeira vez que uma brasileira conquistou o título no Brasil. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

"Eu sabia o que poderia fazer no segundo round. Ela veio mais lenta e eu consegui dar o meu bate-estaca que ainda não tinha conseguido executar e tive paciência para dar na hora certa. Isso é resultado de treino e dedicação. Hoje deu certo" – Comentou após a luta

Jéssica salvou a noite dos brasileiros no card principal que perderam em sequência. Bethe Correia foi finalizada no terceiro Round, enquanto que Thiago Pitbull e José Aldo perderam na decisão unânime dos juízes e Anderson Silva levou nocaute técnico ainda no primeiro round.

José Aldo perdeu a sua luta por decisão unânime dos juízes. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

Resultados do UFC 

Card principal

Peso-palha: Jessica Bate-Estaca (BRA) vence Rose Namajunas (EUA) aos 2m58s do segundo round

Peso-médio: Jared Cannonier (EUA) venceu Anderson Silva (BRA) por nocaute técnico aos 4m47s do primeiro round

Peso-pena:  Alexander Volkanovski (AUS) venceu José Aldo por decisão unânime (triplo 30-27)

Peso-meio-médio:  Laureano Staropoli venceu Thiago Pitbull por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)

Peso-galo: Irene Aldana (MEX) venceu Bethe Correia (BRA) por finalização aos 3m24s do terceiro round

Anderson Silva foi nocauteado ainda no primeiro round. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

Card preliminar:

Ryan Spann (EUA) venceu Rogério Minotouro (BRA) por nocaute aos aos 2m07s do primeiro round 

Peso-leve: Thiago Moisés (BRA) vence Kurt Holobaugh (EUA) por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-27)

Peso-meio-médio: Warlley Alves (BRA) venceu Sérgio Moraes (BRA) por nocaute no terceiro round

Peso-leve: BJ Clay Guida (EUA) venceu BJ Penn (HAV) em decisões por pontos (29-28, 29-28, 29-27)

Peso-mosca: Luana Dread (BRA) venceu Priscila Pedrita (BRA) por pontos

Peso-galo: Raoni Barcelos (BRA) venceu Carlos Huachin (PER) por nocaute técnico aos 4m49s do segundo round

Peso-galo: Viviane Araújo (BRA) venceu Talita Bernardo (BRA) por nocaute aos 48s do terceiro round