Flamengo bate Mogi e se firma na vice-liderança

Flamengo e Mogi das Cruzes/Helbor fizeram uma partida eletrizante na noite desta terça-feira (14/02), no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro. O equilíbrio predominou durante boa parte do duelo, mas no último quarto os rubro-negros foram amplamente superiores e venceram um dos melhores jogos do NBB CAIXA 2016/2017 até o momento, pelo placar de 96 a 87.

Com o resultado, o Flamengo chegou ao 14º triunfo em 19 partidas realizadas e se manteve colado no líder UniCEUB/BRBCARD/Brasília. Além disso, a equipe ainda se distanciou do rival Mogi, que conheceu sua sétima derrota também em 19 jogos disputados e caiu da terceira para a quinta colocação. O dono do terceiro lugar agora é o Gocil/Bauru.

Pela 12ª vez na temporada, Olivinha atingiu dígitos duplos em pontos e rebotes. Nesta terça foram 16 pontos e dez rebotes para o líder histórico de duplos-duplos do NBB CAIXA. Ainda no terceiro quarto, o camisa 16 já tinha garantido o duplo-duplo. Outro atleta a ter destaque a favor do Flamengo foi Marquinhos, cestinha da equipe, com 20 pontos

Do lado mogiano, o destaque ficou por conta de Shamell. Chamando a responsabilidade o tempo todo, o ala norte-americano marcou 29 pontos, com direito a cinco bolas de três convertidas em sete tentativas, e foi o cestinha da partida. Com 11 pontos, seu compatriota Tyrone, que retornou de suspensão do STJD, também apareceu bem.

O Mogi das Cruzes/Helbor seguirá no Estado do Rio de Janeiro e enfrentará o Macaé Basquete, na próxima quinta-feira, às 19h30, no Ginásio Juquinha. Na mesma data, o Flamengo receberá o Campo Mourão Basquete, às 20 horas, com transmissão ao vivo via Facebook Live na página oficial do NBB.

 

  • Publicado em Basquete

Final do NBB volta a ser decidida em uma melhor de cinco jogos

O formato "melhor de cinco" está de volta à Final do NBB. Nesta terça-feira, em Assembleia Geral da Liga Nacional de Basquete, realizada na sede da entidade, em São Paulo (SP), os representantes dos clubes filiados à LNB optaram por retomar o modelo de playoff com cinco partidas para a decisão, adotado nas três primeiras edições do maior campeonato do país.

Para a próxima temporada, o formato das séries de playoff também sofreu uma alteração. Os confrontos de mata-mata serão disputados no modelo 1-2-1-1, com os Jogos 2,3 e 5 sendo realizados na casa da equipe de melhor campanha na fase de classificação. Nas duas últimas edições, o formato foi o 2-2-1, e o time mais bem classificado sediou os Jogos 1,2 e 5.

Franca será a sede do Jogo das Estrelas 2015

O Jogo das Estrelas 2015 está de volta ao mais tradicional ginásio do NBB. Nos dias 06 e 07 de março, o Ginásio Pedro Murila Fuentes, o popular Pedrocão, localizado na cidade de Franca, interior do Estado de São Paulo, voltará a sediar o maior evento festivo do basquete brasileiro.

A decisão veio após um longo período de negociações. As cidades de Mogi das Cruzes (SP) e Belo Horizonte (MG) também demonstraram interesse em receber a edição de 2015 do Jogo das Estrelas, mas após uma rigorosa análise a LNB (Liga Nacional de Basquete) optou por levar a grande festa nacional da modalidade mais uma vez para a cidade conhecida como "Capital do Basquete".

  • Publicado em Basquete

São José vence Rio Claro na prorrogação

O São José/Unimed voltou a vencer no NBB 7. Na prorrogação, a equipe dirigida pelo técnico Luiz Zanon bateu o Rio Claro Basquete, por 76 a 75. em casa, no Ginásio Lineu de Moura, e encerrou uma sequência de cinco derrotas consecutivas.

Com 16 pontos e nove assistências, o armador Valtinho viveu grande noite e comandou o triunfo joseense. Responsáveis por 14 e 11 pontos, respectivamente, os alas Dedé e Laws foram outros nomes importantes na vitória do esquadrão do Vale do Paraíba.

  • Publicado em Basquete

Mogi bate vice-líder Limeira e vence a 7ª consecutiva

O Mogi das Cruzes/Helbor está com a moral altíssima no NBB 7. No reencontro com o Ginásio Hugo Ramos, na noite desta quarta-feira, o time do Alto do Tietê conquistou um expressivo triunfo diante do vice-líder Winner/Limeira, pelo placar de 91 a 85, e estendeu para sete sua sequência de vitórias na competição.

Depois de conquistar seis triunfos seguidos fora de casa, o time mogiano voltou a atuar diante de sua fanática torcida após 27 dias e não deu chances aos limeirenses. Com o domínio do placar do início ao fim, a equipe do técnico Paco García conquistou um grande resultado e manteve o embalo no campeonato nacional.

  • Publicado em Basquete
Assinar este feed RSS