fbpx

Ricardo Erlich

Ricardo Erlich

URL do site:

Com Bate-Estaca, Jéssica Andrade salva noite dos brasileiros no UFC

Em uma noite (11) em que os brasileiros não foram felizes no UFC 237 na Jeunesse Arena no Rio, Jéssica Andrade com seu principal golpe, o “bate-estaca” venceu por nocaute a americana Rose Namajunas e se tornou a campeã da categoria peso-palha fincando o Brasil com 3 das 4 categorias femininas.

Depois de sair perdendo no primeiro round, a brasileira saiu mais agressiva no segundo e conseguiu encaixar seu golpe principal e finalizou a luta.

Foi a primeira vez que uma brasileira conquistou o título no Brasil. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

"Eu sabia o que poderia fazer no segundo round. Ela veio mais lenta e eu consegui dar o meu bate-estaca que ainda não tinha conseguido executar e tive paciência para dar na hora certa. Isso é resultado de treino e dedicação. Hoje deu certo" – Comentou após a luta

Jéssica salvou a noite dos brasileiros no card principal que perderam em sequência. Bethe Correia foi finalizada no terceiro Round, enquanto que Thiago Pitbull e José Aldo perderam na decisão unânime dos juízes e Anderson Silva levou nocaute técnico ainda no primeiro round.

José Aldo perdeu a sua luta por decisão unânime dos juízes. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

Resultados do UFC 

Card principal

Peso-palha: Jessica Bate-Estaca (BRA) vence Rose Namajunas (EUA) aos 2m58s do segundo round

Peso-médio: Jared Cannonier (EUA) venceu Anderson Silva (BRA) por nocaute técnico aos 4m47s do primeiro round

Peso-pena:  Alexander Volkanovski (AUS) venceu José Aldo por decisão unânime (triplo 30-27)

Peso-meio-médio:  Laureano Staropoli venceu Thiago Pitbull por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)

Peso-galo: Irene Aldana (MEX) venceu Bethe Correia (BRA) por finalização aos 3m24s do terceiro round

Anderson Silva foi nocauteado ainda no primeiro round. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

Card preliminar:

Ryan Spann (EUA) venceu Rogério Minotouro (BRA) por nocaute aos aos 2m07s do primeiro round 

Peso-leve: Thiago Moisés (BRA) vence Kurt Holobaugh (EUA) por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-27)

Peso-meio-médio: Warlley Alves (BRA) venceu Sérgio Moraes (BRA) por nocaute no terceiro round

Peso-leve: BJ Clay Guida (EUA) venceu BJ Penn (HAV) em decisões por pontos (29-28, 29-28, 29-27)

Peso-mosca: Luana Dread (BRA) venceu Priscila Pedrita (BRA) por pontos

Peso-galo: Raoni Barcelos (BRA) venceu Carlos Huachin (PER) por nocaute técnico aos 4m49s do segundo round

Peso-galo: Viviane Araújo (BRA) venceu Talita Bernardo (BRA) por nocaute aos 48s do terceiro round

  • Publicado em UFC

Botafogo respira, vence Flamengo e adia decisão

Em uma partida emocionante no ginásio do Tijuca, o Botafogo partiu para cima do Flamengo em busca do tudo ou nada e conseguiu uma vitória histórica por 81 a 77 adiando a decisão das semifinais do NBB e frustrando a torcida Rubro-Negra que estava pronta para comemorar a passagem para final.

Esta foi a primeira vitória do Botafogo na temporada em cima do Flamengo depois de 9 confrontos desde o estadual, passando pelos jogos da temporada regular e dos playoffs e a primeira desde que o time voltou a disputar o NBB no ano passado.

Quem foi o cestinha da partida foi Cauê que anotou 21 pontos seguido de Jamaal que anotou 17 e após a partida comentou sobre a vitória.

“Entramos no jogo pensando que não tínhamos nada a perder e que tínhamos que brigar até o final, se não teríamos que voltar para casa. Estive doente nos últimos dias com febre em casa e só descansei para estar aqui hoje e vamos na próxima partida partir para cima do mesmo jeito.” – Declarou no final

Vencendo o Flamengo pela primeira vez, o técnico Léo Figueiró ficou satisfeito com o time em quadra e torce para que na próxima partida em casa, o time tenha o mesmo espírito.

“Foi um jogo bem difícil entre duas equipes que estão bem guerreiras em quadra. Quem viu o jogo deve ter ficado bem satisfeito. Vamos voltar para casa e teremos o ginásio lotado e vamos lutar firme para conseguir a vitória e levar para o quinto jogo. O Cauê merece a atuação que teve hoje e é um homem da minha confiança e o Jamaal tem uma qualidade diferenciada e apareceu na hora certa e está com muita gana nessa fase”

Pelo lado o Flamengo Olivinha lamentou a derrota

“A derrota é dura e jogando em casa com a torcida ao favor, dói mais. Sabíamos que eles viriam com tudo e falhamos na defesa e não tivemos um bom ataque hoje e vamos buscar a vitória na quarta partida. Hoje erramos bastante os lances livres e pecamos nesse quesito e vamos treinar bastante” – Disse.

O técnico Gustavo de Conti comentou sobre os erros bobos que o time teve e que ajudaram na construção da vitória do Botafogo.

“O mérito hoje foi do Botafogo e erramos algumas coisas fáceis que não costumamos errar, principalmente em momentos decisivos do jogo. Depois desses erros, eram castigamos com cesta de 3 e falta deles. Temos que corrigir e vamos treinar para fazer melhor não só nesse como em outros jogos” – fechou

 

O Jogo

 

Tendo que vencer para se manter vivo, o Botafogo tomou de cara a iniciativa da partida e se aproveitou muito dos erros do time rubro-negro e não demorou para a liderança só ir aumentando chegando a estar 18 a 9. Depois de um pedido de tempo de Gustavo de Conti, o time começou a acertar um pouco mais a sua defesa e conseguiu impedir que o Botafogo pontuasse e conseguiu diminuir a diferença, mas não impedir a vitória por 19 a 14 do Glorioso.

O segundo quarto foi de grandes emoções. O Botafogo seguiu a sua linha e tratou de voltar a ampliar a sua vantagem, chegando a ter 10 pontos de vantagem no 31 a 21 e foi quando o Flamengo voltou a reagir. Junto com a sua torcida e Marquinhos marcando 5 pontos seguidos depois de uma falta técnica, o rubro-negro chegou a virar o placar para 39 a 38, mas Jamaal em dois lances livres, voltou a pôr o Botafogo na frente e fechou o quarto em 40 a 39.

No terceiro quarto, o time do Flamengo resolveu engrenar e assumiu a liderança do quarto de onde não saiu mais com o Botafogo sempre na sobra. O jogo ficou truncado e quem errasse, poderia ficar atrás no placar. E no final, o rubro-negro conseguiu se sustentar vencendo o quarto por 60 a 56.

O último quarto foi de emoções a flor da pele. Ainda no início, Cauê conseguiu virar o placar para o Botafogo 63 a 62 e o jogo passou a ser disputado no ponto a ponto. O Flamengo com Marquinhos e Olivinha erraram bastante arremessos livres que o Botafogo proporcionava o que em nenhum momento, permitiu a virada no jogo. Com isso, o Botafogo foi se mantendo na liderança e não saiu mais fechando a partida em 81 a 77, diminuindo para 2 a 1 a série das semifinais.

A próxima partida entre Botafogo e Flamengo será na terça no Oscar Zelaya as 21hrs.

 

Deryk faz grande partida e Flamengo vence Botafogo novamente

Depois de começar bem a partida, ter levado a virada e voltar com muita força nos últimos quartos, o Flamengo conseguiu uma importante vitória sobre o Botafogo por 81 a 69 jogando no Tijuca com torcida ao seu favor e encaminha favoravelmente sua classificação para as finais do NBB.

O cestinha da partida dessa vez foi Deryk que anotou 19 pontos para o time do Flamengo sendo 15 deles em arremessos de 3 pontos.

“Na virada para o segundo tempo, o nosso técnico pediu para forcarmos na defesa e assim fizemos para conseguir achar a vitória. Fiquei feliz por hoje e o mais importante foi conseguir dar um passo adiante. Com o elenco que temos e tratando coletivamente a coisa flui muito bem e assim tentaremos na próxima partida” – Declarou após a partida.

O técnico Gustavo de Conti do Flamengo falou um pouco da conversa que teve no intervalo que ajudou o time a conquistar a vitória.

“O ataque do Botafogo é um estilo que envolve muito e precisávamos melhorar na defesa para conseguir parar o time deles. O Léo tem feito um ótimo trabalho por lá e sabe como ninguém botar os jogadores em alta. O fundamental será manter essa pegada para conseguir achar a vitória e ainda contar com o apoio da torcida que envolve muito e cria um clima positivo” - Finalizou  

Pelo lado do Botafogo, Léo Figueiró viu que seu time jogou bem, mas acredita que com alguns ajustes, pode incomodar na próxima partida.

“É uma situação incomoda e não podemos falhar no sábado. Vamos entrar focado nesse jogo para entrar focado e conseguir uma vitória. Vamos ter que fazer ajustes das coisas que temos que fazer e meus jogadores fizeram de tudo o que puderam para conseguir a vitória, mas não deu. O time do Flamengo é montado para ser campeão e estamos usando as armas que temos e mesmo a missão sendo difícil, temos tudo para conseguir chegar lá – Disse.

O Jogo

Diferente do primeiro confronto, a partida começou bem mais favorável ao Flamengo. Não demorou para o time ter colocado 11 a 5 na partida. Mas do outro lado, o Botafogo fez jus e buscou a reação chegando a quase empatar com 11 a 10. Mas novamente o rubro-negro voltou a abrir e conseguiu fechar o primeiro quarto em 23 a 16.

No segundo quarto, o Botafogo entrou com uma outra postura e em menos de dois minutos a diferença que existia entre os dois times, passou a não existir mais. O técnico Gustavo de Conti pediu tempo, mas o Flamengo não reagiu e o jogo ficou nervoso de conseguir deixar a torcida rubro-negra quieta. Os times passaram a trocar liderança até o final do quarto quando numa cesta de 3 de coelho, definiu a vitória do quarto para o Botafogo por 40 a 38.

A conversa no vestiário rendeu algum efeito no time do Flamengo. Com uma outra atitude, a reação não demorou a acontecer. Mesmo com o Botafogo mantendo uma boa defesa, o Rubro-negro soube novamente como dominar o jogo e conseguiu abrir uma pequena liderança fechando o quarto em 61 a 54, voltando a despertar a torcida no ginásio.

Já com a vitória mais garantida, o time só precisou administrar a partida e se aproveitar dos erros do Botafogo e conseguir abrir ainda mais no placar. Ao final, o rubro-negro conseguiu 81 a 69 e abriu 2 a 0 na série das semifinais.

A terceira partida está marcada para esse sábado as 14hrs.

Franca a uma partida das finais

Na outra série das semifinais que definirá o paulista que irá a final, Franca está vencendo a série por 2 a 0 contra Mogi e amanhã a noite realizaram a terceira partida.

 

Marquinhos acha vitória nos últimos segundos e Flamengo vence Botafogo nas semifinais

Em uma partida que o Oscar Zelaya ficou com ingressos esgotados, Botafogo e Flamengo deram início a disputa da semifinal do NBB em uma partida emocionante e com muitos toques de drama. E foi numa jogada espetacular de Marquinhos nos últimos segundos que o Rubro-negro garantiu a vitória por 79 a 77 abrindo 1 a 0 na série.

Marquinhos também foi o cestinha da partida junto com Balbi e Jamaal pelo lado do Glorioso onde todos os jogadores saíram com 18 pontos cada um.

“Jogo difícil!  Não soubemos aproveitar a vantagem que criamos no segundo quarto e acabamos permitindo que o Botafogo diminuísse a diferença. Mas tivemos cabeça e foco e conseguimos sair com a vitória. Teremos que continuar evoluindo para a próxima partida e corrigir algumas bobeiras que tivemos nesse jogo para tentar ganhar lá no Tijuca. ” – Contou após o jogo.

Balbi e Jamaal foram os destaques dois dois times. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

Com o mesmo raciocínio de Marquinhos, Balbi que fora ter sido cestinha, também foi um dos que tiveram mais assistência e rebotes a favor do Flamengo.

‘Nós treinamos para conseguir ter força para conseguir uma virada. Sentimos a pressão aqui dentro, principalmente quando a torcida começou a empurrar a time, mas mantivemos a frieza e conseguimos a vitória. O Botafogo vai continuar dificultando nos próximos jogos e temos que manter nosso jogo funcionando” – Finalizou.

Pelo lado do Botafogo, o técnico Léo Figueró lamentou que a vitória escapou no detalhe, mas elogiou o comportamento do time na partida de hoje.

“Estamos evoluindo confronto a confronto e temos que fazer ajuste fino e ir jogando jogo a jogo. Estamos vivos na competição e vamos recuperar os jogadores que foram heroicos desde a série com os Pinheiros e hoje fizeram uma grande partida. Vamos ter controle emocional e saber executar firme nosso planejamento esquecendo da torcida do Flamengo na próxima partida” – Disse

A partida

O Jogo começou bem nervosa e equilibrada. Ambos os times deram o seu melhor e se alternavam ao longo do primeiro quarto, sendo uma hora o Flamengo e outra o Botafogo. E no final, acabaram virando empatados fechando em 17 a 17 o quarto inicial.

O Glorioso começou domingo o segundo quarto e chegou a abrir 5 de vantagem no 22 a 17, mas depois o time da Gávea entrou de vez na partida e mostrou a sua diferença. Não demorou para arrancar a virada e parar de vez o Botafogo que passou a sofrer bastante na defesa do Flamengo. E o Rubro-negro só disparou no placar e fechou o primeiro tempo com 37 a 29.

Próxima partida será na quinta no Tijuca. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

O terceiro quarto começou com o Flamengo aumentando a diferença no placar e deixando uma vantagem de 14 pontos com 52 a 38 e parecia caminhar para mais uma tranquila vitória. Mas o time começou a bater cabeça e deu uma apagada. Nisso, o Botafogo renasceu na partida e começou a se aproximar perigosamente chegando a ficar a 2 pontos de diferença com 52 a 50. Mas o Flamengo deu uma despertada no final e voltou a aumentar um pouco a diferença e fechou o quarto em 60 a 54.

Com a torcida empurrando o time, o Botafogo cresceu muito no jogo e seguia o mesmo enredo da partida anterior contra o Pinheiros quando conseguiu a vitória no último minuto. E por pouco ela não aconteceu quando o time virou para 77 a 76. Mas num pedido de tempo, Gustavinho combinou uma jogada e Marquinhos conseguiu o arremesso de dois pontos e ainda uma falta virando o placar para 79 a 77 e garantindo a vitória para o Flamengo saindo em 1 a 0 na série das semifinais.

A segunda partida da série entre Flamengo e Botafogo será nesta quinta-feira as 20hrs no ginásio do Tijuca somente com a torcida rubro-negra que também promete lotar o ginásio.

Assinar este feed RSS