Ricardo Erlich

Ricardo Erlich

URL do site:

Sara Errani vence chave feminina do Rio Open

Com um jogo difícil no primeiro set e um segundo muito mais fácil, a italiana Sara Errani é a campeã do Rio Open. A Italiana venceu a eslovaca Anna Schmiedlova por 2 sets a 0 com parciais de 7x6 e 6 a 1 na quadra central do torneio em partida disputada sob um forte calor.

“O primeiro set foi muito duro e me custava fazer meu jogo. Ela vinha sacando muito bem e isso me dificultou. No segundo, ela diminuiu o ritmo e consegui ganhar com facilidade. Quero poder voltar ano que vem ao torneio e gostei muito.. Ganhar um torneio numa terra dessas é muito precioso e estou muito feliz. Cheguei a ir para a praia algumas vezes, mas pena que não tive tempo de visitar o resto da cidade. Espero poder voltar a cidade uma outra oportunidade sem ter a obrigação de jogar”. – Conta Errani sobre sua vitória

O primeiro set foi bem disputado. Nos dois primeiros games, as jogadoras travaram uma batalha bem dura que tiveram três empates que deram em duas quebras com a partida ficando no 1 a 1. O jogo se seguiu dessa forma até o 6º game quando finalmente Errani confirmou seu serviço. Ela acabou tomando uma virada no 9º game e o jogo se arrastou até o 6 a 6.

O jogo assim seguiu para o tie break e ai a italiana mostrou sua superioridade. Abriu rapidamente para 3 x 1 e rapidamente foi abrindo mais e mais até fechar em 7 a 2 e liquidar o primeiro set.

Já o segundo, Errani mostrou porque era a número 1 do torneio. Não tomou conhecimento da Schmiedlova e venceu por 6 a 1 e assim se tornou campeã do torneio.

 

Sara errani saira do rio open como a 12 no ranking da WTA

  • Publicado em Tênis

Fogninni surpreende publico, ganha Nadal e vai para final com Ferrer

Depois de menos de 24 horas de descanso, o espanhol Rafael Nadal e o italiano Fabio Fogninni protagonizaram um jogo repleto de alternativas e que acabou com a vitória para Fogninni de virada, após perder feio o primeiro set e ganhar os dois seguintes, devolvendo feio no segundo set a derrota inicial e com um

Nadal sente dores e não consegue terminar partida

jogo equilibrado no terceiro.

“Ganhar do melhor do mundo nessa superfície é difícil e fico feliz de ter conseguido uma vitória dessas.  Jogar com Ferrer vai ser outra dificuldade e espero completar esta ótima semana que estou passando aqui no Rio termine maravilhosamente bem. Certamente essa é uma vitória muito importante por ganhar do melhor do mundo no saibro. Espero amanhã vir aqui e ganhar o torneio”. – Conta Fogninni sobre sua vitória

O início do jogo foi arrasador para Nadal. Em pouco mais de meia hora de partida, ele abriu 5 x 0 em cima do italiano, deixando o adversário vencer um único game e em seguida, confirmou seu game de saque e fechou o set por 6 a 1.

No segundo, o jogo começou com uma quebra no serviço para cada um dos jogadores. Em uma bola no 3º game, Fogninni jogou a raquete no chão e reclamou com a arbitragem ao dar um smash na rede quando ele tocou na rede. No game seguinte, o italiano conseguiu quebrar o serviço de Nadal e entrou de ver na partida, passando a mandar. Ao final, Nadal, cedeu o jogo e deixou o italiano vencer por 6 a 2 levando o jogo para o terceiro set.

O terceiro reservou um jogo em que tanto Nadal, quanto Fogninni entraram de vez na partida. Com várias disputas interessantes e confirmações de pontos ao longo do set. No 11º game, Fogninni precisou de 4 sets points numa bola que com muita sorte, bateu na rede e passou para o outro lado e acabou vencendo a partida e vencendo Nadal

“Foi um bom primeiro set e estava fisicamente cansado. Senti muitas câimbras e me surpreendeu estar nessa situação. Agora tenho que trabalhar para melhorar as coisas e estou no caminho para voltar a buscar a vitória. Fiquei um tempo parado agora no final do ano e estou voltando aos poucos. Quero poder voltar ao Rio em 2016 para as olimpíadas que é uma medalha que busco para minha carreira.” – Fala Nadal sobre sua derrota

Agora Fogninni terá pela frente David Ferrer na final do Rio Open

 

 

 

  • Publicado em Tênis

Klisan e Oswald são campeões nas duplas masculinas

Em uma partida vazia na quadra 1 que começou simultaneamente ao jogo entre Nadal e Fogninni, a dupla formada pelo sérvio Martin Klisan e pelo austríaco Phillip Oswald foi campeã nas duplas masculinas ao derrotar por dois sets a zero a dupla do espanhol Pablo Andujar e e do austríaco Oliver Marach em quase 1h30 de partida por 7 a 6 e 6 a 4.

  • Publicado em Tênis

Ferrer está na final

Em um jogo de uma hora e meia, o espanhol David Ferrer venceu o austríaco Andreas Haider-Maurer por dois  sets a zero e é o primeiro finalista do Rio Open. Com um jogo disputado no primeiro set e um segundo mais rápido com o cansaço de Haider-Maurer.

“Hoje foi uma boa partida com muitas alternativas quando quebrei ele 3 vezes e ele me quebrou outras. Depis um jogo tranquilo. Com o Nadal posso esperar um jogo mais difícil, se vier o Fogninni pode ser um jogo mais tranquilo. Mas não posso escolher o adversário. Tenho que aumentar a quantidade de primeiro serviço.”

No primeiro set, uma partida com uma boa troca de quebras pelos jogadores. Foram quatro quebras para Ferrer e três para Haider-Maurer. A quebra decisiva foi no 12º game, quando o placar apontava 6 a 5 para o espanhol que conseguiu quebrar o serviço e assim vencer o set.

Muito melhor fisicamente, Ferrer não teve dificuldades em vencer o segundo set por 6 a 1 e assim garantiu sua classificação para a final.

 

Agora o espanhol aguarda o vencedor da outra semifinal que será jogada entre o espanhol Rafael Nadal e o italiano Fabio Fogninni.

  • Publicado em Tênis
Assinar este feed RSS