fbpx

Ricardo Erlich

Ricardo Erlich

URL do site:

Sesc Rj se reabilita no clássico contra o Osasco

Depois de duas derrotas significativas para o Fluminense e pro Barueri, o Sesc Rj teve pela frente seu principal rival na Superliga, o time do Osasco, em partida realizada no ginásio do Tijuca e conseguiu uma vitória espetacular por 3 sets a 0 com parciais de 25-19, 25-23 e 25-12 sem dar a menor chance para suas adversárias.

O destaque da partida foi a oposta Monique do Sesc Rj que foi escolhida como a melhor em quadra. Ela foi importante na vitória com os pontos que fez.

"Não estávamos conseguindo colocar em prática o que vinhamos treinando nos últimos jogos. Hoje o saque funcionou e conseguir quebrar o passe de um time como o Osasco que tem um ataque muito forte. Conversamos que tínhamos que jogar mais juntas e saber jogar tanto com placar na frente, quanto buscando o resultado e as coisas deram muito certo hoje" - Comentou a após a partida.

O Jogo

O inicio da partida já dava sinais do que estava por vir. Em pouco tempo de partida, as cariocas estavam ganhando por 8 a 3 o que obrigou o técnico Luizomar a pedir tempo. Mesmo melhorando pouco, as paulistas não conseguiram ameaçar em nada e inclusive permitindo que Roberta fizesse 3 aces seguidos. Ao final, o Sesc Rj venceu por 25 a 19 e abriu 1 a 0 no placar.

Já o segundo set, teve contorno de um verdadeiro clássico. O Sesc Rj abriu 7 a 2 no placar e o técnico Luizomar pediu tempo e conseguiu acertar seu time e empatando a partida em 8 a 8. Ambos os times alternavam a liderança com viradas no placar. Mas coube a Bernardinho a pedir tempo e acertar o time e com ataque de Monique e Peña, conseguiram a vitória por 25 a 23 e 2 a 0 no jogo.

O terceiro set nem parecia que havia uma grande rivalidade em quadra. O Sesc Rj acelerou o jogo e em pouco tempo o placar já estava em 10 a 2. Sem pisar no freio, a vantagem só aumentava e ampliava. E num bloqueio de Juciely, o Sesc Rj venceu por 25 a 12 fechando em 3 sets a 0.

Com a vitória, o time do Rio sobe na tabela e está na terceira colocação com uma campanha de 6 vitórias 2 derrotas. O Osasco está em sétimo com 4 vitórias e 3 derrotas.

Na próxima rodada, o Sesc Rj viaja para Belo Horizonte para encarar o Minas, enquanto que o Osasco terá o líder Praia Clube. Ambas as partidas serão na terça-feira.  

  • Publicado em Vôlei

Em noite de Marquinhos, Flamengo vence Botafogo

Nem parecia um clássico! Depois de alguns dias somente treinando, o Flamengo entrou em quadra contra o bom time do Botafogo no ginásio do Tijuca e não encontrou dificuldade para vencer pelo placar elástico de 102 a 73 e continuar firme na vice-liderança do NBB. Já com a derrota, o Botafogo caiu para a sétima posição

Destaque da partida foi mais uma vez Marquinhos. O ala rubro-negro contribuiu com incríveis 35 pontos e cinco bolas de três, em pouco mais de 24 minutos em quadra, e protagonizou um jogo mágico com a camisa do time da Gávea.

“A vitória foi importante. Retomamos o NBB depois daquela derrota para o Paulistano e hoje foi a minha noite. Tem dias que a noite é do Deryk, do Marquinhos ou do Olivinha. Foi importante ter passado um tempo treinando e vamos buscar vencer o maior número de jogos no segundo turno para buscar a liderança do NBB e decidir as partidas em casa quando vier os playoffs” – Afirmou o jogador após a partida.

Defesa rubro-negra funcionou bem, neutralizado o Botafogo. Crédito: Bruno Lopes/BNLPhotopress/EAZ

 

Com a vitória de hoje, o Flamengo segue com uma campanha de nove vitórias em 12 jogos pelo NBB. Já o Botafogo, chegou a sexta derrota com a mesma quantidade de partidas que o Rubro-negro.

O Jogo

Somente no início da partida o time do Botafogo chegou a ter uma liderança de quatro pontos no placar de 6 a 2, mas rapidamente o rubro-negro conseguiu mostrar que estava com uma boa defesa e conseguiu não só a virada, como também ampliar a vantagem e chegar a 26 a 15.

No segundo quarto, a partida foi mais equilibrada. O time do Botafogo até ameaçou crescer, mas o alvinegro foi parado com duas cestas de 3 seguidas de Marquinhos e a vantagem só continuou crescendo com o time da Gávea vencendo por 47 a 32.

Na virada para o segundo tempo, o ataque rubro-negro brilhou ainda mais. Aproveitando que o time de General Severiano errava seus ataques e impondo uma forte defesa, a vantagem aumentou ainda e o terceiro quarto fechou em 79 a 53, já decretando a vitória do Flamengo.

Sem pisar no freio, o Flamengo continuou muito melhor e ampliando ainda mais a sua vantagem sem dar chances de o Botafogo buscar o jogo e conseguiu passar dos 100 pontos. No final, o placar foi de 102 a 73 que decretou mais uma vitória no clássico pelo lado rubro-negro.

Time do Flamengo volta a jogar contra o Minas no sábado. Já o Botafogo encara o Pinheiros. Crédito: Bruno Lopes/BNLPhotopress/EAZ

Na próxima rodada, o Flamengo joga fora de casa contra o Minas em partida que será disputada no próximo sábado.  Já o Botafogo, encara o Pinheiros em partida dentro de casa na quinta-feira. Ambas as partidas fecham o primeiro turno da competição para ambos os times. Os oito melhores se classificam para a Copa Super 8 que será disputada no final do ano.

  • Publicado em Basquete

Flamengo vence, mas é eliminado da Liga Sul-Americana

As chances de o Flamengo chegar à final da liga Sul-Americana dependiam somente de uma vitória do Minas sobre o time argentino do Instituto de Córdoba na partida anterior na Jeunesse Arena. Mas esperanças acabaram quando os argentinos conquistaram a vitória por 83 a 64 e eliminaram a equipe carioca.

E para cumprir a tabela, o time do Flamengo entrou em quadra, jogou muito mais solto e conseguiu uma ótima vitória sobre o Bauru por 102 a 75 e mesmo jogando em casa, a torcida não compareceu e a arena ficou vazia.

O Instituto de Córdoba chega a final da Liga Sul Americana e jogará contra mais um brasileiro, o Franca que passou por uma chave que teve empate triplo contra o Libertad, Olimpia e Quinsa e passou nos critérios de desempate ao fazer mais pontos que os outros times.

  • Publicado em Basquete

Flamengo consegue virada e respira na Sul-Americana

Depois de sair perdendo, o Flamengo conseguiu buscar a virada no placar e venceu o Minas por 91 a 76 na segunda partida da semifinal da Liga Sul-Americana em partida realizada na Jeunesse Arena que contou com baixo público.

O cestinha da partida foi Marquinhos mais uma vez que saiu do banco de reservas para ajudar o Flamengo a buscar a virada que foi acontecer somente no segundo tempo.

“A equipe vem oscilando muito. Ora é na defesa, ora é no ataque. Hoje pelo menos no segundo tempo conseguimos acertar melhor o time e conseguimos abrir uma boa vantagem. Agora temos que torcer por Bauru nesse jogo para termos uma chance na classificação” – Comentou no final da partida.

Time oscilou bastante, mas conseguiu acertar no ataque no final. Crédito: Bruno Lopes/BNLPhotopress/EAZ

O Jogo

No primeiro quarto de jogo, o time de Minas entrou melhor que o Flamengo e não demorou para assumir a liderança. O time da Gávea até tentou uma reação e ficou até perto no 16 a 11, mas com boas jogadas, os mineiros abriram novamente e fecharam o primeiro quarto em 20 a 14.

No segundo quarto, o Flamengo começou a reagir na partida. Com a entrada de Marquinhos que começou no banco contribuiu com a virada do rubro-negro e com o crescimento da defesa, o time conseguiu a virada no 22 a 21 e a vantagem foi só ampliando, chegando a seis pontos de diferença no 36 a 29. Depois o time do Minas começou a esboçar uma reação e conseguiu diminuir a desvantagem e o quarto fechou em 37 a 34 para o Flamengo.

O terceiro quarto foi os das viradas. Quem largou na frente foi o Minas passando o Flamengo no 42 a 39 e até conseguiram abrir quatro pontos de vantagem. Mas botando a cabeça no lugar, o Rubro-negro buscou e novamente conseguiu retomar a liderança no 57 a 56 e não perdeu mais, como ampliou, sem deixar os mineiros pontuarem. Ao final a vantagem foi de 63 a 57.

No último quarto, o jogo do Flamengo finalmente encaixou. E com Marquinhos comandando o time, o placar foi ficando cada vez mais elástico e o Minas ficando para trás, no final, o Rubro-negro venceu por 91 a 76 e venceu a primeira na semifinal.

Chances mínimas para a final

Para o Flamengo chegar a final da Liga Sul-Americana, ele primeiro terá que torcer para uma vitória do Minas amanhã contra o Instituto Córdoba que praticamente garantiu sua classificação ao vencer o Bauru por 83 a 59 e ai vencer com uma boa diferença o Bauru na partida seguinte. 

  • Publicado em Basquete
Assinar este feed RSS