Brasil continua a conseguir bons resultados no Campeonato Mundial de Canoagem Velocidade e Paracanoagem na República Tcheca


Caio Ribeiro(ESQ.) ganhou medalha de prata hoje. Crédito: Divulgação/CBCA 

 

A manhã do terceiro dia do Campeonato Mundial de Canoagem Velocidade e Paracanoagem foi repleta de brasileiros nas águas da Lade Aréna, em Racice, na República Tcheca. Cinco atletas do Brasil disputaram provas classificatórias e todos conseguiram vagas para as semifinais. No período da tarde foi a vez dos atletas da Paracanoagem brigarem pelo pódio em três finais A, duas no Caiaque e uma na Canoa.

Na primeira prova com participação brasileira do dia, a dupla medalha de prata nos Jogos Olímpicos Rio 2016 Erlon Souza e Isaquias Queiroz disputaram a classificatória do C2 Masculino 1000m. Eles terminaram na 5ª colocação e se classificaram para a semifinal da prova, que será disputada na tarde de sábado (26/08). “Acabamos não remando muito bem, não encaixamos o barco. Se a gente remasse como fizemos nos treinos em Lagoa Santa teríamos passado em primeiro lugar. Na largada o barco parecia um pouco pesado, mas tenho certeza que na semi e na final vamos remar melhor, a cada prova que disputamos nós vamos ganhando mais ritmo de competição”, comenta Isaquias Queiroz.

 O segundo brasileiro a competir nesta quinta foi Edson Silva, pelo K1 Masculino 200m. Ele correu em uma bateria difícil, ao lado do vice-campeão olímpico e mundial, o francês Maxime Beaumont, mas remou bem e garantiu a vaga na semifinal ao terminar a prova em 4º lugar, com o tempo de 35.921, apenas 0.678 segundo atrás do primeiro colocado. Devido ao grande número de competidores, as classificatórias desta prova não garantiam vagas direto na final A.

Na sequência a baiana Valdenice Nascimento fez a sua estreia na competição. Ela participou da classificatória do C1 Feminino 200m e terminou a prova na 5ª posição, com o tempo de 52.364 segundos. Ela compete na semifinal da prova neste sábado (25/08).

Erlon Souza retornou à pista, desta vez ao lado de Maico Santos, para disputar a prova do C2 Masculino 200m. Eles terminaram a prova na 4ª posição e não garantiram uma vaga na final por apenas 0.217 segundo mas disputam a semifinal amanhã à tarde.

O último brasileiro a competir no período da manhã foi Vagner Souta. Ele já havia conseguido a classificação para a final B do K1 Masculino 1000m ontem (24/08), e hoje ele voltou às águas para tentar permanecer na disputa do K1 Masculino 500m. Com uma prova sólida o brasileiro passou a primeira parcial na 4ª posição, mas se recuperou na segunda metade da prova e garantiu o 3º lugar e se classificando para a próxima fase. Na semifinal ele disputou a mesma bateria do atual campeão mundial da prova, o dinamarquês René Holten Poulsen, e terminou a prova na 6ª colocação, resultado que o classifica para a final B da prova, a sua segunda da competição.

 

Pódios na Paracanoagem

No período da tarde foram disputadas três finais A da Paracanoagem, e em todas elas um brasileiro estava brigando pelo pódio.

Luiz Carlos Cardoso disputou a sua segunda final A da competição e garantiu, pela segunda vez uma posição entre os três primeiros colocados. O atleta já tinha conquistado o lugar mais alto do pódio no VL1 Masculino ontem (24/08), e hoje se alinhou na largada para garantir mais uma conquista, dessa vez no KL1 Masculino, em uma prova que foi cheia de emoções. Luis conseguiu o bronze depois de disputar as primeiras posições metro a metro. No final da prova o terceiro lugar veio com uma diferença de menos de 1 segundo entre o primeiro colocado, o italiano Esteban Gabriel Farias, e o brasileiro. “O nível das provas está muito forte, a posição dos primeiros colocados está sendo definida nos centésimos. Eu estou muito feliz com o resultado, mas agora é trabalhar nas mudanças que podemos fazer para o próximo ano e voltar no Mundial para subir no lugar mais alto do pódio”, comenta o atleta.

Debora Benevides também participou de sua segunda final A do Mundial, nesta sexta-fera (25/08) ela disputou a final do KL2 Feminino, a mesma prova que a levou para os Jogos Paralímpicos Rio 2016. O pódio não veio, a atleta terminou a final na 8ª competição. Mas esse resultado ainda mantém a atleta entre as 10 melhores atletas de sua categoria, que conta com o maior número de atletas da Paracanoagem Feminina.

A segunda medalha do dia veio com Caio Ribeiro, no VL3 Masculino em uma prova muito disputada e que arrancou muitos gritos da torcida. O brasileiro chegou apenas 0.561 segundo atrás do britânico Jonathan Young que fez a dobradinha com seu compatriota Martin Tweedie, na terceira posição. O brasileiro ainda tem mais uma final A para disputar na competição: a disputa pelo pódio do KL3 Masculino acontece amanhã às 14h12 (09h12 horário de Brasília).

Isaquias Queiroz “papai”

 Outro destaque do dia não aconteceu nas águas da República Tcheca. Logo após a prova do baiano vencedor de três medalhas olímpicas nos Jogos Rio 2016 ele recebeu a notícia que seu filho Sebastian estava nascendo. Isaquias acompanhou o parto por uma chamada de vídeo e mal conseguia disfarçar a sua felicidade. “Eu saí da prova correndo e vim acompanhar o procedimento pelo celular. Até comentei com o Sebastian (Brendell) e ele me disse que agora eu tinha que ser pai e campeão mundial”. O nome do seu filho é uma homenagem ao alemão, que também atualmente é o seu maior rival na prova do C1 Masculino 1000m, mas também é o seu maior ídolo no esporte. A criança já nasce com a responsabilidade de ser filho do maior medalhista brasileiro em uma única edição de Jogos Olímpicos e levar o nome de um bicampeão olímpico. 

Provas do sábado

Neste sábado o Brasil inicia o dia disputando três finais: Vagner Souta disputa a final B do K1 Masculino 1000m às 09h32 (05h32 horário de Brasília), Andrea Oliveira e Angela da Silva disputam pela medalha na Final A do C2 Feminino 500m às 10h35 (05h35 horário de Brasília) e Isaquias Queiroz finaliza as provas da manhã brigando pelo título mundial na final A do C1 Masculino 1000m. À tarde mais uma prova valendo medalha, com Caio Ribeiro, no KL3 Masculino, às 14h30 (09h30 no Brasil). Depois a Canoagem Velocidade retorna com as disputas das semifinais: Erlon Souza e Isaquias brigam pela vaga na final do C2 Masculino 1000m às 15h27 (10h27 horário de Brasília); depois, às 16h04 (11h04 em Brasília) Edson Silva compete no K1 Masculino 200m; Valdenice compete na semi do C1 Feminino 200m às 16h29 (11h29 em Brasília) e o dia termina para os brasileiros com Erlon Souza e Maico Santos na semi do C2 Masculino 200m às 16h34 (11h34 no horário de Brasília).

Transmissões ao vivo

O Campeonato Mundial de Canoagem Velocidade e Paracanoagem está sendo realizado na Labe Aréna em Racice, na República Tcheca. Todas as provas estão sendo transmitidas ao vivo no canal da Federação Internacional de Canoagem – FIC, clique aqui.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.