Cidade das Serestas, Conservatória recebeu GFNY – Brasil, uma das maiores competições de ciclismo do mundo

A pequena Conservatória com suas estradas foram um palco perfeito para disputa do primeiro GFNY no Brasil. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

 

Conservatória é nacionalmente conhecida como a capital das serestas, onde sempre nos fins de semana, os seresteiros começam a tocar seus violões com músicas de amor na pracinha e saem tocando pela rua a noite adentro. Este distrito de Valença no sul-fluminense se viu invadida por uma outra tribo, a dos ciclistas. Cerca de 1200 atletas se alinharam na linha de largada ao lado da antiga estação de trem, onde a locomotiva é atração turística e partiram para um duro percurso na primeira edição da Grand Fondo New York Brasil, uma das principais provas do gênero e encararam as várias estradas da região e se desafiam em dois percursos, um de 70km de participação e outro de 160km de competição.

Acostumado a subir todos os dias a Vista Chinesa no Rio, encarar as estradas de Conservatória não foi nenhum problema para Antônio Garnero, vencedor da prova com 4h29min18s. Sua maior especialidade são as subidas e foi a segunda vez que competiu por esse caminho.

Antônio Garnero foi o primeiro vencedor do evento no Brasil. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

“Uma prova dura, duríssima! Uma prova exigente e de atletas de alto nível. Dei sorte no final e consegui uma energia no final para ganhar. Vim aqui há dois anos atrás no Tour do Rio e sabia que era montanhoso e sabia que teria chance. A parte mais difícil foi a última serra, uma longa estrada de 30km que foi decisiva para vencer aqui. ” – Conta sobre a prova.

A paulista Marcella Toldi venceu a prova feminina com 4h46min29s numa chegada emocionante, com a segunda colocada Ana muito por perto que também levou o título de rainha da montanha. Ela teve a oportunidade de ter vindo antes a cidade para fazer o reconhecimento do percurso. Ela pretende ano que vem seguir por várias provas do circuito.

Marcella comemora sua vitória. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

“Foi emocionante e dura. A vitória veio nos últimos quilômetros quando começava a não acreditar que daria, mas no fundo sabia que deveria tentar. Acho que ele lá em cima me escolheu e acredito que foi a prova mais dura da minha vida. Gostei muito do percurso onde tinha momentos que dava para seguir bem no pelotão e em outros momentos, principalmente nas subidas mais duras em que dava para definir alguma coisa. Gosto muito de percursos assim que não separam o pelotão. ” – Conta

Junto com os vencedores, muitos outros atletas vindos de diversos lugares do Brasil e da américa do Sul curtiram vir participar da competição. Entre eles está Anderson Zomer que já foi da seleção brasileira na modalidade e venceu provas como a Copa Light de ciclismo. Ele é de Santa Catarina e mora no Rio de Janeiro e já pedala há 30 anos e pedalando por diversão.

“A prova me surpreendeu com bastante altimetria e vento cruzado durante a prova. O pessoal estava bem preparado e percurso bem seletivo. No final, sentimos um pouco de calor e curti do início ao fim. A organização está de parabéns pela escolha do percurso. ” – Completa

A competição contou com alguns atletas paralímpicos. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

Muitos iniciantes também estavam na prova, entre elas Georgia que começou a pedalar há apenas seis meses por incentivo de sua amiga Luciana que a incentivou a pedalar de brincadeira e acabou virando algo sério. Ela também esteve presente pedalando a competição de 67km.

“Foi uma prova difícil e o que me ajudou a me dar um pouco melhor aqui, foi ter participado do treino oficial onde fiz um reconhecimento do percurso – Diz. 

O Esportes de A à Z viajou a convite da organização para acompanhar de perto o evento. Veja mais imagens da prova.

O técnico Bernardinho foi um dos famosos presentes ao evento. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

 

Crédito: Bruno Lopes/EAZ

Crédito: Bruno Lopes/EAZ

 

Crédito: Bruno Lopes/EAZ

 

Crédito: Bruno Lopes/EAZ

 

Crédito: Bruno Lopes/EAZ

 

Crédito: Bruno Lopes/EAZ

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.