Primeira edição do Circuito UFF Rio Ciclismo terá quatro etapas e estreia será no dia 3 de setembro, na Enseada de Botafogo

Primeira etapa será neste domingo no Aterro. Crédito: Divulgação
 
 
O Rio de Janeiro ganha uma nova competição de ciclismo. O Circuito UFF Rio Ciclismo terá, em sua primeira edição, quatro etapas, entre setembro e novembro. Serão provas nas modalidades de circuito, contra-relógio, resistência e montanha, que valerão pontos para os rankings estadual e brasileiro.
 
“O Circuito UFF vem preencher uma carência no calendário de competições de ciclismo de estrada no Estado do Rio. Em 2016, tivemos 12 provas no calendário, enquanto que, este ano, apenas a São Salvador, em Campos”, afirma Cláudio Santos. Diretor-técnico do Circuito e ex-presidente da Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro. “A competição vai ser um alívio para os ciclistas, que estavam treinando sem nenhuma prova-alvo no estado”.
 
A modalidade circuito de estrada será a prova de abertura do calendário do Circuito UFF Rio Ciclismo, no dia 3 de setembro. A largada e chegada acontecerão na Enseada de Botafogo, com a pista tendo uma extensão de 4.280m. As 24 categorias, que vão da Infanto Juvenil à Open, estão divididas em quatro baterias, com a primeira sendo realizada às 7h. As inscrições estão abertas em www.riociclismo.com.br e se encerram no dia 30 de agosto.
 
“Vamos começar o Circuito com uma prova tradicional e em um cartão postal do Rio de Janeiro. A Enseada de Botafogo tem um asfalto perfeito para o ciclismo e uma pista larga”, conta Santos.
Poderão participar das provas do Circuito UFF atletas federados na Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecierj) e de outros estados nas categorias oficiais. Já os atletas não federados só competirão na categoria Open. Haverá premiações em dinheiro para os três primeiros colocados de cada categoria, assim como troféus para os cinco melhores em todas as etapas. As inscrições dos atletas das categorias de base (infanto, juvenil e junior) e da categoria paradesportiva, tanto masculino quanto feminino, são isentas, com os atletas devendo formalizar seu pedido pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 
As segunda e terceira etapas acontecerão, respectivamente, nos dias 21 e 22 de outubro, na fábrica da montadora Nissan, em Resende, no Sul Fluminense. No sábado, serão disputadas as baterias de contra-relógio, com largada às 14h, em um circuito com a distância de aproximadamente 8km. No domingo, as baterias da modalidade resistência começam às 8h, em um percurso de 7,35km. O Congresso Técnico será no dia 20, no Hotel Cegil, às 19h.
 
“O local escolhido para essas duas etapas é o complexo industrial da Nissan. Teremos uma infraestrutura perfeita para as provas de contra-relógio e resistência, com todo o percurso sendo usado exclusivamente pelos ciclistas”, diz Santos. “Digo que quem planejou o complexo pensou nos ciclistas, pois a qualidade do asfalto é ótima e o circuito é ideal para a prática do esporte”.
 
No dia 21, também será disputada a única etapa do Campeonato Estadual de Estrada restrita para atletas federados na Fecierj, com 20 categorias. A prova de resistência terá largada às 8h, e a de contra-relógio do Circuito UFF, também valerá pontos para o ranking estadual.
 
Já a quarta etapa será de montanha, no dia 12 de novembro, em Petrópolis. O percurso será de 23km, com largada às 10h30m, no Parque Municipal, em Itaipava, e chegada no topo da Serra das Hortênsias.
“Nessa etapa, serão 10km em terreno plano, um aquecimento para os atletas desempenharem o seu melhor, na subida de 13km até linha de chegada”, diz o diretor-técnico.“

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.