fbpx

Geraldo Piquet troca acelerador pelo pedal na CIMTB Levorin em Araxá

Geraldo Piquet e a filha Helena Crédito imagem: ZDL/Divulgação Geraldo Piquet e a filha Helena

A Copa LM Bike de Amadores agitou a tarde de sábado (7) da Copa Internacional Levorin de MTB, em Araxá. Atletas de grande potencial na modalidade se misturaram a ciclistas mais experientes nas trilhas do Tauá Grande Hotel, no Barreiro. Em comum, o amor pela bicicleta. Entre novas e antigas paixões pela "magrela", um veterano das pistas de automobilismo e sobrenome de campeão do mais nobre esporte a motor. Filho do tricampeão de Fórmula 1 Nelson Piquet, Geraldo Piquet viajou até Minas Gerais para aproveitar a excelente estrutura da CIMTB Levorin e competir na categoria sub-40. E não veio sozinho. Trouxe a família e incentivou a filha Helena, de 7 anos, a competir na categoria mirim.

Piloto de Fórmula Truck, Geraldo começou a pedalar com foco em competição em dezembro de 2012. Aos 35 anos, encarou oito meses de treino para disputar o Brasil Ride, prova de 600 km por trilhas da Chapada Diamantina, na Bahia. "Comecei a pedalar para o projeto de `Zero aos 600’ (uma série com dez vídeos) e disputar o Brasil Ride e não parei mais. Hoje, a bike virou um hobby-esporte e me ajuda na preparação física para o automobilismo", contou. Curiosamente, o experiente piloto, que começou a correr de carros aos 11 anos de idade, sofreu duas fraturas de clavícula em treino de mountain bike.

Geraldo está em sua segunda Copa Internacional Levorin de MTB. Ano passado, recém-operado da segunda fratura de clavícula, veio a Araxá apenas para assistir. Gostou de toda a estrutura do evento e em 2015 veio competir. "O circuito é muito bom, com duas partes bem técnicas. Depois do Brasil Ride, passei a focar as provas de XCO, de mais explosão. Hoje tenho 37 anos e ainda estou aprendendo, mas adoro pedalar", afirmou.

E gosta tanto que inscreveu a filha Helena para sua primeira competição de mountain bike. "A Helena aprendeu a pedalar aos 3 anos e logo tirou as rodinhas. As crianças de hoje em dia estão muito paradas, só pensam em videogame. Eu cresci fazendo esporte e quero trazer isso para a minha filha. Ela viria para passear, pelo hotel. Quando vi que tinha a categoria mirim, resolvi inscrever. É uma brincadeira, para incentivar. Se gostar, ótimo. A gente não pode forçar, mas precisa mostrar as opções. E ela é superativa, faz ballet, natação e começou a aulinha de tênis. Vamos ver se algum deles encaixa", disse. Helena garantiu que gosta mais de bike que videogame. Sobre a estreia em uma competição, antecipou: "Estou só um pouquinho nervosa".

 

Copa LM Bike de Amadores - Se no início do sábado os ciclistas das super elites disputaram o SHC (Hors Class por Estágios) da CIMTB Levorin, na tarde foi a vez da Copa LM Bike de Amadores. Sagraram-se campeões da primeira etapa: Alexandre de Paula Ferreira (cadete), Robert Pereira (expert), Raquel Gontijo (feminino over-40), Isabella Ribeiro (feminino sub-40), Jaqueline Leal (júnior feminino), Roberto Gonçalves (máster) e Joel Batista Ribeiro (veterano).

Mais jovem entre os campeões da Copa LM Bike de Amadores, Jaqueline Borba elogiou a competição. "Como todos sabem, a CIMTB Levorin é a maior e melhor competição de mountain bike do Brasil. É muito motivante ver que cada vez mais novas atletas vêm participando das categorias de base do evento. Esse ano subirei de categoria, e espero repetir os feitos na sub-23. Para mim esta prova serviu como uma preparação final para o Campeonato Pan-americano da Colômbia. Fiquei muito feliz com o resultado ", avaliou.

Raphael Oliveira

Raphael Oliveira, Carioca morador de Uberlândia desde 2011 pós-graduado em Jornalismo Esportivo pela Faculdades Integradas Hélio Alosno (FACHA-RJ), apaixonado por esportes fundador do site de notícias esportivas “Esportes de A a Z” onde se divide entre editor e fotógrafo, possui na currículo cobertura de eventos como Grand Slam de Judo, Mundial de Judo, Liga Mundial de Vôlei, Finais do NBB e Superliga de Vôlei, Mundial de Natação Paralímpica, NBA e UFC e Paralímpiadas Rio 2016.