fbpx

Ricardo Erlich

Ricardo Erlich

URL do site:

Rifa ajuda na participação de um atleta no mundial de Duathlon

Você já ouviu falar do duatlhon? Não seria triatlhon? é quase isso! é o esporte em que se combina apenas o ciclismo e a corrida. E em abril na cidade de Pontevedra na Espanha, teremos o mundial da modalidade com representantes brasileiros e tivemos a oportunidade de conversar com Josias Nepomuceno, atual campeão carioca e terceiro no brasileiro.

Ele que trabalha como bombeiro civil no Rio, é casado e pai de duas crianças. Sua vida se reveza nos plantões na madrugada, seus treinos na área do Recreio, morando em Campo Grande e sua família e está tendo uma carreira bem meteórica. Começou correndo em Mesquita na baixada fluminense num projeto social e entrou na vida do Duatlhon em 2013, onde começou sua caminhada rumo ao título estadual e uma ótima participação no brasileiro que lhe rendeu a vaga no mundial deste ano.

Quadro está lendo rifado para ajudar na participação de Josias no mundial. Crédito: Julio Tio Verde

Mas para poder participar do mundial, ele que não conta com nenhum tipo de patrocínio, está indo na base de rifas e apoios como no quadro da artista Janaina Garrot em que você pode adquirir um número com ela e ajudar nos custos da viagem dele. A artista faz parte da equipe que ele treina e quem está cuidando dos custos e de sua programação é sua treinadora Denise Chapernel.

Assista ao vídeo seguir onde ele fala um pouco mais de sua carreira

 

  • Publicado em Videos

Flamengo vira sobre o Franca e vence no NBB

Em um duelo de gigantes do basquete, o Flamengo conseguiu arrancar uma vitória espetacular no último quarto de partida jogando em casa no Tijuca por 79 a 74 com o apoio da sua torcida que mais uma vez, colocou o time para frente num duelo muito equilibrado.

Com a vitória, o Flamengo chegou a sua quinta vitória consecutiva e ainda se mantem em terceiro na tabela do NBB com 16 vitórias em 20 partidas. A vitória tirou o Franca da liderança que passou a ser do Pinheiros. Mas os dois times estão com jogos a menos e dependendo dos próximos jogos, podem ficar para trás.

O destaque da partida foi o argentino Baldi para o Flamengo que foi o cestinha pelo lado do Flamengo com 16 pontos, ficando apenas um ponto atrás de David Jackson que fez 17 e teve participação fundamental comandando o time.

Balbi foi o destaque do Flamengo na partida. Crédito: Bruno Lopes/BNLPhotopress/EAZ

“No início eles tiveram um bom aproveitando de 3 pontos e no segundo passamos a acertar mais. E como estamos com um bom aproveitamento físico para último quarto, fizemos de tudo o possível e repetir o que fizemos contra o Paulistano na última partida e conseguimos trazer mais uma vitória” – Comentou o argentino após a partida.

A torcida do Flamengo mais uma vez fez a diferença no ginásio do Tijuca e Olivinha que saiu com 14 pontos e 7 rebotes creditou a vitória para a torcida, mesmo com o time errando bastante no início da partida.

“Não tivemos uma noite boa e tivemos uns erros bem primários. Mas procuramos nos manter focados e a torcida veio junto com a gente. No último quarto eles nos empurraram para conseguimos a vitória muito por conta deles. Sabemos que vamos chegar com muita confiança para o mundial e estamos focados e bem confiantes pelo que vem por aí. ” – Diz, ele que também ficou muito satisfeito em ser chamado mais uma vez para participar do jogo das estrelas do NBB pela oitava vez.

O Jogo

 

O time de Franca mostrou por que está jogando o melhor basquete no NBB. Sem sentir a pressão da torcida do Flamengo, o time entrou forte na defesa roubando bolas fáceis no ataque rubro-negro e aproveitou bem as oportunidades de 3 pontos que tinha e foi bem no ataque anulando qualquer tentativa de avanço do time da casa. Sem dificuldades, saíram com a vitória no primeiro quarto por 25 a 14.

Nova contratação do Flamengo para canoagem, Isaquias Queiroz estava na torcida acompanhando o jogo. Crédito: Bruno Lopes/BNLPhotopress/EAZ

Bem mais atento, o Flamengo conseguiu achar umas brechas na defesa de Franca e começou a entrar mais no jogo. Mas as bolas de 3 pontos do adversário cismavam em cair e quando o time da Gávea conseguia chegar mais perto, os paulistas conseguiram voltar a abrir a diferença em 7 a 8 pontos. Mas no final, o Flamengo foi mais efetivo nas cestas e encostou no placar. O Franca venceu por 45 a 40 no final do segundo quarto.

O terceiro quarto teve enredo parecido com o último segundo. O Flamengo chegou a estar a 3 pontos de diferença do Franca, mas em boas bolas de 3 pontos e oportunidades o time de Franca abria na frente. Os dois times acabaram literalmente empatados em 16 a 16 no quarto e o placar geral em 61 a 56 para Franca.

Como tem sido nos últimos jogos, o time do Flamengo contou com a força de seu “sexto jogador” fora de quadra para empurrar o time. E foi numa cesta de 3 de Marquinhos que surgiu a virada rubro-negra quando atingiram 65 a 64. E de lá, o time conseguiu abrir um pouco a diferença e fechar o jogo em 79 a 74.

Pelo NBB, o Flamengo só volta a jogar dia 28 de fevereiro contra o Botafogo na casa do adversário. Mas o próximo compromisso será dia 15 pelo Mundial Interclubes contra o Austin Spurs. Já o Franca, joga em casa contra o Brasília dia 11.

  • Publicado em Basquete

Brasil é eliminado na Copa Davis jogando em casa

O cenário estava perfeito! Partida em casa diante da torcida em Uberlândia e uma dupla acostumada a trazer vitórias para o Brasil. Mas Bruno Soares e Marcelo perderam a partida diante da dupla belga Sander e Joran e depois Thiago Monteiro acabou perdendo para Kimmer Coopejans e o Brasil não irá jogar a fase principal da Copa Davis.

 

Dupla favorita perde na primeira do dia

A maior esperança de vitória brasileira nas duplas estava com a dupla Marcelo Melo (12o do ranking da ATP) e Bruno Soares (5º ) que encararam Gille Sander (83º) e Vliegen Joran (86º). Mas o que se viu foi uma derrota dos brasileiros por 2 sets a 1 com parciais de 6/4 e 7/6 em 1h21min de partida.

“A partida foi decidida no saque. Sabíamos um pouco do que eles poderiam fazer e conseguiram devolver melhor que a gente. O jogo realmente foi decidido no detalhe e eles souberam aproveitar melhor as condições daqui e se deram bem. DE longe não é as condições que gosto de jogar, mas temos que adaptar as condições aqui que são iguais para todos” -  Disse Bruno após a partida.

Marcelo Melo concordou com a sua dupla e ainda completou:

“As condições em altura dificultam muito e contra quem saca bem, fica mais difícil. Treinamos bastante essa semana e estamos acostumados a jogar juntos. Eles tiveram a sorte de quebrar no início e todos esperavam que íamos ganhar, mas eles estão acostumados a jogar em dupla e isso fez alguma diferença. Eu vim de lesão e todos esperam que nós ganhamos, mas isso não foi determinante” – Falou.

O jogo

No primeiro set deu para perceber como a dupla belga estava muito mais solta em quadra que os brasileiros. Enquanto que Sander e Joran não encontraram dificuldade em confirmar seus games e conseguir a quebra no terceiro game, Melo e Soares suavam muito a camiseta para confirmar seus games. E com a quebra obtida, os europeus conseguiram fechar o set em 6 a 4 e colocar 1 a 0 no jogo.

Melo e Soares começaram a entrar mais na partida no segundo set. Diferente do primeiro, souberam aproveitar bem seus games de serviço. Mas Sander e Joran mantiveram o mesmo ritmo do primeiro set e desse jeito, o jogo acabou decidido no Tie Break, onde os brasileiros cometeram pequenos erros e acabaram perdendo por 7 a 6 e os belgas viraram para 2 a 1 na série da Davis.

 

Thiago perde e elimina Brasil

Kimmer Coopejans venceu Thiago Monteiro e decretou o avanço da Bélgica no torneio. Crédito: Raphael Oliveira/EAZ

Na outra partida do dia, Thiago Monteiro bem que tentou, mas com dificuldade, não conseguiu passar por Kimmer Coopejans, perdendo por 2 a 0 com parciais de 6/3 e 6/4.

“Tentei dar o meu melhor, mas não consegui vencer ele. O belga jogou bastante nos saques e se aproveitou muito bem da velocidade para conseguir alcançar a vitória jogando um tênis num alto nível e mesmo me sentindo bem na quadra. Mesmo depois da derrota da dupla, nos reunimos para tentar motivar bastante, mas não deu mesmo.” – Comentou após a derrota.

Thiago foi quebrado logo no primeiro serviço do jogo e permitiu que Copejans abrisse 2 a 0 rapidamente e acabou depois permitindo uma segunda quebra. E apenas confirmando seus serviços, o belga não encontrou dificuldades e fechou o primeiro set em 6 a 3.

O enredo no segundo set foi parecido. Thiago ainda começou melhor, mas acabou tomando uma quebra que foi fundamental para o belga que depois só precisou administrar o jogo vencendo por 6 a 4 e eliminando o Brasil na disputa.

Com o resultado, o time brasileiro voltará a jogar o zonal americano, onde poderá novamente tentar uma chance de chegar à final da Copa Davis

  • Publicado em Tênis

Flamengo vence Paulistano em partida eletrizante

O público que esteve presente na partida entre Flamengo e Paulistano no ginásio do Tijuca teve aquele gostinho de uma partida de playoff. As duas equipes fizeram uma partida de alto nível e muito equilibrado e a decisão ficando apenas no último quarto com vitória do Flamengo por 95 a 87 e chegando a quarta vitória seguida no NBB.

Grande destaque da partida foi Anderson Varejão que mostrou por que é rei do rebotes no garrafão e foi cestinha junto com Balbi com 19 pontos e 11 rebotes, contribuindo e muito para a vitória do Flamengo na partida.

“A partida foi muito cara de playoff. Sabíamos a noite seria longa para conseguir a vitória e conseguimos. Tivemos cabeça de conseguir botar uma hora na partida para não deixar eles dispararem e com tranquilidade, chegamos a vitória. A próxima partida será contra o Franca e eles estão fazendo uma ótima temporada e será um bom teste para a gente. ” – Comentou Varejão após a partida.

Já o técnico Gustavo de Conti ficou feliz com a vitória do time e agradou jogar no ginásio do Tijuca.

“Em termos de emoção e qualidade foi um grande jogo. Essa vitória nos deu bastante confiança e exaltar a humildade do Marquinhos na partida de hoje. Ele sabia que a partida não era para ele e ajudava na defesa e isso mostra como não dependemos apenas de um único jogador.  Jogar aqui no Tijuca não é a mesma coisa que jogar na Arena no quesito de quadra. Mas a torcida aqui pode até ter um número menor, mas aqui ela parece que tem 10 mil torcedores e dá uma atmosfera diferente a torcida empurra muito mais. ” – Disse.

 

A partida

 

O primeiro quarto de partida foi intenso! O Paulistano não se intimidou em ser o time visitante e em pouco tempo chegou a ter 10 a 4 a seu favor. O Flamengo resolveu buscar e tirar a diferença e até conseguiu a virada no 21 a 20. Mas acabou errando alguns ataques e permitiu que os paulistas voltassem a liderança e fechassem em 29 a 23.

Time do Flamengo terá o Franca, lider do NBB na próxima rodada. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

Bem menos intenso que o início da partida, o segundo quarto foi mais morno, mas não deixou de ser emocionante e disputado. O time do Flamengo entrou bem mais atento e logo de cara, foram duas cestas de três pontos que empataram a partida. O Paulistano também colaborava errando suas cestas e somente na metade do quarto foi quando acertaram as primeiras bolas. O Rubro-negro então liderou e teve tudo para sair com a vitória parcial no primeiro tempo, mas acabou permitindo a virada novamente fechando o tempo em 44 a 42.

Com um ritmo bem quente, o terceiro quarto mostrou muito porque os dois times estão no alto da tabela no NBB. O Flamengo conseguiu a virada mais uma vez a abrir no 54 a 51 três pontos na liderança. Mas esse time do Paulistano mais uma vez buscou a diferença e equilibrou o jogo e passou a frente. A torcida presente começou a incentivar o time até conseguiu empatar, mas não conseguiu firmar e a diferença ficou em um ponto com o placar de 65 a 64 para os paulistas.

A decisão ficou para o último quarto e o Paulistano tratou de disparar e abriu sete pontos de forma impressionante no 71 a 64. Mas com muita calma, o time do Flamengo voltou a partida e não demorou para virar no 75 a 74 e daí não parou mais e não permitiu que o time paulista chegasse perto novamente e arrancou para finalizar a partida em 95 a 87 e se vingar da derrota sofrida na partida do primeiro turno onde havia perdido por 97 a 84.

O Flamengo encara mais uma pedreira pela frente na próxima rodada e medirá forças contra o Franca, atual líder do NBB em casa no mesmo ginásio do Tijuca. Já o Paulistano, ficará treinando pelos próximos dias e só terá compromisso dia 15 quando visita o Mogi.

 

  • Publicado em Basquete
Assinar este feed RSS