fbpx

Carolina Bilich é o Brasil na maratona aquática feminina

Carolina Bilich Crédito imagem: Satiro Sodré/CBDA Carolina Bilich

O final de semana será intenso para os aquáticos nos Jogos Pan-Americanos de Toronto. Neste sábado (11/07), enquanto a equipe de nado sincronizado estiver na piscina buscando um lugar no pódio, Carolina Bilich, com largada prevista para 16h30 no Brasil, dará suas braçadas nos 10 quilômetros das maratonas aquáticas na Ontario Place West Channel. No domingo (12/07), no mesmo horário, será a vez de Luis Arapiraca e Samuel de Bona brigarem por pódio na prova masculina. 

O Brasil tem uma história vitoriosa nas maratonas aquáticas, esporte que entrou no programa dos Jogos Pan-Americanos em 2007 e dos Olímpicos em 2008. Apesar da história recente, o país é campeão da Copa do Mundo, campeão do Mundial dos Esportes Aquáticos e se prepara para enfrentar uma concorrência decisiva rumo aos Jogos Olímpicos Rio 2016, em um mês no Mundial de Kazan. Em função desta proximidade com a seletiva olímpica mais importante, Ana Marcela Cunha e Poliana Okimoto, as duas principais atletas brasileiras da modalidade e duas das melhores do planeta não disputam em Toronto. Carol, que em 2013 fez história ao ser a primeira atleta a ganhar o prêmio de melhor sul-americana juvenil na natação e nas maratonas.

Última modificação emSexta, 10 Julho 2015 22:56
Raphael Oliveira

Raphael Oliveira, Carioca morador de Uberlândia desde 2011 pós-graduado em Jornalismo Esportivo pela Faculdades Integradas Hélio Alosno (FACHA-RJ), apaixonado por esportes fundador do site de notícias esportivas “Esportes de A a Z” onde se divide entre editor e fotógrafo, possui na currículo cobertura de eventos como Grand Slam de Judo, Mundial de Judo, Liga Mundial de Vôlei, Finais do NBB e Superliga de Vôlei, Mundial de Natação Paralímpica, NBA e UFC e Paralímpiadas Rio 2016.