Dueto brasileiro termina na 4ª posição

Luisa e Duda - dueto brasileiro Crédito imagem: Satiro Sodré/CBDA Luisa e Duda - dueto brasileiro

O dueto brasileiro exibiu a garra dos animais que apresentou na coreografia Amazônia, mas terminou na 4ª posição do Pan de Toronto. Luisa Borges e Maria Eduarda Miccuci fizeram 82,3000 pontos (Execução: 24,7000 + Impressão Artística: 32,8000 + Dificuldade: 24,8000) na rotina livre deste sábado (11/7) e somando a nota da Rotina Técnica de 5ª feira passada, totalizaram 163,2667 pontos. Desta vez, as brasileiras deram sorte no sorteio. Depois de abrir a competição no Dueto Técnico, elas foram as penúltimas a competirem, mas as principais rivais encerraram a competição a seguir, pra garantir um lugar no pódio, com 166,3876.

O dueto vencedor foi o do anfitrião Canadá, que se apresentou exatamente à frente do Brasil. As canadenses totalizaram 178,0881 pontos e formam seguidas pelas surpreendentes mexicanas, com 170,7800, a 8ª dupla a se exibir.

O tema brasileiro, 'Amazônia', estreou hoje (sáb) em competições. Uma das treinadoras do Brasil, Maura Xavier, reconheceu que a dupla cometeu alguns erros na nova rotina.

- Esta coreografia é bem difícil e elas cometeram uns errinhos (um de execução e outro de sincronização), e assim como eu vi, os juízes também devem ter visto. Mas é uma coreografia muito bonita, artística. Agora é pensar no próximo passo e treinar muito para o Mundial de Kazan, começando por um período em Barcelona.

Maria Eduarda resumiu o que achou da apresentação brasileira.

- Acho que nadamos bem e vamos analisar a coreografia e para saber o que fazer para melhorar no Mundial. Treinamos bastante e conscientes. Esperávamos uma medalha, e estamos sempre em busca de uma nota melhor. Mas há grandes competidoras no nado e o México foi um com que melhorado muito, pois todos estão treinando pra isto. Acho que conseguimos mostrar bem o que era a nossa coreografia, bem artística e com a energia da amazônia e seu bichos. Foi interessante.

Classificação: Ouro = Canadá (Jacqueline Simoneau & Karine Thomas) - 178,0881 / Prata = México (Karem Achach & Nuria Diosdado) - 170,7800 / Bronze = EUA (Mariya Koroleva & Alison Williams) - 166,3876 / 4º Brasil (Luisa Borges & Duda Miccuci) - 163,3876

Ainda hoje (sáb), o nado sincronizado brasileiro compete, desta vez na rotina livre de Equipe, também com um tema estreante "Carnaval", a partir das 16h (hora de Brasília). O time brasileiro é praticamente o mesmo que disputou a Rotina Técnica há dois dias, com a substituição de Maria Clara Coutinho por Sabrine Lowe. Completam a equipe: Lara Teixeira, Branca Feres, Beatriz Feres, Duda Miccuci, Luisa Borges, Lorena Molinos e Maria Bruno.

Raphael Oliveira

Raphael Oliveira, Carioca morador de Uberlândia desde 2011 pós-graduado em Jornalismo Esportivo pela Faculdades Integradas Hélio Alosno (FACHA-RJ), apaixonado por esportes fundador do site de notícias esportivas “Esportes de A a Z” onde se divide entre editor e fotógrafo, possui na currículo cobertura de eventos como Grand Slam de Judo, Mundial de Judo, Liga Mundial de Vôlei, Finais do NBB e Superliga de Vôlei, Mundial de Natação Paralímpica, NBA e UFC e Paralímpiadas Rio 2016.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.