Brasil é tetracampeão no Raia Rápida

Bruno Fratus foi destaque ao derrotar o bicampeão olímpico Anthony Ervin. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

 

Já virando tradição, o Raia Rápida foi disputado em uma manhã chuvosa no Maria Lenk, no Parque Olimpico e o Brasil conquistou o título mais uma vez sendo tetracampeão da competição. Disputado pela primeira vez com quarteto misto, Eitene Medeiros, Dayana de Paula, João Junior e Bruno Fratus se aproveitavam do fator casa e dominaram tanto no individual quanto no revezamento 4x50m medley.

A primeira a pular na água foi Etiene Medeiros no nado costas e ela conseguiu vencer todas as baterias disputando contra Hellen Moffitt que chegou muito perto.

Etiene Medeiros venceu todas as baterias e garantiu a vitória no estilo costas. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

“Estou muito feliz de disputar o Raia Rápida que abriu as portas para as mulheres pela primeira vez. Costumo treinar com a Andrea da Argentina e foi boa a brincadeira hoje.” – Conta sobre a vitória

Já no estilo peito João Gomes Junior venceu numa disputa apertada contra o italiano Fabio Scozzoli

“Foi muito bom ter essa interação com as mulheres, já que em 2020, haverá a prova mista na competição. Viemos aqui para divertir o público e saio feliz com o resultado que obtivemos por aqui. ” – Conta.

Daynara de Paula fez seu melhor tempo do ano no estilo borboleta. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

 

No borboleta, Daynara de Paula conseguiu obter seu melhor tempo do ano na segunda bateria com 26.44s, mas acabou sentindo o cansaço e não conseguiu vencer a americana Kendyl Stewart.

“Fazia tempo que não nadava nessa marca e estava precisando de uma marca dessas. Foi muito bom sentir a galera apoiando e será um gás para treinar bem rumo as olimpíadas de 2020” – Finaliza Daynara

A grande disputa estaria no estilo livre num duelo entre Bruno Fratus e Anthony Ervin, bicampeão olímpico. E o brasileiro conseguiu vencer todas as baterias.

“Essa competição é bem divertida e gostosa de participar. Essa minha fase quer dizer que estamos começamos a construir um bom ciclo olímpico e uma competição como essa é bom para ajudar a divulgar o esporte em nosso país” – Diz Bruno

João Gomes Junior larga para sua vitória no estilo peito. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

E para finalizar o domínio brasileiro, no 4x50m medley, os brasileiros dominaram de ponta a ponta da prova e em mais uma disputa entre Fratus e Ervin que finalizou com o Brasil campeão do torneio.

Equipe do Brasil também dominou o revezamento 4x50m medley e faturou competição. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

 .

Raia Rápida 2017 – Resultados

 

COSTAS  

1º - Etiene Medeiros (BRA) -28s

2º- Hellen Moffitt (EUA) – 28.74s

Andrea Berrino (ARG) – eliminada na 2º bateria

Elena Gemo (ITA) – Eliminada na 1º bateria

 

PEITO

1º - João Junior (BRA) – 27.25s

2º - Fabio Scozzoli (ITA) – 27.68s

Chuck Katis (EUA) – Eliminado na 2º bateria

Facundo Miguelena (ARG) – Eliminado na 1º bateria

 

BORBOLETA

1º - Kendyl Stewart (EUA) – 26.28s

2º - Daynara de Paula (BRA) – 26.76s

Elena Di Liddo (ITA) – Eliminada na 2º bateria

María Belén Díaz (ARG) – Eliminada na 1º bateria

 

LIVRE –

1º - Bruno Fratus (BRA) – 22,36s

2º - Anthony Ervin (EUA) – 22.64s

Lorenzo Benatti (ITA) eliminado na 2º bateria

Federico Grabich (ARG) – Eliminado na 1º bateria

 

REVEZAMENTO 4x50m medley

1º - Brasil – 1:45:53

2º - Estados Unidos – 1:46:53

3º - Itália – 1:46:67

4º- Argentina – 1:49:38s

 

PONTUAÇÃO TOTAL

1º - Brasil – 17 pontos

2º - Estados Unidos – 16 pontos

3º - Itália – 6 pontos

4º - Argentina– 5 pontos

 

Mais informações:

www.raiarapida.com.br