Redação

Redação

Erlon Souza brilha no 1º dia do Desafio no Mano a Mano de Canoagem

O Rio de Janeiro reviveu momentos únicos na ensolarada manhã deste sábado, dia 22, no Estádio de Remo da Lagoa, com as disputas de canoagem de velocidade no Mano a Mano. O evento relembrou as emocionantes competições dos Jogos Rio 2016 mas dessa vez em competições com formato inédito e diferenciado. Atletas de quatro países participaram de um Revezamento Misto, por equipe, misturando competidores olímpicos e da paracanoagem. O dia ainda contou com provas no estilo Medieval, inspirada no estilo de duelos antigos, onde os barcos saíram de cantos opostos em busca da linha de chegada localizada no centro da raia. O grande destaque do dia foi o brasileiro Erlon Souza vencedor da prova Medieval na categoria C1. Em uma vitória apertada nos 100m, ele derrotou amigo e parceiro Isaquias Queiroz. 
 
"Essa prova é muito diferente, uma experiencia nova pra mim. Temos que traçar outra estratégia para pegar velocidade. No final deu certo, afinal ganhar do Isaquias não é para qualquer um. Estou muito feliz. Amanhã competirei ao lado dele no C2 no Desafio Mano a Mano. Estou muito animado", explica Erlon.
 
Na disputa Medieval de Paracanoagem (KL1) o campeão foi o brasileiro Fernando Rufino. Ele venceu o polonês Jakub Tokarz. Na categoria K1 masculino o campeão foi o argentino Rubén Rézola. Ele derrotou o brasileiro Pedro Henrique Gonçalves, conhecido como "Pepê". Entre as mulheres, vitória de Anna Pulawska (Polônia). Ela venceu o duelo contra a brasileira Ana Paula Vergutz. 
 
 
"Foi muito interessante viver a minha primeira experiência em uma prova de revezamento e ainda com atletas tão qualificados, é uma experiencia que eu guardarei para vida inteira e contarei aos meus filhos", empolga-se o atleta conhecido como "cowboy".
 
O sábado ainda recebeu o Revezamento Misto com times América, Alemanha, Brasil e Polônia. A prova contou com atletas das categorias K1 masculino, K1 feminino, C1, além de um competidor de paracanoagem. Quem brilhou foi o Time Alemanha de Sebastian Brendel.  
 
"Estou muito feliz por competir no Rio de Janeiro. Reviver esse sentimento olímpico é uma coisa única. Foi muito legal competir no revezamento e ajudar meu país a vencer, ainda mais numa competição que foge ao comum. Na prova individual não deu pra vencer. As condições não ajudaram muito pois tinha um vento lateral. Estou animado para voltar neste domingo" explica Sebastian Brendel.
 
Domingo recebe disputas Mano a Mano com Isaquias Queiroz e Sebastian Brendel

No domingo, dia 23, o encontro dos grandes nomes da modalidade Isaquias Queiroz e Sebastian Brendel é o ponto alto da programação. Os atletas caem na água a partir das 9h30 na modalidade C1 - 500m. O brasileiro é detentor de três medalhas olímpicas e dez títulos mundiais. Já o alemão conquistou 18 medalhas em torneios mundiais, três em Jogos Olímpicos, e é considerado um dos maiores ídolos da história da canoagem. A manhã ainda recebe os desafios individuais do feminino, duplas e paracanoagem. As competições terão início às 10h30. O Desafio Mano a Mano conta com entrada gratuita.  

O Desafio Mano a Mano é organizado pela X3M e Dream Factory. O evento é apresentado pela TIM, com patrocínio do BNDES e viabilizado pela Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude. O evento será exibido pelo Sportv 2 no sábado, e terá transmissão ao vivo no Esporte Espetacular, da TV Globo, no domingo.

 

RESULTADOS MANO A MANO CANOAGEM - DISPUTAS MEDIEVAIS E REVEZAMENTO

Revezamento 200m  (Paracanoagem, K1 fem, K1 mas e C1)  

Bateria 1 - BRASIL x POLÔNIA 

BRA - IGOR ALEX TOFALINI / ANA PAULA VERGUTZ / PEDRO HENRIQUE / ISAQUIAS QUEIROZ - 2min54s72

POL - JAKUB TOKARZ / ANNA PUŁAWSKA / NORBERT KUCZYŃSKI / WICTOR GŁAZUNOW - 2min55s57

 

Bateria 2 - AMERICA x ALEMANHA

AME -  FERNANDO RUFINO / STEFANIE PERDOMO VINCES / CESAR DE CESARE / SERGIO DAVID DIAZ - 02min53s60

ALE - LUIZ CARLOS CARDOSO / NINA KRANKEMANN / RUBÉN RÉZOLA  / SEBASTIAN BRENDEL - 02min52s02

 

FINAL -  Time Alemanha - 2min56s99 x Time Brasil - 2min57s49

LUIZ CARLOS CARDOSO / NINA KRANKEMANN / RUBÉN RÉZOLA  / SEBASTIAN BRENDEL

 

Resultados Disputa Medieval

C1 Masculino 200m 

Bateria 01  - STEFAN KIRAJ (ALE) x WICTOR GŁAZUNOW (POL) 

Bateria 02 - ERLON DE SOUZA (BRA) x DANIEL PACHECO CIPAGAUTA (COL)

Bateria 03  - SEBASTIAN BRENDEL (ALE) x MARCIN JAN GRZYBOWSKI (POL)

Bateria 04 - ISAQUIAS QUEIROZ (BRA) x SERGIO DAVID DIAZ (COL)

 

SEMI-FINAL 01: ERLON DE SOUZA (BRA)  - 22s15 x MARCIN JAN GRZYBOWSKI (POL) - 22S57

SEMI-FINAL 02: ISAQUIAS QUEIROZ - 21s08 X  - WICTOR GŁAZUNOW (POL) - 21s51

 

FINAL: ERLON DE SOUZA (BRA) - 21s75 X ISAQUIAS QUEIROZ (BRA) - 22s63

 

K1 Feminino 200m

Bateria 01 - STEFANIE PERDOMO VINCES (ECU) x ANNA PUŁAWSKA (POL)

Bateria 02 - NINA KRANKEMAN (ALE) x ANA PAULA VERGUTZ (BRA)

FINAL: ANNA PUŁAWSKA (POL) - 22s14 X ANA PAULA VERGUTZ (BRA) - 23s15

 

K1 Masculino 200m

Bateria 01 - CESAR DE CESARE (ECU) x RUBÉN RÉZOLA (ARG)

Bateria 02 -  NORBERT KUCZYŃSKI (POL) x PEDRO HENRIQUE (BRA)

FINAL: RUBÉN RÉZOLA (ARG) - 18s88 x PEDRO HENRIQUE (BRA) - 19s21

 

K1 Paracanoagem 200m

Bateria 01 - IGOR ALEX TOFALINI (BRA) x JAKUB TOKARZ (POL)

Bateria 02 - LUIZ CARLOS CARDOSO (BRA -representa Time Alemanhã) x FERNANDO RUFINO (BRA - representa Time )

FINAL: FERNANDO RUFINO (BRA) - 21s73 x  JAKUB TOKARZ (POL)  -28s45

 

Domingo - 23/09 

09h30 – Abertura do evento / Treino e aquecimento

10h30 – Início das competições

 

Disputas Mano a Mano:

C2M - 500m - Duplas

Raia 1 - AME - SERGIO DAVID DIAZ e DANIEL PACHECO CIPAGAUTA

Raia 2 - GER - SEBASTIAN BRENDEL  e. STEFAN KIRAJ

Raia 3 - BRA - ISAQUIAS QUEIROZ e ERLON SOUZA

Raia 4 - POL -  WICTOR GŁAZUNOW e MARCIN JAN GRZYBOWSKI 

 

K1M - 500m - Individual Masculino

Raia 1 - POL - NORBERT KUCZYŃSKI 

Raia 2 - ARG - RUBÉN RÉZOLA

Raia 3 - ECU - CESAR DE CESARE 

Raia 4 - BRA - PEDRO HENRIQUE

 

K1W - 500m - Individual Feminino 

Raia 1 - GER - NINA KRANKEMANN 

Raia 2 - ECU - STEFANIE PERDOMO VINCES

Raia 3 - POL - ANNA PUŁAWSKA

Raia 4 - BRA - ANA PAULA VERGUTZ

 

Paracanoagem - 500m

Raia 1 - BRA - IGOR ALEX TOFALINI 

Raia 2 - BRA - FERNANDO RUFINO

Raia 3 - BRA - LUIZ CARLOS CARDOSO

Raia 4 - POL - JAKUB TOKARZ

 

C1M - 500m - Desafio Mano a Mano  - Isaquias Queiroz X Sebastian Brendel

Raia 1 - POL - WICTOR GŁAZUNOW

Raia 2 - GER - SEBASTIÁN BRENDEL

Raia 3 - BRA - ISAQUIAS QUEIROZ

Raia 4 - COL - DANIEL PACHECO CIPAGAUTA

 

Estrelas da canoagem, Isaquias Queiroz e Sebastian Brendel fazem último treino antes do Mano a Mano

Está tudo pronto para o histórico Desafio Mano a Mano, que chega à 6ª edição colocando frente a frente e no mesmo palco da Rio 2016, dois dos maiores nomes da canoagem velocidade na atualidade. Na manhã desta sexta-feira, 21, Isaquias Queiroz, dono de 10 títulos mundiais e três medalhas olímpicas; e Sebastian Brendel, que é tricampeão olímpico e conquistou 18 medalhas em torneios mundiais, fizeram um aquecimento para o grande evento. Para Brendel, o treinamento serviu também como forma de focar para a disputa. Em sua primeira visita ao Rio de Janeiro depois dos Jogos Olímpicos, o alemão ainda aproveitou para conhecer um pouco mais da Cidade Maravilhosa. O Desafio Mano a Mano acontece nos dias 22 e 23 de setembro, na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, com entrada gratuita.


“Em 2016, meu único momento de turista foi a Cerimônia de Encerramento no Maracanã, na qual tive a honra de carregar a bandeira da Alemanha e encontrar com o Isaquias, que estava com a do Brasil. Dessa vez, consegui aproveitar um pouco mais a vista da Lagoa, visitei o Cristo Redentor e me arrisquei no surfe. Tenho certeza que será incrível disputar o Mano a Mano e estar novamente no palco dos Jogos. Aproveito para convidar a torcida para acompanhar os desafios”, explicou Sebastian.


Depois de cair na água ao lado do seu companheiro de C2, Erlon Souza, Isaquias fez questão de reforçar que veio para buscar mais uma vitória para o Brasil sobre Brendel, como fez no Mundial deste ano, em Portugal, e para exaltar a importância do Desafio Mano a Mano para a canoagem velocidade.


“Uma disputa como essa serve para trazer o melhor do nosso esporte para perto do público brasileiro. A canoagem velocidade foi um sucesso na Rio 2016 e acredito que não será diferente no Desafio Mano a Mano. Quero fazer um grande papel para representar bem o meu país em casa novamente”, disse Isaquias.


Isaquias e Brendel caem na água neste domingo, dia 23, a partir das 9h30 na modalidade C1 - 500m. Além deles, haverá emocionantes competições individuais no feminino e masculino (K1) e na paracanoagem. O Desafio Mano a Mano, realizado no Estádio de Remo da Lagoa com entrada gratuita, começa neste sábado, 22, às 10h com o revezamento misto, inédito, por países, misturando atletas olímpicos e da paracanoagem. Seguindo o formato das provas de natação, cada atleta larga de um lado da raia que tem 200m. Participam atletas do Brasil, Polônia, Time Américas e Alemanha.

 

O Desafio Mano a Mano ainda trará uma prova medieval, também de 200m, inspirada no estilo de duelos antigos, onde os atletas saem de cantos opostos em busca da linha de chegada localizada no centro da raia.

 

Sábado -22/09 -  Mais sobre o Revezamento Misto e o Desafio Medieval

No revezamento misto, cada equipe contará com um atleta de diferentes categorias: masculino, K1 masculino, K1 feminino, além de um competidor de paracanoagem. O Time Brasil abre a competição às 11h enfrentando a Polônia. A equipe verde e amarela será representada pela estrela do esporte Isaquias Queiroz (C1), ganhador de três medalhas olímpicas (Rio 2016), pelo paratleta Igor Alex Tofalini, Pedro Henrique “Pepê” (K1) e Ana Paula Vergutz (K1). O Time Polônia será formado por Anna Pulawska (K1), Norbert Kuczynski (K1) , Jacub Tokarz (KL1 paracanoagem)  e Wictor Glazunow (C1).

 

A segunda eliminatória do dia será com o Time América, uma mistura de atletas de diferentes regiões do continente. A equipe conta com o equatoriano Cesar de Cesare (K1) o brasileiro da paracanoagem Fernando Rufino, conhecido como “cowboy”, o colombiano Sergio Davi Diaz (C1) e Stefanie Vinces (K1). Eles enfrentarão o forte time formado por Sebastian Brendel (C1) e Nina Krankemann (K1). O brasileiro Luiz Carlos Cardoso (paracanoagem) e o argentino Ruben Rezola completam a equipe. O país campeão será decidido na sequência e o dia termina com as disputas medievais. 

 

Domingo - 23/09 - Desafios Mano a Mano - Isaquias Queiroz X Sebastian Brendel

 

No domingo, dia 23, o encontro dos grandes nomes da modalidade Isaquias Queiroz e Sebastian Brendel é o ponto alto da programação. O brasileiro é detentor de três medalhas olímpicas e dez títulos mundiais. Já o alemão conquistou 18 medalhas em torneios mundiais, três em Jogos Olímpicos, e é considerado um dos maiores ídolos da história da canoagem. A manhã ainda recebe os desafios individuais do feminino, duplas e paracanoagem. As competições terão início às 10h30.

 

O Desafio Mano a Mano é organizado pela X3M e Dream Factory. O evento é apresentado pela TIM, com patrocínio do BNDES e viabilizado pela Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude. O evento será exibido pelo Sportv 2 no sábado, e terá transmissão ao vivo no Esporte Espetacular, da TV Globo, no domingo.

 

Serviço Desafio Mano a Mano Canoagem

 

Local:  Av. Borges de Medeiros, 1424

 

Sábado - 22/09 

10h – Abertura do evento / Treino e aquecimento 

11h - Inicio das competições  

 

Revezamento 200m  (Paracanoagem, K1 fem, K1 mas e C1)  

Bateria 1 - BRASIL x POLÔNIA 

BRA - IGOR ALEX TOFALINI / ANA PAULA VERGUTZ / PEDRO HENRIQUE / ISAQUIAS QUEIROZ 

POL - JAKUB TOKARZ / ANNA PUŁAWSKA / NORBERT KUCZYŃSKI / WICTOR GŁAZUNOW

 

Bateria 2 - AMERICA x ALEMANHA

AME -  FERNANDO RUFINO / STEFANIE PERDOMO VINCES / CESAR DE CESARE / SERGIO DAVID DIAZ

ALE - LUIZ CARLOS CARDOSO / NINA KRANKEMANN / RUBÉN RÉZOLA  / SEBASTIAN BRENDEL

 

FINAL - Revezamento 200m 

Vencedor  Bateria 1 x Vencedor Bateria 2

 

 

Disputa Medieval

 

C1M 200m HEAT 01  - STEFAN KIRAJ (ALE) x WICTOR GŁAZUNOW (POL)

C1M 200m HEAT 02 - ERLON DE SOUZA (BRA) x DANIEL PACHECO CIPAGAUTA (COL)

K1W 200m HEAT 01 - STEFANIE PERDOMO VINCES (ECU) x ANNA PUŁAWSKA (POL)

K1W 200m HEAT 02 - NINA KRANKEMAN (ALE) x ANA PAULA VERGUTZ (BRA)

C1M 200m HEAT 03  - SEBASTIAN BRENDEL (ALE) x MARCIN JAN GRZYBOWSKI (POL)

C1M 200m HEAT 04 - ISAQUIAS QUEIROZ (BRA) x SERGIO DAVID DIAZ (COL)

K1M 200m - CESAR DE CESARE (ECU) x RUBÉN RÉZOLA (ARG)

K1M 200m - NORBERT KUCZYŃSKI (POL) x PEDRO HENRIQUE (BRA)

K1W 200m FINAL -

C1M 200m SEMI-FINAL 01

C1M 200m SEMI-FINAL 02

K1Paracanoagem 200m HEAT 01 - IGOR ALEX TOFALINI (BRA) x JAKUB TOKARZ (POL)

K1Paracanoagem 200m HEAT 02 - LUIZ CARLOS CARDOSO (BRA) x FERNANDO RUFINO (BRA)

K1M 200m - FINAL

K1Paracanoagem - FINAL

C1M 200m FINAL 

 

Domingo - 23/09 

09:30 – Abertura do evento

09:35 – Treino e aquecimento

10h30 - Início das competições

 

Disputas Mano a Mano:

 

C2M - 500M - Duplas

Raia 1 - AME - SERGIO DAVID DIAZ e DANIEL PACHECO CIPAGAUTA

Raia 2 - GER - SEBASTIAN BRENDEL  e. STEFAN KIRAJ

Raia 3 - BRA - ISAQUIAS QUEIROZ e ERLON SOUZA

Raia 4 - POL -  WICTOR GŁAZUNOW e MARCIN JAN GRZYBOWSKI 

 

K1M - 500M - Individual Masculino

Raia 1 - POL - NORBERT KUCZYŃSKI 

Raia 2 - ARG - RUBÉN RÉZOLA (Representa Time Alemanha)

Raia 3 - ECU - CESAR DE CESARE 

Raia 4 - BRA - PEDRO HENRIQUE

 

K1W - 500M - Individual Feminino 

Raia 1 - GER - NINA KRANKEMANN 

Raia 2 - ECU - STEFANIE PERDOMO VINCES

Raia 3 - POL - ANNA PUŁAWSKA

Raia 4 - BRA - ANA PAULA VERGUTZ

 

Paracanoagem - 500M  

Raia 1 - BRA - IGOR ALEX TOFALINI 

Raia 2 - BRA - FERNANDO RUFINO (Representa Time America)

Raia 3 - BRA - LUIZ CARLOS CARDOSO (Representa Time Alemanha)

Raia 4 - POL - JAKUB TOKARZ

 

C1M - 500M - Desafio Mano a Mano  - Isaquias Queiroz X Sebastian Brendel

Raia 1 - POL - WICTOR GŁAZUNOW

Raia 2 - GER - SEBASTIÁN BRENDEL

Raia 3 - BRA - ISAQUIAS QUEIROZ

Raia 4 - COL - DANIEL PACHECO CIPAGAUTA

Megafestival comemora o Dia do Atleta Paralímpico neste sábado, 22, em 48 cidades

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) promoverá neste sábado, 22, o Festival Paralímpico, em celebração ao Dia do Atleta Paralímpico, nesta mesma data. Será um megaevento em 48 cidades, em todos os Estados do país e o Distrito Federal, e oferecerá a experimentação do esporte adaptado a cerca de 7.200 crianças, com faixa etária de 10 a 17 anos. A programação terá três modalidades por sede e duração de 2h30 - a partir das 8h30. A intenção é de mobilizar pessoas com deficiência em todo o território brasileiro por meio das atividades. 
 
A organização do Festival nas sedes é feita pela coordenação de desporto escolar do CPB. Foi mobilizada uma força de trabalho de cerca de 2.500 pessoas, entre profissionais de Educação Física e voluntários, que conduzirão a programação. Estarão à disposição esportes como atletismo, basquete em cadeira de rodas, bocha, futebol de 5, futebol de 7, goalball, judô, parabadminton e parataekwondo e tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas, vôlei sentado.
 
Confira abaixo a relação completa das sedes do evento e as respectivas modalidades ofertadas. A participação é livre e gratuita para as crianças. Dúvidas poderão ser esclarecidas por meio do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 
"A iniciativa de criar o Festival Paralímpico visa dar a crianças de todo o Brasil o primeiro contato com o esporte paralímpico. Estaremos nos 26 Estados e no Distrito Federal, no que será um passo de imensurável importância para a massificação do Movimento. Será uma maneira de celebrarmos nossos maiores ídolos e fomentarmos o esporte em sua iniciação", disse Mizael Conrado, presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, ex-atleta da Seleção Brasileira de futebol de cegos, melhor do mundo na modalidade em 1998, e bicampeão paralímpico (Atenas 2004 e Pequim 2008).
 
O CPB desenvolveu ainda outras atividades para celebrar o Dia do Atleta Paralímpico (22 de setembro). Uma delas ocorrerá no SESC Vila Mariana. De 18 a 23 de setembro, o local receberá a Arena Paralímpica, onde haverá experimentação de cinco modalidades: atletismo, basquete em cadeira de rodas, bocha, futebol de 5 e tênis de mesa. Os usuários do metrô paulistano ainda poderão desfrutar, até o dia 1º de outubro, de uma exposição de fotos na estação Higienópolis-Mackenzie, da linha 4-Amarela. 
 
Lista das sedes do Festival Paralímpico
Acre 
Cidade: Rio Branco 
Centro de Iniciação ao Esporte - CIE - Aeroporto Velho
Modalidades: Atletismo, bocha e futebol de 7
 
Alagoas 
Cidade: Maceió 
Centro de Desporto Recreação Profa Cleonice de Barros - CDR/ CEPA
Modalidades: Bocha, goalball e vôlei sentado
 
Amapá
Cidade: Macapá 
SESI Macapá 
Modalidades: Atletismo, Bocha e Goalball
 
Amazonas
Cidade: Manaus 
Mini Vila Olimpica do Colorado
Modalidades: Atletismo, futebol de 5 e goalball
 
Bahia
Cidade: Salvador 
Universidade Federal da Bahia UFBA
Modalidades: Atletismo, futebol de 5 e vôlei sentado
 
Cidade: Vera Cruz
Colégio Municipal de Vera Cruz 
Modalidades: Atletismo, futebol de 5 e vôlei sentado
 
Ceará
Cidade: Fortaleza
Centro de Formação Olímpica - Arena Castelão
Modalidades: Atletismo, basquete em cadeira de rodas e judô 
 
Espírito Santo
Cidade: Vitória
Centro de Treinamento Jaime Navarro de Carvalho
Modalidades: Basquete em cadeira de rodas, bocha e goalball 
 
Cidade: Colatina
Centro Universitário do E.S - UNESC
Modalidades: Atletismo, bocha e goalball
 
Distrito Federal 
Cidade: Brasília
Centro Integrado de Educação Física- CIEF
Modalidades: Atletismo, basquete em cadeira de rodas e bocha 
 
Goiás
Cidade: Goiânia 
ESEFFEGO - UEG 
Modalidades: Atletismo, badminton e vôlei sentado
 
Cidade: Anápolis
Ginásio Internacional Newton de Faria 
Modalidades: Atletismo, goalball e vôlei sentado
 
Maranhão
Cidade: São Luís
Universidade Federal do Maranhão
Modalidades: Atletismo, judô e tênis de mesa
 
Minas Gerais 
Cidade: Belo Horizonte
Complexo Esportivo PUC Minas 
Modalidades: Atletismo, bocha e futebol de 5
 
Cidade: Varginha 
Campus II – Rodovia BR 491 (Varginha - Elói Mendes) Km 232
Modalidades: Atletismo, goalball e tênis de mesa
 
Cidade: Uberlândia
Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Uberlândia
Modalidades: Bocha, goalball e vôlei sentado
 
Mato Grosso do Sul 
Cidade: Campo Grande
Espaço Cultural e Poliesportivo Unigran (Badminton e vôlei sentado) 
Pátio da Unigran (Goalball) 
 
Cidade: Dourados 
Clube Indaiá
Modalidades: Atletismo, basquete em cadeira de rodas e bocha
 
Mato Grosso 
Cidade: Cuiabá
Complexo Ginásio Dom Aquino 
Modalidades: Atletismo, basquete em cadeira de rodas e futebol de 5
 
Pará
Cidade: Belém 
Universidade Estadual do Pará
Modalidades: Atletismo, bocha e goalball
 
Cidade: Marabá
Centro de Convenções Leonildo Rocha
Modalidades: Bocha, judô e tênis de mesa
 
Paraíba 
Cidade: João Pessoa 
Vila Olímpica Parayba
Modalidades: Atletismo, bocha e goalball
 
Cidade: Campina Grande
DELC – Departamento de Esporte Lazer e Cultura – Petrônio Colégio e Curso
Modalidades: Atletismo, bocha e parataekwondo
 
Paraná 
Cidade: Curitiba
Centro Esportivo Oswaldo Cruz 
Modalidades: Atletismo, bocha e parataekwondo
 
Cidade: Cascavel
Completo Esportivo Ciro Nardi
Modalidades: Atletismo, basquete em cadeira de rodas e bocha
 
Cidade: Maringá
Ginásio de Esporte Valdir Pinheiro (bocha e vôlei sentado) 
Estádio Willie Davids (atletismo)
 
Cidade: Pontal do Paraná 
Associação Banestado 
Modalidades: Atletismo, bocha e tênis de mesa
 
Pernambuco
Cidade: Recife 
Núcleo de Educação Física e Desporto da Universidade Federal de Pernambuco
Modalidades: Atletismo, badminton e bocha
 
Piauí 
Cidade: Teresina
Setor de Esportes da UFPI 
Modalidades: Atletismo, bocha e vôlei sentado
 
Rio de Janeiro
Cidade: Rio de Janeiro
Club de Regatas Vasco da Gama
Modalidades: Futebol de 7, judô e vôlei sentado
 
Rio Grande do Norte 
Cidade: Natal
CAIC Lagoa Nova
Modalidades: Atletismo, bocha e goalball 
 
Rio Grande do Sul 
Cidade: Santo Ângelo
URI Santo Ângelo e Ginásio Marcelo Mimoso
Modalidades: Bocha, goalball e vôlei sentado
 
Cidade: Porto Alegre
Centro Estadual de Treinamento Esportivo (CETE)
Modalidades: Atletismo, basquete em cadeira de rodas e goalball
 
Cidade: Gravataí 
Ginásio Aldeião
Modalidades: Goalball, natação e vôlei sentado
 
Rondônia 
Cidade: Porto Velho
Ginásio Cláudio Coutinho (bocha e tênis de mesa) 
Estádio Aluízio Ferreira (atletismo)
 
Roraima 
Cidade: Boa Vista
Instituto Federal de Roraima 
Modalidades: Bocha, goalball e tênis de mesa
 
Santa Catarina
Cidade: Itajaí 
Centreventos Gov. Luiz Henrique da Silveira 
Modalidades: Bocha, judô e tênis em cadeira de rodas 
 
Cidade: Joinville
Centro de Convenções Edmundo Doubrawa
Modalidades: Atletismo, basquete em cadeira de rodas e bocha
 
Cidade: Lajes
Ginásio Ivo Silveira (vôlei sentado)
Colégio Industrial (bocha)
Estádio Vidal Ramos Junior (atletismo)
 
Cidade: Blumenau
Uniasselvi
Modalidades: Bocha, futebol de 7 e tênis de mesa
 
Cidade: Florianopólis
Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
Modalidades: Atletismo, bocha e goalball
 
São Paulo
Cidade: São Paulo 
Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro 
Modalidades: Atletismo, goalball e vôlei sentado
 
Cidade: São José do Rio Preto
Centro Regional Eventos
Modalidades: Atletismo, basquete em cadeira de rodas e bocha
 
Cidade: Suzano
SESI Suzano
Modalidades: Bocha, goalball e vôlei sentado
 
Cidade: Campinas
Unicamp
Modalidades: Atletismo, judô e tênis em cadeira de rodas
 
Cidade: Itu
SESI - ITU
Modalidades: Atletismo, bocha e goalball
 
Sergipe
Cidade: Aracaju 
Ginásio de esportes UFS (Universidade Federal de Sergipe)
Modalidades: Atletismo, parabadminton e vôlei sentado 
 
Tocantins 
Cidade: Palmas
Universidade Federal do Tocantins
Modalidades: Atletismo, bocha e tênis de mesa

Brasil recebe 1ª Prova Bronze IAAF e Maratona de São Paulo 2019 eleva seu status

Não faltarão atrações na Maratona de Internacional de São Paulo em 2019, marcada para 7 de abril. Prova nacional nível ouro da CBAt, além de completar seus 25 anos, ter todas suas as largadas e chegadas no Ibirapuera e uma meia maratona, ainda terá outras novidades. O evento, organizado pela Yescom, será o primeiro do Brasil a receber a categoria IAAF Road Race Bronze Label, a fazer parte do ranking internacional de Maratonas IAAF e ainda integrará o calendário do " World Marathon Majors Age Group", que começou na Maratona de Berlin 2018 e terminará na Maratona de Londres 2020.

Prova nacional nível ouro da CBAt, categoria IAAF Road Race Bronze Label, que são critérios de qualificação técnica que garantirá atletas de vários países, e membro efetivo da AIMS, a Maratona de São Paulo tem, assim, sua qualidade e excelência reconhecidas no cenário internacional. São Paulo, Santiago, Cidade do México e Monterrey são as únicas sedes da América Latina a fazerem parte do Majors 40+.

Serão 50 provas, abaixo listadas, em todo mundo que classificarão para este Campeonato Mundial Abbott WMM Wanda Age Group World Rankings, reunindo atletas nas categorias 40-44, 45-49, 50-54, 55-59, 60-64, 65-69, 70-74, 75-79, 80+.

O regulamento e detalhes para participação na prova de São Paulo e obtenção de índices serão publicados nos sites da prova,
www.maratonadesaopaulo.com.br  e www.saopaulomarathonbrazil.com, a partir de 15 de outubro de 2018. Os melhores atletas destas categorias serão classificados por tempo, somarão pontos e se classificarão para a etapa final na própria Maratona de Londres. em abril de 2020.

A largada para o ranking foi dada no último domingo, na Maratona de Berlim. Os eventos foram indicados por seu alto nível técnico e organização, além do reconhecimento pelas Federações Internacionais de Atletismo.

A Maratona de São Paulo em 2019 teve seus percursos ajustados, diminuindo curvas e retornos. Haverá ainda a Expo, com estandes de produtos e serviços para a comunidade, além de apoiadores e patrocinadores, bem como palestras nos dias 5 e 6 de abril. As inscrições seguem abertas e detalhes e promoções podem ser encontrados no site. A prova oferecerá infraestrutura (apoio médico, acessos, hidratação, lanches) para o número oficial de inscritos. Não serão disponibilizados recursos extras para atletas que não estejam inscritos oficialmente ("pipocas").
A Maratona Internacional de São Paulo 2019 é uma realização e organização da Globo e Yescom, com apoio especial da Prefeitura de São Paulo. A supervisão técnica é da CBAt, FPA e IAAF e AIMS

Melhores tempos

Ao longo de sua história, a prova conseguiu tempos bastante expressivos, com destaque para o feito do brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima (BRA),  que estabeleceu o recorde em 2002, com 2h11min19seg, e a queniana, Rumokol Chepkanan, com 2h31min31seg, em 2012. Também conseguiram tempos expressivos no masculino os quenianos Stanley Biwot, com 2h11min21seg, em 2010, e David Kemboi (QUE), com 2h11min53, em 2011. No feminino ainda se destacaram a queniana Carolyne Komen, com 2h35min51seg, em 2015, e marroquina Samira Raif,  com 2h36min01, em 2011.
Assinar este feed RSS