fbpx

Casais anteciparão o dia dos namorados na Maratona do Rio

Casais anteciparão o dia dos namorados na Maratona do Rio Carlos e Letícia Martins comemoração mais um dia dos namorados nos 42km. Crédito: Ricardo Dungó/EAZ

Se correr já é um esporte que traz uma ótima sensação de bem-estar, imagina poder juntar o esporte com o amor da sua vida? É o que muitos casais estarão fazendo na Maratona do Rio neste fim de semana antecipando em alguns dias a comemoração do dia dos namorados que será dia 12 correndo pela orla da Cidade Maravilhosa.

E quando esse casal é aquele que corre e ainda trabalha junto? É o caso de Carlos e Leticia Martins que convivem 24 horas do dia juntos. Ambos se formaram em educação física na mesma faculdade e a vida os juntos anos depois onde juntos são donos de uma escola de natação e da assessoria esportiva Pé Carioca há 11 anos que monta sua tenda no Maracanã.

A história deles começou ainda na faculdade:

“Sempre que um acabava a aula antes, ia na sala do outro para perguntar se o outro ainda iam treinar. O pessoal mexia com gente mas terminamos o curso apenas amigos. Anos mais tarde, nos encontramos na rua e falamos de como era bom nossos treinos e resolvemos marcar um outro treino. Resultado: Não voltei mais casa e nos casamos direto! ” – Conta Carlos sobre o começo da história deles.

Antes mesmo de casar, eles tiveram a maior alegria deles, o nascimento de seu filho Daniel. E daí se casaram passando a participar de várias competições de corrida e triatlo e a maratona acabou sendo um caminho natural que eles seguiram participando e levando seus alunos em provas aqui no Rio e outras pelo Brasil. E sempre no fim de semana, aproveita para fazer “turismo correndo” pela cidade maravilhosa

“A minha primeira maratona eu não estava preparada. Eu fui lá e me inscrevi e participei. Fui na empolgação do momento batendo mãozinha com as crianças do Vidigal e completei. No ano seguinte voltei e mesmo sofrendo, consegui completar de novo “ – Conta Leticia sobre seu início nos 42kms.

Neste ano de 2018, o casal participará por um motivo muito especial. No ano passado, Carlos esteve doente com comprometimento da arteira na perna direita e correu o risco de ter ela amputada. Mas conseguiu se recuperar e mesmo sofrendo com lesões, estará neste domingo largando no Recreio junto com a Leticia em busca de mais uma medalha para a suas vidas.

Fora participar de corridas pelo Brasil, sempre ao final do ano, eles organizam uma corrida chamada Drunks em que a hidratação é diferente.

“Essa corrida tem a dura missão de fim do ano correr pela orla do Rio e comemorar o fim do ano trocando a hidratação por cerveja, onde todos podem participar” – Finaliza Carlos

Mídia

Crédito: Ricardo Dungó/EAZ