Hugo Calderano é vice-campeão do Aberto do Catar

Hugo Calderano é vice-campeão do Aberto do Catar Chinês Fan Zhendong superou o brasileiro, que novamente fez história no tênis de mesa. Crédito: ITTF

Após uma campanha surpreendente para todo o mundo do esporte, Hugo Calderano terminou sua participação como vice-campeão do do Aberto do Catar, disputado na capital do país, Doha. Na decisão, realizada na manhã deste domingo (11/03), o brasileiro foi superado por Fan Zhendong, da China, por 4 sets a 0 (11/13, 12/10, 7/11 e 7/11). O chinês, por sinal, é o maior pontuador da temporada e deverá ser confirmado como novo líder do ranking mundial.
 
A competição ficará marcada por mais um passo que o carioca de 21 anos dá na sua consolidação entre os melhores do mundo, com direito a vitórias marcantes e grandes atuações.
 
O vice-campeonato em uma competição Platinum - o Grand Slam do Tênis de Mesa - deu a Hugo uma premiação de US$ 14 mil. Ele agora é o segundo colocado do ranking da temporada, com 363 pontos, e deve aparecer entre os 10 do mundo na próxima listagem do ranking mundial. Esse foi o segundo torneio do Circuito Mundial que Hugo disputou no ano. Antes, ele tinha sido semifinalista do Aberto da Hungria.
 
O próximo compromisso de Hugo Calderano será o Aberto da Alemanha, outro torneio Platinum, no qual terá a companhia de Gustavo Tsuboi para representar o Brasil. A competição acontecerá na cidade de Bremen, entre 23 e 25 de março.
 
O jogo
O primeiro set teve a mesma cara dos duelos anteriores em seu início. Confiante, Hugo abriu vantagem de 8 a 2, aproveitando-se de alguns erros não-forçados do chinês, mas este equilibrou o jogo aos poucos, reduzindo a diferença para um ponto (9 a 8). O brasileiro pediu tempo e teve um set point não aproveitado. Zhendong virou o jogo para 11 a 10, mas Hugo buscou novo empate. Uma paralela que raspou a mesa deu a parcial ao chinês: 13 a 11.
 
Hugo veio atrás no marcador até o quarto ponto do segundo set, mas reagiu e abriu distância em 7 a 4. Novamente Zhendong reagiu, chegando ao empate em nove e salvando um set point de Calderano. Nova virada, agora em 12 a 10.
 
A terceira parcial foi dominada pelo chinês. Zhendong controlou o placar durante todo o tempo e venceu por 11 a 7. O mesmo panorama se deu no set final. Embora Hugo tenha evitado três match points, novo triunfo do rival por 11 a 7, confirmando a vitória.
 
A campanha
4 x 1 Lim Jonghoon (KOR) (11/1, 11/7, 11/9, 11/13 e 11/5)
4 x 1 Timo Boll (GER) (11/9, 11/9, 11/8, 7/11 e 12/10)
4 x 0 Tomokazu Harimoto (JAP) (11/5, 11/6, 11/6 e 11/7)
4 x 0 Lin Gayouan (CHN) (11/9, 11/8, 11/3 e 11/6)
0 x 4 Fan Zhendong (CHN) (11/13, 12/10, 7/11 e 7/11)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.