Amanda Nunes mantem cinturão do UFC

Amanda Nunes mantem cinturão do UFC Amanda aproveitou o nariz quebrado de Raquel Pennington e manteve o seu título no UFC. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

Na defesa do título, Amanda Nunes não decepcionou o público carioca que lotou a Jeunesse Arena confirmou seu favoritismo e venceu a americana Raquel Pennington com um nocaute no quarto round no card principal do UFC que também contou com a despedida de Vitor Belfort que saiu com derrota para Lyoto Machida.

Com a noite dedicada a ela, Amanda Nunes saiu vitoriosa. Em sua terceira defesa pelo título na categoria peso galo, ela saiu com a vitória diante da americana Raquel Pennington com uma boa sequência de chutes e se aproveitou no quarto round quando conseguiu fazer ela sangrar, acabando com as suas forças.

Luta chegou até o quarto Round. Crédito: Bruno Lopes/EAZ 

“Eu fiz tudo o que eu treinei. Ela é uma atleta duríssima e sabia que podia ir para uma luta de 5 rounds com ela. Ela pode apanhar muito, mas ela é muito resistente. Quando treinei, eles me deixavam no maior desconforto e fiz o possível para vir dentro. E o cinturão é a razão da minha vida e quando decidi entrar no MMA era para ser campeã e quando o UFC colocou essa categoria, sabia que tinha que vir vencer. Foi muito surreal defender o título no Brasil e sendo a primeira, é algo que me deixou muito feliz e gratificante e estou vivendo o meu sonho. ” – Declarou após sua vitória.

Na despedida de Vitor Belfort, não deu para ele. Lyoto Machida conseguiu desferir um golpe único que derrubou Belfort que chegou a ficar desacordado no octógono dando fim a uma carreira vencedora no UFC.

Machida com um golpe, encerrou a carreira de Vitor Belfort. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

“Tenho que valorizar cada momento. Estava confiante nessa luta e fiquei quieto na luta em respeito ao Vitor e tive a oportunidade de poder acertar ele com um único golpe e acabar com a luta. Até me afastei dele em respeito justamente por toda a história que ele construiu ao longo do MMA e se realmente for a última luta dele que ele esteja seguro da sua decisão. ” – Declarou Machida após a luta.

Vitor agradeceu ao público que estava presente hoje no UFC.

“Parabéns ao Machida pela vitória. Ele foi feliz com a vitória de hoje. Quero agradecer ao carinho do publico aqui presente e agradecer a minha família pela noite de hoje. Se você tem uma família, você tem tudo. Quero parabenizar o time do Lyoto e agradecer meu time, meus fãs e minha família. Tudo na vida tem começo, meio e fim. E agora é hora de cuidar da minha família.” – Diz

Nas outras lutas do card principal, John Liniker venceu o americano Brian Kelleher com um nocaute no terceiro round. Já Mackenzie Dern, mal entrou no octógono e venceu a americana Amanda Cooper. O único brasileiro a perder foi Ronaldo Jacaré que saiu derrotado para o americano Kelvin Gastelum por decisão dividida dos juízes.

Mackenzie Dern derrotou Amanda Cooper no primeiro round. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

 

O americano Kelvin Gastelum derrotou o Jacaré por decisão dos juízes. Crédito: Bruno Lopes/EAZ 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.