Diego Schwartzman chega a final do Rio Open

Diego Schwartzman chega a final do Rio Open Argentino chega a primeira final de ATP 500 de sua história. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

Com um jogo bem consistente, o argentino Diego Scwartzman chegou pela vez a uma final de ATP 500 ao derrotar a surpresa do torneio, o chileno Nikolas Jarry por 2 sets a 1 com parciais de 7/5 e 6/2 na quadra central do Rio Open.

Diego que deverá entrar no top 20 do ranking da ATP, tem apenas um único título em ATP em 2016 em Istambul. Uma possível conquista dele poderá tornar ele cabeça-de-chave nos próximos torneios que virá a participar.

“Foi uma partida dura. No início demorei para pegar o saque dele e quando consegui, quebrei o serviço dele. No segundo consegui entrar no jogo e sem muita dificuldade entrei no jogo e venci. Estou feliz de poder estar entre os 20 melhores atletas do mundo. ” – Conta sobre a vitória

Já para Jarry, foi uma experiência incrível participar do torneio na cidade maravilhosa. Ao chegar na semi, ele estará entre os 70 melhores do mundo no ranking.

Chileno fez melhor campanha de sua historia em torneios ATP. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

“Saio com uma sensação positiva, saber que estou jogando em bom nível, fiz grandes jogos. Estou feliz por ter feito uma semifinal de um ATP 500, mas estou triste pela partida, não pude jogar da mesma maneira que vinha jogando, cometi muito mais erros que na outra partida”. – Conta.

 

O Jogo

Como uma boa semifinal, a partida começou equilibrada com os dois atletas se estudando e com os jogadores confirmando seus games. Quem conseguiu a única quebra e no 11º game foi o argentino que partiu para decidir em seu jogo de saque fechar a partida. Mas ele quase se complicou cedendo pontos fáceis a Jarry. Mas ao final, Scwartman conseguiu confirmar e fechou o set em 7 a 5 e abriu 1 a 0.

No segundo, Schwartzman ligou a 5º marcha e por muito pouco não aplicou um pneu em Jarry. O chileno não conseguiu repetir o mesmo desempenho do primeiro set e tomou duas quebras seguidas. Foi o suficiente vencer por 6 a 2 e carimbar uma vaga na final.

Schwartzman agora aguarda o resultado da outra semifinal que está sendo disputada entre o espanhol Fernando Verdasco contra o italiano Fabio Fognini.

“Já tive a oportunidade de jogar contra os dois e venci. Qualquer um deles que vier será um jogo muito duro. Farei o possível para poder vencer e conquistar este título”. - Finaliza