fbpx

Melo e Soares deixam Brasil a um ponto das quartas na Copa Davis

Melo e Soares deixam Brasil a um ponto das quartas na Copa Davis Crédito imagem: Cristiano Andujar/CBT

Os mineiros Bruno Soares e Marcelo Melo garantiram o segundo ponto para o Time Correios Brasil no confronto com a Argentina ao vencer Carlos Berlocq e Diego Schwartzman com parciais de 7/5 6/3 6/4, em 2h09min, no Tecnópolis, em Buenos Aires, pela primeira rodada do Grupo Mundial.

Neste domingo, João “Feijão” Souza enfrentará o argentino Leonardo Mayer na primeira partida de simples e depois será a vez de Thomaz Bellucci enfrentar Federico Delbonis, conforme afirmou em entrevista coletiva o capitão argentino Daniel Orsanic, que tinha escalado previamente Carlos Berlocq.

O Brasil precisa vencer um dos dois jogos para se classificar às quartas de final pela primeira vez desde 2001, para enfrentar fora de casa a Sérvia, que se classificou neste sábado.

A partida deste sábado teve início equilibrado para Melo e Soares, que fizeram um jogo parelho no primeiro set e aproveitaram a oportunidade de quebrar o serviço dos argentinos no final da parcial. Um início abaixo no segundo set, sofrendo uma quebra, não foi o suficiente para atrapalhar os brasileiros que reagiram bem. Os mineiros administraram a vantagem que conseguiram no terceiro set e fecharam a partida sem correr riscos.

Depois da vitória, Bruno Soares reforçou a importância de o Brasil conseguir o terceiro ponto no confronto, seja com Feijão ou Bellucci. “Toda Copa Davis a gente vem para ganhar três pontos. Hoje a gente deu mais um passinho e amanhã tem que beliscar mais um”, afirmou.

Com o triunfo sobre os argentinos, Melo e Soares chegaram a nove vitórias em dez partidas jogando juntos, sendo a oitava consecutiva. Desde a derrota para a Índia em 2010, eles acumulam triunfos contra Rússia, Colômbia, Estados Unidos, Alemanha, Equador e Espanha, além da Argentina, tendo perdido sets apenas contra os americanos Bob e Mike Bryan no período.

“É até estranho, mas em Copa Davis quando a gente fica esse tempo sem jogar parece que recarregamos as energias e quando a gente volta a jogar junto, estamos jogando cada vez melhor. Acho que pelo fato de eu conhecer o Bruno e ele também me conhecer, ter uma mesma filosofia de a Copa Davis ser tão importante pra gente, acho que a gente soma muitas coisas positivas desde quando tínhamos 6 anos até hoje”, afirma Melo.

O capitão João Zwetsch reforça a confiança nos mineiros, que durante a Copa Davis contam com o trabalho de Daniel Melo na preparação, e afirma que eles são fundamentais para o time.

“É um privilegio poder ter uma dupla como o Marcelo e o Bruno, que não é de hoje que eu falo e repito, para mim é a melhor dupla de Copa Davis do mundo e nos dá realmente uma referência muito forte, tanto dentro da quadra quanto dentro da equipe”, afirma Zwetsch.

Sabendo da possibilidade de mudança na equipe argentina para este sábado, o capitão brasileiro prefere colocar seu foco no trabalho com a própria equipe.

“O que a gente foca muito, principalmente no último dia, é estar muito bem preparado, estruturado no nosso trabalho, nas nossas coisas. A gente sabe das opções, as mais prováveis opções deles, o time deles tem essa característica, são quatro jogadores que podem jogar tanto a simples quanto as duplas, então nessas horas o que temos a fazer é potencializar o nosso trabalho, o nosso foco e estar preparado para quem vier”, finaliza o capitão.

A equipe brasileira é formada pelos tenistas João “Feijão” Souza, Thomaz Bellucci, Marcelo Melo e Bruno Soares, além dos reservas Fabiano de Paula, Guilherme Clezar e Thiago Monteiro. A comissão técnica tem o capitão João Zwetsch, o técnico Daniel Melo, o preparador físico Eduardo Faria, os fisioterapeutas Paulo Roberto Santos e Otavio Kiefer, o médico Ricardo Diaz e o chefe da delegação Paulo Moriguti.

 

Confira abaixo a programação e os resultados do confronto:

 

João Souza (BRA) d. Carlos Berlocq (ARG) - 6/4 3/6 5/7 6/3 6/2

Leonardo Mayer (ARG) d. Thomaz Bellucci (BRA) - 6/4 6/4 1/6 6/3

Marcelo Melo/Bruno Soares (BRA) d. Carlos Berlocq/Diego Schwartzman (ARG) - 7/5 6/3 6/4

 

Domingo, 8 de março

A partir das 11h – João Souza (BRA) vs Leonardo Mayer (ARG)

A seguir – Thomaz Bellucci (BRA) vs Carlos Berlocq (ARG)

Raphael Oliveira

Raphael Oliveira, Carioca morador de Uberlândia desde 2011 pós-graduado em Jornalismo Esportivo pela Faculdades Integradas Hélio Alosno (FACHA-RJ), apaixonado por esportes fundador do site de notícias esportivas “Esportes de A a Z” onde se divide entre editor e fotógrafo, possui na currículo cobertura de eventos como Grand Slam de Judo, Mundial de Judo, Liga Mundial de Vôlei, Finais do NBB e Superliga de Vôlei, Mundial de Natação Paralímpica, NBA e UFC e Paralímpiadas Rio 2016.