fbpx

Kelvin Hoefler, Pâmela Rosa e Yndiara Asp confirmam favoritismo e Micael dos Passos, competindo em casa, conquista pela primeira vez o título do STU Qualifying Series

Kelvin Hoefler, Pâmela Rosa e Yndiara Asp confirmam favoritismo e Micael dos Passos, competindo em casa, conquista pela primeira vez o título do STU Qualifying Series Etapa do Rio Grande do Sul foi disputada no Parque Municipal do Imigrante. Crédito: Julio Detefon

O domingo foi de sol forte, nuvens, chuva, mas, independentemente do tempo, não faltou skate no pé. Destaque para Kelvin Hoefler, seis vezes campeão mundial, que conquistou o STU pela primeira vez. E Micael dos Passos, natural de Estância Velha (RS), que levou a galera ao delírio com seu primeiro título.

A primeira final do dia foi a de Park feminino. Em uma disputa acirradíssima, decidida somente na última volta, Yndiara Asp obteve 90,00 contra 89,00 de Isadora Pacheco e conquistou seu segundo título no STU.

“Esse campeonato foi difícil para mim. Eu errei as duas primeiras voltas, então precisei dar tudo de mim na terceira. Precisei canalizar minhas energias, focar minha atenção e consegui. Fiquei muito feliz por conseguir acertar e o resultado veio. Foi demais dividir o pódio com a Isa, ela andou demais, tem um dos skates mais bonitos, sem dúvida, um dos meus favoritos. Além disso, é minha melhor amiga, então fico muito contente de dividir a evolução, as conquistas e o pódio com ela”, disse Yndiara.

Depois das mulheres do Park, foi a vez dos homens invadirem a pista. E foi nesta modalidade que o STU viveu seu auge. Diante de uma torcida incrível, Micael dos Passos fez uma terceira volta perfeita e viu a arena vir abaixo em comemoração.

“Para mim foi inacreditável. Há muito tempo não tínhamos uma etapa deste nível aqui no Rio Grande do Sul. Então foi muito bom, ganhar foi melhor ainda. A minha ficha ainda nem caiu. Eu sempre fui apoiado em todas as etapas, mas aqui foi uma vibe diferente, me deu um algo a mais e me ajudou a conquistar esse título”, disse Micael, que após o pódio se jogou nos braços da torcida.

Com o Park finalizado, as mulheres do Street entraram em ação. Favorita, Pâmela Rosa conquistou seu segundo troféu de STU, enquanto isso Karen Feitosa, com manobras muito técnicas ficou com a segunda posição e Rayssa Leal, conquistou seu melhor resultado e subiu ao pódio na terceira colocação.

“Eu vim muito animada para essa final. Classifiquei em primeiro ontem e entrei com bastante confiança. Acabei errando uma volta, mas acertei a outra e fiz três boas manobras. Então estou muito feliz, o skate feminino está ficando cada vez mais forte, as meninas estão evoluindo e isso só fortifica a nossa modalidade”, disse Pâmela Rosa, também campeã em São Paulo.

No final da tarde, os homens do Street quebraram muito. Kelvin Hoefler, um dos maiores nomes do Street mundial, acertou praticamente tudo, mostrou todo seu repertório e subiu no lugar mais alto do pódio.

“Entrei concentrado, tracei a estratégia de fazer bem as voltas, para entrar mais tranquilo para as manobras. Então andei bem tranquilo, me divertindo e isso é o skate. Estou muito feliz por conquistar esse STU, eu vim muito focado para fazer o meu melhor e deu tudo certo”, declarou Kelvin.

Classificação Park feminino

1-      Yndiara Asp – 80,00

2-      Isadora Pacheco – 79,00

3-      Victoria Bassi – 76,33

4-      Leticia Gonçalves – 72,00

5-      Emily Antunes – 71,48

6-      Deise Reis – 71,00

7-      Camila Borges – 70,33

8-      Mariana Menezes – 61,67

Classificação Park masculino

1-      Micael dos Passos – 86,67

2-      Pedro Quintas – 85,00

3-      Hericles Fagundes – 84,90

4-      Pedro Barros – 84,71

5-      Felipe Foguinho – 83,67

6-      Vi Kakinho – 82,00

7-      Pedro  Carvalho – 76,00

8-      Iago Magalhães – 64,33

Street feminino

1-      Pâmela Rosa – 354,40

2-      Karen Feitosa – 325,80

3-      Rayssa Leal – 319,,00

4-      Isabelle Menezes – 317,60

5-      Marina Gabriela – 292,00

6-      Ariadne Souza – 281,80

7-      Isabelly Ávila – 281,60

8-      Giovana Dias – 267,00

Street masculino

1-      Kelvin Hoefler – 391,91

2-      Luiz Neto – 361,80

3-      Paulo Galera – 344,20

4-      Elton Melonio – 342,00

5-      Danilo do Rosário – 340,40

6-      Rodil Ferrugem – 338,20

7-      Silas Bisteca – 301,60

8-      Rodrigo Maisena – 246,60 

Última modificação emDomingo, 23 Setembro 2018 20:59