Nos 35 anos do triatlhon no Brasil, primeira etapa do Campeonato Estadual do Circuito UFF recebe mais de 400 triatletas

Nos 35 anos do triatlhon no Brasil, primeira etapa do Campeonato Estadual do Circuito UFF recebe mais de 400  triatletas Competição, com as distâncias Sprint e Standard, marcará as três décadas e meia da primeira prova de triathlon no país. Crédito: Bruno Lopes/BNLPhotopress/EAZ

Berço do triathlon brasileiro, o Rio de Janeiro comemora, neste domingo, exatos 35 anos da primeira competição brasileira da modalidade, o Triathlon Café do Brasil. Para comemorar, será realizada a etapa de abertura do Circuito UFF/Estadual de Triathlon, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio de Janeiro, com cerca de 400 atletas, divididos nas distâncias Sprint (750m de natação/20km de ciclismo/5km de corrida) e Standard (1,5km de natação/40km de ciclismo/10km de corrida).

Considerado um dos maiores eventos esportivos do país, o Circuito UFF reúne os melhores triatletas do Brasil. Para esta etapa, serão distribuídos prêmios de R$ 8 mil para o Sprint e R$ 12 mil para a Standard.

Entre os triatletas de alto rendimento estão Luiza Cravo, Giselle Bertucci, Maria Soledad Omar, Fernanda Palma e Clara Carvalho. No masculino, os destaques são Paulo Maciel, Peter Pichnoff, Pedro Apud, Gustavo Slaib, Santiago Ascenco e Luiz Francisco Paiva.

Para comemorar os 35 anos da primeira competição de triathlon no Brasil, a Federação de Triathlon do Estado do Rio de Janeiro convidou Roger de Moraes, campeão do I Triathlon Internacional do Rio de Janeiro (Café do Brasil), em 1983, para estar no evento.

“Iniciativas como esta da Federação de Triathlon do RJ são importantes para resgatar e compreender a história e a cultura do triathlon no Brasil, pois me parece o único meio para o desenvolvimento pleno e para a popularização deste esporte. Resgatar a cultura original do desafio aeróbico, da utilização do corpo como meio de locomoção, da aventura em desbravar novos locais, da disciplina e da perseverança de continuar a despeito da dor e da vontade de parar, e rejeitar a supervalorização da imagem midiática da falsa competência, certamente é o desafio para próximas gerações se o objetivo é desenvolver o triathlon no Brasil”, afirma Moraes, um dos principais triatletas de sua geração, com importantes títulos no Brasil.

Amigos há mais de 35 anos e dois dos principais nomes da primeira geração de triatletas brasileiros, Armando Barcellos, de 52 anos, e Carlos Dolabella, de 57, competirão na Sprint. Como nos tempos de alto rendimento de ambos, um não quer perder para o outro.

“O Armando me deu seis minutos de vantagem. Vai ser difícil ele me pegar. Apostamos uma bike nova”, brinca Dolabella, que veio de Miami, onde vive há mais de 20 anos, especialmente para comemorar a data e disputar a primeira etapa do estadual.

Para Júlio Alfaya, presidente da Federação de Triatlhon do Estado do Rio de Janeiro, comemorar 35 anos do nascimento do esporte no Brasil é muito importante.

“O Rio de Janeiro sempre foi um dos maiores protagonistas da história do triathlon em nosso país. Aqui realizamos a prova pioneira em 1983 e foi aqui que surgiram nomes como Fernanda Keller, Alexandre Ribeiro, Armando Barcellos e tantos outros”, afirma Alfaya. “Como resultado disso, fomos honrados com o apoio do Ministério do Esporte através da Universidade Federal Fluminense, garantindo-nos a continuidade da trajetória de sucesso da modalidade no calendário nacional. Uma nova safra de excelentes atletas vem surgindo com este projeto e o Rio de Janeiro continuará à frente de seu tempo de forma marcante para as novas gerações.”

Todas as provas são válidas pelo campeonato estadual da Federação de Triathlon do Estado do Rio de Janeiro (FTERJ).

 

SERVIÇO:

 

CATEGORIAS (masculino e feminino)

Alto rendimento: Elite, Sub-23 e Junior

Faixas etárias: 14/15, 16/17, 18/19, 20/24, 25/29, 30/34, 35/39, 40/44, 45/49, 50/54, 55/59, 60/64, 65/69 e de 70 anos em diante

 

PROGRAMAÇÃO

 

Sábado (12/5):

11h às 18h - Retirada dos kits no Hotel Atlântico Sul (Av. Lucio Costa 18.000)

 

Domingo (13/5)

06:30 - Abertura da Transição (Check-In)

07:45 - Fechamento da Transição e final do check-in

08:00 - Largada Sprint (alto rendimento e PNE)

08:02 - Largada Sprint (faixas de idade)

08:15 - Largada Standard (alto rendimento e PNE)

08:17 - Largada Standard (faixas de idade)

10:30 - Cerimônia de Premiação