fbpx

Regatas desta sexta definem destino de Scheidt na Copa do Mundo em Miami

Scheidt briga por medalha na Copa do Mundo Crédito imagem: Thom Touw Scheidt briga por medalha na Copa do Mundo

Robert Scheidt antecipará o clima de decisão da Copa do Mundo em Miami, para esta sexta-feira (30). As últimas regatas da fase final da competição podem confirmar ou descartar as chances de pódio do multicampeão, seis pontos atrás do terceiro colocado, o australiano Matthew Wearn. Os dez melhores velejadores brigam pelo título no sábado (31), na medal race, prova mais curta, disputada próxima da praia em Biscayne Bay e com pontuação dobrada. 

A disputa desta sexta-feira reúne pelo menos cinco medalhistas em Mundiais ou Olimpíadas. Além de Scheidt, dono de cinco medalhas olímpicas (dois ouros, duas pratas e um bronze) e 14 títulos mundiais, entre Laser e Star, o cipriota Pavlos Kontides foi vice-campeão mundial da Laser em 2013 e vice-campeão olímpico em 2012. O líder em Miami, Nick Thompson, tem no currículo a prata no Mundial de 2011 e o bronze em 2014, enquanto o vice-líder Philipp Buhl foi bronze no Mundial de 2013. Terceiro colocado, Matthew Wearn tem como melhor resultado a prata no Mundial de Laser Radial de 2012. 

 

Altos e baixos - Scheidt avaliou seu desempenho como regular, nesta quinta-feira (29). O velejador foi 8º e 20º nas duas regatas do dia. "Fiz a primeira prova regular. Já na segunda, adotei uma tática muito conservadora, mas deveria ter arriscado um pouco mais. O vento entrou mais pelos lados extremos da raia e tive de fazer uma regata de recuperação", resumiu o brasileiro. "Mas com as condições variáveis dos últimos dias em Miami, muita coisa ainda pode mudar nesta sexta-feira. O importante é fazer o melhor possível para permanecer na zona de medalha na medal race."

 

Classificação após nove regatas e um descarte

1. Nick Thompson (GBR) - 38 pp (6+1+4+10+1+10+1+5+[12])

2. Philipp Buhl (GER) - 48 pp (7+2+11+4+4+2+[34]+15+3)

3. Matthew Wearn (AUS) - 50 pp (7+7+1+1+2+[20]+4+12+16)

4. Robert Scheidt (BRA) - 56 pp (2+4+2+2+1+[27]+17+8+20)

5. Julio Alsogaray (ARG) - 64 pp (5+19+2+5+7+3+[46]+1+22)

6. Bruno Fontes (BRA) - 72 pp (1+3+20+6+15+7+2+18+[31])

7. Andy Maloney (NZL) - 78 pp (4+1+10+3+18+[29]+24+7+11)

8. Rutger Van Schaardenburg (NED) - 81 pp (8+[55]+12+11+25+8+10+6+1)

9. Charlie Buckingham (USA) - 87 pp (13+12+6+[24+10+14+5+3+28) 

10. Pavlos Kontides (CYP) - 91 pp (1+15+17+3+6+9+18+22+[39])

Última modificação emDomingo, 01 Fevereiro 2015 13:33
Raphael Oliveira

Raphael Oliveira, Carioca morador de Uberlândia desde 2011 pós-graduado em Jornalismo Esportivo pela Faculdades Integradas Hélio Alosno (FACHA-RJ), apaixonado por esportes fundador do site de notícias esportivas “Esportes de A a Z” onde se divide entre editor e fotógrafo, possui na currículo cobertura de eventos como Grand Slam de Judo, Mundial de Judo, Liga Mundial de Vôlei, Finais do NBB e Superliga de Vôlei, Mundial de Natação Paralímpica, NBA e UFC e Paralímpiadas Rio 2016.