Italo e Jadson são o Brasil nas finais do Vans US Open

Italo e Jadson são o Brasil nas finais do Vans US Open Os potiguares ganharam os duelos brasileiros do sábado em Huntington Beach. Crédito: Kenneth Morris/WSL

Os potiguares Italo Ferreira e Jadson André ganharam os duelos brasileiros das oitavas de final no sábado e vão se enfrentar na disputa pela terceira vaga para as semifinais do QS 10000 Vans US Open of Surfing neste domingo na Califórnia. Jadson derrotou o paranaense Peterson Crisanto, que já perdeu a liderança do WSL Qualifying Series para o havaiano Seth Moniz, enquanto o natalense assumiu a terceira posição no ranking. E Italo venceu o confronto de tops do CT com o cearense Michael Rodrigues. Já o campeão mundial Adriano de Souza e a gaúcha Tatiana Weston-Webb foram barrados na briga por vagas nas quartas de final.

O sábado foi mais um dia de ondas pequenas, de menos de 1 metro de altura, com grandes intervalos entre as séries, fazendo com que poucas entrassem nas baterias em Huntington Beach. Com isso, era preciso aproveitar qualquer oportunidade para surfar. Mineirinho foi o primeiro a competir e chegou a ganhar a maior nota da bateria – 8,27 – contra Griffin Colapinto. O norte-americano só surfou duas ondas contra três do brasileiro e foi cirúrgico ao conseguir notas 8,17 e 5,83 para vencer por 14,00 a 13,27 pontos.

Na disputa seguinte, o francês Jorgann Couzinet aumentou o recorde de pontos do US Open para 15,50, somando 8,17 com 7,33 contra o californiano Cam Richards. Estas marcas só foram superadas no penúltimo confronto do dia pelo havaiano Seth Moniz, que retomou a ponta do ranking perdida para Peterson Crisanto quando o paranaense ganhou a outra única etapa do QS 10000 disputada esse ano, em Ballito, na África do Sul. O havaiano pegou uma esquerda e arriscou um aéreo de backside incrível, com dois dos cinco juízes dando nota 10 e a média ficando em 9,87. Com ela, atingiu 15,70 pontos para se tornar o recordista absoluto do campeonato.

DUELOS BRASILEIROS – Isso aconteceu logo após as duas baterias 100% brasileiras no maior palco do surfe nos Estados Unidos. Na primeira delas, não entraram muitas ondas e Peterson Crisanto nem conseguiu mostrar o surfe que o levou até a liderança do ranking. Já o natalense Jadson André completou três ondas e computou 7,67 e 6,50 para ganhar fácil por 14,17 a 3,53 pontos. Com a derrota em nono lugar no US Open, Peterson viu Seth Moniz lhe tirar o primeiro lugar no ranking com uma apresentação recorde duas baterias depois. E Jadson subiu para a terceira posição, que estava com o catarinense Alejo Muniz.

No segundo confronto verde-amarelo, os dois surfistas ficaram mais ativos no mar, ambos indo em várias ondas, porém a maioria não abria paredes para manobras e nem formava rampas para voar. O potiguar de Baía Formosa, Italo Ferreira, foi mais feliz na escolha e achou duas regulares para seguir para as quartas de final com um placar de 11,73 a 6,80 pontos. O cearense Michael Rodrigues terminou empatado em nono lugar com Adriano de Souza e Peterson Crisanto, marcando 3.700 pontos no ranking.

QUARTAS DE FINAL – No domingo, a batalha por vagas nas semifinais vai começar com uma bateria norte-americana entre dois tops do CT, Kolohe Andino e Griffin Colapinto. Na segunda quarta de final, o francês Jorgann Couzinet, que entrou no grupo dos dez surfistas que o WSL Qualifying Series classifica para a elite dos top-34 da World Surf League na Califórnia, enfrenta o australiano Dion Atkinson. Depois vem o confronto brasileiro entre os potiguares Italo Ferreira e Jadson André e o do novo líder do ranking, Seth Moniz, com o defensor do título do Vans US Open of Surfing, o japonês Kanoa Igarashi.

CT FEMININO – Enquanto Kanoa ainda briga pelo bicampeonato em Huntington Beach, na sétima etapa feminina do World Surf League Championship Tour, as duas finalistas do ano passado já foram eliminadas. A campeã, Sage Erickson, não passou nenhuma bateria dessa vez e ficou em último lugar. Já a brasileira Tatiana Weston-Webb, que perdeu a decisão do título para a norte-americana, foi barrada na batalha pelas últimas vagas para as quartas de final na manhã do sábado na Califórnia.

Apesar da derrota em nono lugar, a gaúcha criada no Havaí não perde a terceira posição no ranking nesta etapa. Tatiana não conseguiu superar as duas norte-americanas que enfrentou na última bateria da terceira fase. A vencedora foi Courtney Conlogue com o maior placar das meninas no sábado, 13,90 pontos com notas 7,00 e 6,90. Em segundo lugar passou a jovem Caroline Marks com 11,70 pontos, contra 10,26 da única participante do Brasil no US Open esse ano, pois a cearense Silvana Lima não competiu por estar contundida.

A próxima adversária de Courtney Conlogue é outra americana, a vice-líder do ranking Lakey Peterson, na última bateria das quartas de final. Lakey tenta recuperar a lycra amarela do Jeep Leaderboard perdida para a australiana Stephanie Gilmore na decisão do título da etapa passada em Jeffreys Bay, na África do Sul. A hexacampeã mundial vai disputar a primeira vaga para as semifinais com a francesa Johanne Defay.

As etapas do QS 10000 masculina e do CT feminino na Vans US Open of Surfing estão sendo transmitidas ao vivo de Huntington Beach na Califórnia pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo da World Surf League.

QUARTAS DE FINAL DO QS 10000 VANS US OPEN OF SURFING:

1.a: Kolohe Andino (EUA) x Griffin Colapinto (EUA)

2.a: Jorgann Couzinet (FRA) x Dion Atkinson (AUS)

3.a: Italo Ferreira (BRA) x Jadson André (BRA)

4.a: Kanoa Igarashi (JPN) x Seth Moniz (HAV)

OITAVAS DE FINAL – 9.o lugar com 3.700 pontos e US$ 4.300:

1.a: Kolohe Andino (EUA) 9.20 x 8.84 Reef Heazlewood (AUS)

2.a: Griffin Colapinto (EUA) 14.00 x 13.27 Adriano de Souza (BRA)

3.a: Jorgann Couzinet (FRA) 15.50 x 9.10 Cam Richards (EUA)

4.a: Dion Atkinson (AUS) 10.64 x 9.43 Tanner Gudauskas (EUA)

5.a: Jadson André (BRA) 14.17 x 3.53 Peterson Crisanto (BRA)

6.a: Italo Ferreira (BRA) 11.73 x 6.80 Michael Rodrigues (BRA)

7.a: Seth Moniz (HAV) 15.70 x 13.50 Evan Geiselman (EUA)

8.a: Kanoa Igarashi (JPN) 14.33 x 12.23 Michael February (AFR)

QUARTAS DE FINAL DO CT VANS US OPEN OF SURFING:

1.a: Stephanie Gilmore (AUS) x Johanne Defay (FRA)

2.a: Carissa Moore (HAV) x Nikki Van Dijk (AUS)

3.a: Caroline Marks (EUA) x Sally Fitzgibbons (AUS)

4.a: Lakey Peterson (EUA) x Courtney Conlogue (EUA)

TERCEIRA FASE – 1.a e 2.a=Quartas de Final e 3.a=9.o lugar com 3.085 pontos e US$ 11.500:

1.a: 1-Johanne Defay (FRA)=13.16, 2-Carissa Moore (HAV)=10.90, 3-Pauline Ado (FRA)=7.87

2.a: 1-Nikki Van Dijk (AUS)=13.54, 2-Stephanie Gilmore (AUS)=11.46, 3-Malia Manuel (HAV)=10.07

3.a: 1-Sally Fitzgibbons (AUS)=13.60, 2-Lakey Peterson (EUA)=12.40, 3-Coco Ho (HAV)=12.00

4.a: 1-Courtney Conlogue (EUA)=13.90, 2-Caroline Marks (EUA)=11.70, 3-Tatiana Weston-Webb (BRA)=10.26