fbpx

Bauru elimina Sesc Rj e faz história na superliga

Bauru elimina Sesc Rj e faz história na superliga Time de Bauru vence Sesc Rj na casa do adversário e avança. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

Em um ginásio lotado do Tijuca, o time do Sesi/Bauru conseguiu um feito inédito na Superliga eliminando o time do Sesc Rj ainda nas quartas de final de virada por 3 sets a 1 com parciais de 25/27, 27/25, 25/23 e 25/19  e avançou para as semifinais da Superliga quebrando uma escrita de eliminar o time do Rio pela primeira vez nas quartas de final.

É a primeira vez que o Bauru conseguiu chegar nessa fase da competição e motivo de grande felicidade para Valquíria que está há três anos no time e contou que o time conversou muito para conseguir juntar os cacos da derrota sofrida na sexta e conseguir apresentar um ótimo volume de jogo para sair com essa vitória hoje.

“O Rio é uma grande equipe! Sabemos que aquele dia que perdemos para eles, poderíamos ter feito muito mais. Ganhamos na bola e estou muito feliz! Nós nos juntamos e treinamos muito e acreditamos que poderíamos ganhar desse time que é um dos maiores do vôlei e está ai o resultado! Nem sei o que esperar na semifinal e vamos hoje comemorar e depois vamos continuar escrevendo nossa história. ” – Disse.

O técnico Anderson Rodrigues conseguiu uma importante classificação. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

Já o técnico Anderson Rodrigues, ressaltou as qualidades do time.

“Vencer o time do Bernardo não é fácil. Eles sempre dão uma aula de voleibol e continuam dando até hoje. Meu time está de parabéns e estamos fazendo um belo trabalho e vamos continuar com essa união e quem sabe chegar à final.

Desde a temporada 2004/2005 disputando a final, o projeto de Bernardinho teve um capítulo inédito escrito. O time que desde a sua criação em 1997 ainda em Curitiba e que nunca havia sido eliminado antes das semifinais, teve essa história interrompida hoje. O time do Sesc Rj se apresentou como tem feito ao longo da temporada com vários momentos instáveis depois de ter feito um jogo perfeito no sábado.

Pela primeira vez na história, o time de Bernardinho não chega as semifinais. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

“O time fez grandes jogos, em outros não se apresentou bem. Assim foi a temporada inteira. Tivemos problemas físicos, tentamos nos encontrar, trabalhamos muito para atingir um padrão, mas acabou não dando certo. Hoje elas foram melhores que no último jogo e nós não sacamos tão bem. Mérito de Bauru”, analisou a meio de rede Mayhara.

O jogo

No primeiro set, o Sesc Rj entrou jogando igual ao jogo passado se impondo diante do Bauru e sem demora, conseguiu impor uma vantagem de 7 pontos no 17 a 10 e encaminhava para um set tranquilo. Mas numa sequência de erros de ataque e acertos do adversário, o conforto literalmente foi pro espaço e nesse tempo, Bernardinho chegou a pedir tempo por duas vezes para tentar acertar o time e mesmo assim, o Bauru conseguiu empatar, ficando a decisão pro final do set com Drussyla acertando a última bola e o time do Rio acabou conseguindo fechar o set em 27 a 25 e saindo com 1 a 0 no jogo.

Times fizeram uma partida bem disputada. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

O segundo set foi de extremo equilíbrio. Quem saltou na frente dessa vez foi o Bauru que conseguiu no 13 a 10 abrir três pontos de vantagem. E o Sesc Rj conseguia encostar diminuindo para um ponto, mas o Bauru voltava a impor a diferença. Mas Bernardinho pediu tempo e o time conseguiu com um bom ace de Bia virar o placar no 19 a 18 e chegou a ter o domínio por um tempo, mas acabou levando a virada e num erro de ataque, perderam por 27 a 25 e o Bauru empatou a partida em 1 a 1.

O Sesc Rj começou o terceiro set como quem vinha pronto para atropelar o Bauru saindo com 7 a 3 de frente. Mas do nada o time apagou em quadra e o time de São Paulo conseguiu virar e ainda disparar no placar colocando 16 a 10. A torcida carioca começou como nunca a apoiar o time e elas foram atrás e chegando a 16 a 15.  Mas acabam errando alguns ataques e permitiram que Bauru abrisse de novo para 24 a 20. O Sesc Rj até conseguiu voltar a encostar, mas acabou permitindo a virada no jogo por 25 a 23 e 2 a 1 no jogo.

O quarto set começou extremamente equilibrado até 8 a 8, quando o Bauru voltou a abrir diferença no placar e rapidamente chegou a 15 a 9 fazendo com que Bernadinho pedisse tempo. O time do Rio até esboçou uma reação, mas não conseguiu buscar dessa vez e Bauru chegou a semifinal pela primeira vez na Superliga vencendo o set por 25 a 19, fechando o jogo em 3 a 1.

Crédito: Bruno Lopes/EAZ

Osasco chega a semifinal

Na outra partida da noite, o Osasco conseguiu uma ótima vitória em cima do Barueri por 3 sets a 1 e conseguiu chegar mais uma vez a semifinal da competição.

Ficou definida que as semifinais serão entre Bauru x Praia e Osasco x Minas.