Brasil recebe 1ª Prova Bronze IAAF e Maratona de São Paulo 2019 eleva seu status

Brasil recebe 1ª Prova Bronze IAAF e Maratona de São Paulo 2019 eleva seu status Evento nível Ouro CBAt, será Bronze Label da IAAF, seletiva do Mundial de Maratonas Majors Age Group 40+ e integrante do Ranking IAAF de Maratonas
Não faltarão atrações na Maratona de Internacional de São Paulo em 2019, marcada para 7 de abril. Prova nacional nível ouro da CBAt, além de completar seus 25 anos, ter todas suas as largadas e chegadas no Ibirapuera e uma meia maratona, ainda terá outras novidades. O evento, organizado pela Yescom, será o primeiro do Brasil a receber a categoria IAAF Road Race Bronze Label, a fazer parte do ranking internacional de Maratonas IAAF e ainda integrará o calendário do " World Marathon Majors Age Group", que começou na Maratona de Berlin 2018 e terminará na Maratona de Londres 2020.

Prova nacional nível ouro da CBAt, categoria IAAF Road Race Bronze Label, que são critérios de qualificação técnica que garantirá atletas de vários países, e membro efetivo da AIMS, a Maratona de São Paulo tem, assim, sua qualidade e excelência reconhecidas no cenário internacional. São Paulo, Santiago, Cidade do México e Monterrey são as únicas sedes da América Latina a fazerem parte do Majors 40+.

Serão 50 provas, abaixo listadas, em todo mundo que classificarão para este Campeonato Mundial Abbott WMM Wanda Age Group World Rankings, reunindo atletas nas categorias 40-44, 45-49, 50-54, 55-59, 60-64, 65-69, 70-74, 75-79, 80+.

O regulamento e detalhes para participação na prova de São Paulo e obtenção de índices serão publicados nos sites da prova,
www.maratonadesaopaulo.com.br  e www.saopaulomarathonbrazil.com, a partir de 15 de outubro de 2018. Os melhores atletas destas categorias serão classificados por tempo, somarão pontos e se classificarão para a etapa final na própria Maratona de Londres. em abril de 2020.

A largada para o ranking foi dada no último domingo, na Maratona de Berlim. Os eventos foram indicados por seu alto nível técnico e organização, além do reconhecimento pelas Federações Internacionais de Atletismo.

A Maratona de São Paulo em 2019 teve seus percursos ajustados, diminuindo curvas e retornos. Haverá ainda a Expo, com estandes de produtos e serviços para a comunidade, além de apoiadores e patrocinadores, bem como palestras nos dias 5 e 6 de abril. As inscrições seguem abertas e detalhes e promoções podem ser encontrados no site. A prova oferecerá infraestrutura (apoio médico, acessos, hidratação, lanches) para o número oficial de inscritos. Não serão disponibilizados recursos extras para atletas que não estejam inscritos oficialmente ("pipocas").
A Maratona Internacional de São Paulo 2019 é uma realização e organização da Globo e Yescom, com apoio especial da Prefeitura de São Paulo. A supervisão técnica é da CBAt, FPA e IAAF e AIMS

Melhores tempos

Ao longo de sua história, a prova conseguiu tempos bastante expressivos, com destaque para o feito do brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima (BRA),  que estabeleceu o recorde em 2002, com 2h11min19seg, e a queniana, Rumokol Chepkanan, com 2h31min31seg, em 2012. Também conseguiram tempos expressivos no masculino os quenianos Stanley Biwot, com 2h11min21seg, em 2010, e David Kemboi (QUE), com 2h11min53, em 2011. No feminino ainda se destacaram a queniana Carolyne Komen, com 2h35min51seg, em 2015, e marroquina Samira Raif,  com 2h36min01, em 2011.