fbpx

Quenianos vencem a 20ª Volta da Pampulha

Quenianos vencem a 20ª Volta da Pampulha Nicolas Kosgei acabou a hegemonia de Giovani dos Santos que venceu a prova por seis anos seguidos. Crédito: Elderth Theza/ Upphoto

Parece que foi ontem, mas há exatas duas décadas o principal cartão-postal de Belo Horizonte se tornou sinônimo de força nas pernas e superação. Ao longo de todo esse tempo, a única coisa que não cresceu foi o percurso, às margens de um complexo idealizado por Oscar Niemeyer. Prestígio, número de participantes e estrutura se tornaram a cada edição mais impressionantes. E, numa data tão especial, a 20ª Volta Internacional da Pampulha foi brindada com a presença do sol e a temperatura amena, o que ajudou os milhares de participantes, vindos de todo o país e do exterior. Aliás, o degrau mais alto do pódio esse ano foi ocupado por representantes da maior potência internacional das corridas de rua. Entre os homens e mulheres, deu Quênia, com Nicolas Kiptoo Kosgei e Sharon Arusho.

Depois da largada dos cadeirantes e da elite feminina, pontualmente às 8h a prova começou para o grupo de ponta masculino e a multidão que, por cerca de 15 minutos, ainda atravessava o pórtico da cronometragem. Na prova das mulheres, logo se formou um pelotão composto pelas três representantes africanas (Sharon e as também quenianas Emily Chebet e Janet Masai) e por Jenifer do Nascimento Silva, atleta do Pinheiros. Depois de algumas tentativas de acelerar o ritmo para se distanciar as adversárias, Sharon atacou na altura da Igrejinha de São Francisco para fazer ainda melhor do que ano passado, quando ficou em segundo. A atleta de Eldoret completou a prova em 1h05min11, superando Emily, Janet e Jenifer, melhor brasileira. 

Sharon Arusho venceu pela primeira vez a prova. Crédito: Elderth Theza/Upphoto

 

"Foi cansativo, mas estou bem e feliz por ter vencido desta vez. A temperatura estava baixa, mas não é fácil correr com essa umidade. Mantive um ritmo forte e realmente tentei em alguns momentos testar as adversárias, mas guardei forças para a subida final", destacou a campeã, de 24 anos.

Para a paulista Jenifer, o lugar no pódio foi um feito. "É minha primeira prova na distância, sou especialista nos 5.000m e 10.000m, era na verdade um teste. Acompanhei as quenianas o quanto pude, mas estou muito satisfeita, já que não sabia exatamente o que esperar".

Entre os homens, a expectativa era para saber quem daria fim a seis anos de domínio do mineiro Giovani dos Santos, mais uma vez com o duelo entre brasileiros e africanos como grande atração. O que até a altura do oitavo quilômetro era um grupo de sete atletas passou a ser de cinco e, no 12º quilômetro, restavam os quenianos Nicolas Kosgei, Nicholas Keter e os brasileiros Gilmar Silvestre Lopes e Damião Ancelmo de Souza. Mais uma vez, o trecho final se mostrou decisivo, com Kosgei atacando para fechar o percurso em 55min08, três segundos à frente do compatriota. Gilmar Lopes foi o terceiro, bastante próximo dos dois primeiros. 

"É um percurso característico, plano, plano, plano, até que vem a subida final. Me senti bem, as condições da prova estavam ideais", destacou o vencedor, também de 24 anos e, como Sharon, atleta da equipe Luasa, do ex-maratonista Luiz Antônio dos Santos.

 Atletas de vários cantos do Brasil estiveram presentes em Belo Horizonte. Crédito: Elderth Theza - Upphoto

Atleta do Cruzeiro, Gilmar, por sua vez, foi até além do que imaginava. "Esperava ficar entre os cinco, consegui ser o terceiro. É um percurso complicado por causa das curvas o tempo todo, além da subida no fim. Ainda estou em um período de preparação, de base, e minha participação na São Silvestre dependeria da minha marca aqui. Acredito que carimbei o passaporte", destacou.

 

Resultados da 20ª edição:

 

Elite Masculino

1º) Nicolas Kiptoo Kosgei (Quênia), 55min08

2º) Nicholas Kimeli Keter (Quênia), 55min11

3º) Gilmar Silvestre Lopes (Brasil), 55min21

4º) Damião Ancelmo de Souza (Brasil), 55min41

5º) Ederson Vilela Pereira (Brasil), 56min50

 

Elite Feminino

1º) Sharon Chelimo Arusho (Quênia), 1h05min11

2º) Emily Chebet (Quênia), 1h05min17

3º) Janet Cheruto Masai (Quênia), 1h05min28

4º) Jenifer do Nascimento Silva (Brasil), 1h05min37

5º) Marcela Cristina Gomez Cordeiro (Argentina), 1h07min30