fbpx

Como é para uma repórter encarar 21 km pela primeira vez?

Como é para uma repórter encarar 21 km pela primeira vez? Marcelle Borchetta está apresentando a série Rumo aos 21 km. Crédito: Arquivo Pessoal

Descobrir, investigar e contar para os outros de um assunto estão entre as obrigações de qualquer jornalista. E quando chega uma missão na redação de ter que correr literalmente uma meia maratona pela primeira vez? É o que Marcelle Borchetta está fazendo e conta para gente de como está sendo este desafio.

Carioca do Engenho de Dentro, ela está todo sábado no Esporte Mágico do SBT Rio trazendo algumas matérias dos mais diversos esportes. E numa dessas ela conheceu a ultramaratonista Ana Luiza que correu mais de 368 km em 48 horas. E num bate-papo entre elas, veio um convite:

Junto com a Ana Luiza, estão treinando para chegar bem na Meia do Porto em maio. Crédito: Arquivo Pessoal

“Eu conheci a Ana Luiza, ultramaratonista que é a segunda melhor corredora de longa distância do mundo. Na ocasião falei com ela que tinha vontade de correr 21 km, mas não me achava capaz de concluir essa distância. Foi aí que ela me convidou para fazer parte da equipe de corrida do Alexandre Ribeiro, ultramaratonista, referência e várias vezes campeão do Ultraman. Pensamos na série, a minha editora chefe, Mônica Chagas aprovou e em fevereiro a Aninha me apresentou a equipe multidisciplinar com a fisioterapeuta Isabel Siqueira, a Nutri que também é corredora de longas distâncias, Tatiana Sampaio é a assessoria de corrida do Alexandre, a Pro Ribeiro. Ele que monta a tabela e me exige a cada dia mais dedicação” – Diz Marcelle sobre o início do desafio.

E por conta do programa, ela começou a reativar o esporte em sua vida. Quando criança, frequentava o Fluminense e praticava natação, saltos ornamentais, vôlei. No handebol que praticava na escola chegou inclusive a participar de campeonatos entre as turmas. Sempre teve a curiosidade e com a corrida que atualmente procura, não foi muito diferente.

“O Esporte Mágico chegou no Sbt há mais de três anos com a proposta de falar sobre as diversas modalidades, principalmente olímpicas. Nesse período fazia apenas musculação, sem muita frequência. Uma amiga e produtora, Rafaela Coutinho sempre me chamava para fazer provas curtas de 5 km, mas sempre acabava furando com ela para ficar aqueles preciosos cinco minutinhos na cama. Só que um dia aceitei o convite de uma assessoria para participar da corrida das mulheres, uma volta na Lagoa de 7,5km. Foi a minha primeira prova, que aproveitei para fazer uma matéria para o programa junto com a Rafa e a Jucimara, apuradora e produtora. Confesso que tive vontade de parar no meio do caminho. A partir daí outras provas vieram, mas nada de longas distância. ” - Diz  

A prova que será o final do seu desafio será a Meia Maratona do Porto em 12 de maio com largada na Praça Mauá e segue pelas ruas do Centro com direito a passagens nos túneis Marcello Alencar de quase 4 km mais no início da prova e Rio 450 no final, sem contar uma volta pelo Aterro do Flamengo.

A série é exibida todo sábado no SBT Rio a partir das 13:45. Crédito: Arquivo Pessoal

“Conversei com o idealizador da meia do porto na prova "circuito do Rio antigo", Virgílio de Castilho, que me disse que os desafios são bem parecidos. O percurso da meia do porto também passa no centro e num período menos quente. Isso é um fator positivo. O que me deixa apreensiva é o túnel Marcelo Alencar que tem milhões de quilômetros. Um ambiente fechado, que parece que não acaba nunca de carro, imagina correndo?!  Vou precisar de muito psicológico para passar por ele. Ainda estou um pouco apreensiva com esses 21 km. Sei que não vou competir para ganhar prêmio, mas quero ganhar qualidade de vida e sentir aquela felicidade sempre que superar a km anterior de uma forma mais fácil. ” – Comenta.

A série de reportagem que está sendo exibida aos sábados no SBT Rio a partir das 13:45 e chega ao seu quarto capítulo contando como foi o teste nos 10 km do Circuito Rio Antigo. Com uma pequena amostra do que será exibido amanhã, sabemos que ela acabou bem e sem dores no dia seguinte. Abaixo, segue o vídeo do início dessa série.

Mídia

Crédito: SBT Rio