fbpx

17o Volta da Pampulha acontece neste domingo

17o Volta da Pampulha acontece neste domingo Prova reunirá 14 mil corredores. Crédito: Midiasport

A 17ª Volta Internacional da Pampulha será a atração deste domingo, em Belo Horizonte. A partir das 7h35, cerca de 14 mil atletas percorrerão os 17.8 km em torno da Lagoa da Pampulha, num traçado bastante rápido, técnico e emocionante. O atletismo nacional defende os títulos obtidos no ano passado, com Giovani dos Santos, que garantiu o tri, e Joziane Cardoso, contra atletas de outras três nações, Quênia, Tanzânia e Etiópia. A largada será a partir da 7h35, com a categoria Cadeirante, na Avenida Otacílio Negrão e Lima - Praça Iemanjá. A Elite feminino largará às 7h45, enquanto Elite masculino, Pelotão Premium, Atleta com Deficiência e Pelotão Geral, começarão às 8h. 

Neste sábado (5) a programação oficial tem seqüência com o segundo e último dia da entrega de kits aos participantes. A mesma será feita conjuntamente com cortesia da entrega do chip descartável das 9h às 17h0, no Carrefour - Pampulha, localizado na Avenida Presidente Carlos Luz, 4055, Bairro Pampulha. Vale destacar que não haverá entrega de kits no dia da prova nem mesmo após a mesma, como consta do regulamento da competição.

A Volta Internacional da Pampulha faz parte da relação de grandes provas do país. Em quase duas décadas, a competição tem se destacado pelo crescimento, sempre atraindo representantes de todos os cantos do Brasil. Aliás, é essa grande massa que torna a prova ainda mais forte, prestigiando e colorindo o belo percurso em volta de um dos pontos turísticos da capital mineira. A prova é o grande teste antes da Corrida Internacional de São Silvestre. Afinal, seu elevado nível técnico permite avaliar a condição de alguns destaques brasileiros, que terão a difícil missão de bater os estrangeiros no último dia do ano. 

 

Atletas 

 

O mineiro Giovani do Santos é o grande nome do Brasil. Vencedor das três últimas edições, ele segue ratificando sua condição de destaque nacional nas provas de rua. No final do ano passado, garantiu o melhor desempenho do país - quinto - na Corrida Internacional de São Silvestre. Neste ano foi tricampeão da Corrida Eu Atleta Rio, foi segundo colocado no Meia Maratona Internacional de São Paulo, na Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro, entre outros feitos.

Solonei da Silva também é atração. Além da Maratona de São Paulo, ele tem no currículo feitos com o ouro da maratona nos Jogos Pan-Americanos em 2011, conquistado em Guadalajara (México). Venceu também, no começo do ano, a 9ª Meia Maratona Internacional de São Paulo, e ainda obteve o índice para o Pan de Toronto.

Outros atletas fortes são Giomar da Silva, campeão da Meia Maratona Internacional de São Paulo em 2010 e quarto colocado na Maratona Internacional de São Paulo deste ano; e Wagner da Silva Noronha, campeão, em 2014, da Corrida Eu Atleta São Paulo.

Entre as mulheres, Joziane aparece em condições de brigar pelo bicampeonato. A atleta tem garantido resultados expressivos nos últimos anos, como o bi na Meia Maratona Internacional de São Paulo 2014/2015, além vice na Corrida Eu Atleta Rio, do quarto lugar na Meia Internacional do Rio de Janeiro e nas 10 Milhas Garoto, todos neste ano. Ela também foi oitavo lugar na Corrida de São Silvestre 2014. Destaque também para Sueli Pereira da Silva, que tem se colocado entre as melhores nas principais provas do país. Na Pampulha do ano passado ela terminou em quarto lugar. 

 

Estrangeiros

 

No relação da Elite masculino deste ano há vários nomes fortes. São eles os quenianos da equipe Coquinho/Fila/Bioleve Joseph Aperumoi, vice campeão da Corrida Internacional de São Silvestre em 2012; Jacob Kiprotich, vice nas Meias de Brasília e Belo Horizonte neste ano; e Dickson Cheruyot; os tanzanianos Nelson Mbuya, da equipe Luasa Sports/Caixa, vice da 10k Rio 2012 e campeão da Maratona de Foz no ano passado; e Joseph Panga, da Coquinho/Fila/Bioleve, campeão da Meia Maratona da Tanzânia e segundo colocado na Volta Internacional da Pampulha no ano passado. Os etíopes Hailu Beyecha Dibaba, oitavo na Corrida Eu Atleta Rio 2015, e Getu Kure Mideksa, nono na mesma disputa, completam a lista de estrangeiros.

Já entre as mulheres, as atrações são a tanzaniana Natalia Sulle, campeã da Meia Maratona Dar Es Salaam e da Meia Maratona da Tanzânia, ambas no ano passado; e as quenianas Gladys Kemboi, do time Coquinho/Fila/Caixa, campeã da Corrida Eu Atleta Rio 2015 e que fez o excelente tempo de 33min04seg na Eldorede - Kenia 10k 2015, e Consolata Cherotich, da Luasa Sports/Caixa, terceira na Eu Atleta Rio e quinta colocada na Maratona Internacional de São Paulo deste ano.