fbpx

Ricardo Erlich

Ricardo Erlich

URL do site:

Saíram as camisetas da Maratona do Rio. Veja a nossa opinião!

Em um evento realizado na manhã de hoje num hotel, a Maratona do Rio divulgou em primeira mão as camisetas do kit oficial da prova e a principal mudança foram as cores adotadas para cada prova. Será que realmente agradam ou não?

Antes de mais nada, vamos apresentar as mudanças: O tradicional laranja dos 42 km dá lugar ao azul. Sai o verde dos 21 km e entra o amarelo limão flúor. Nos 5 e 10 km, o coral flúor substitui o azul, e a corrida infantil adotará a cor roxa, ao invés do amarelo.

Além dessa troca de cores, aqueles que irão correr o Desafio Cidade Maravilhosa (21 + 42 km) terão duas camisetas dos demais utilizando a cor verde flúor, nos 21 km e o azul royal, nos 42 km.

Outra mudança nas camisetas que podemos considerar que foi importante, é a fuga da imagem do Cristo e a valorização de outros cartões-postais do Rio que estão inclusos no percurso. Os 21 km terão o Morro Dois Irmãos e os 42 km terão a Pedra da Gávea. Já o Desafio será a junção do Morro Dois Irmãos com a Pedra da Gávea. Somente a Family Run ficará com o Pão de Açúcar como cartão postal a mostra.

Por tradição, a Maratona do Rio sempre adotou o laranja nos 42 km, verde nos 21 km e azul na Family Run e não será a primeira vez que a prova faz uma mudança nas cores. Em 2011, a organização do evento havia feito uma tentativa de alterar as cores colocando os 42 km com azul e os 21 km com vinho. O da Family ali, não recordo qual foi a cor usada. Mas que acabou não agradando e em 2012, a tradição voltou.

E nesse ano, uma nova mudança. E qual é a nossa opinião no assunto. O ponto principal é sempre lembrar onde a prova se realiza, na cidade do Rio! Mesmo a corrida sendo em junho, ela pode ser bem quente, principalmente quem for correr os 42 km onde o final da prova pode ser um martírio.

O uso das regatas deveria ser obrigatório, mas de uns anos para cá, a adoção da manga curta como padrão me desagrada. As cores estão mais leves, mas não são determinantes no seu resultado da corrida. Quanto ao design utilizado, elas ficaram muito discretas e exigem um pouco mais do nosso olhar para identificar o ponto turístico que está sendo mostrado, bem como a distância de cada uma.

Mas como eu digo sempre: Não é o kit que você deve considerar como o fator mais importante numa corrida em que vá participar. Ele é apenas uma pequena parte de todo o processo. Dele, o único item de uso obrigatório é o numeral e o chip e você pode usar a camiseta da assessoria que corre, sua cidade, time, a da sorte e etc, assim como você pode cortar a manga da que vem no kit e usar como regata.

Nossa obrigação é treinar para completar a prova de ponta a ponta em busca da medalha no final e a organização nos proporcionar as condições básicas como água e atendimento médico de emergência ao longo do trajeto e na maratona temos de extra o isotônico e frutas, mas que só são úteis se você treina consumindo elas.

E não custa lembrar que a Maratona do Rio ainda tem inscrições para os 42 km, Desafio Cidade Maravilhosa, Family Run e a corrida infantil no site oficial da prova – www.maratonadorio.com.br

Botafogo elimina Pinheiros na casa do adversário e avança no NBB

No início do NBB, poucos eram aqueles que acreditavam que o Botafogo pudesse ir longe na competição. Mas o time da estrela solitária comandado por Léo Figueiró conseguiu o improvável e é um dos quatro melhores times da competição ao vencer o poderoso Pinheiros de virada por 82 a 78, fechando a série das quartas de final por 3 a 2 jogando na casa do adversário e está nas semifinais.

O grande destaque do Glorioso foi ninguém menos que o americano Jamaal que foi muito decisivo no último quarto, sem contar que foi o cestinha da partida com 21 pontos e ainda o rei das assistências com 6.

Assim como no jogo de sábado, a partida foi extremamente equilibrada com o Pinheiros estando sempre à frente no placar, tanto que até o terceiro quarto a partida caminhava para uma vitória dos paulistas ao sair do quarto com 63 a 53.

Mas o Botafogo partiu para o tudo o nada e se aproveitou muito bem dos erros do Pinheiros no último quarto tirando a diferença, ficando a virada no último minuto e com dois lances livres de Jamaal, conseguiu a heroica classificação fechando a partida em 82 a 78.

Com a vitória, o Botafogo conseguiu uma vaga na Liga das Américas e terá pela frente um clássico de muita rivalidade contra o Flamengo, o que já garante um time carioca na final do NBB. A primeira partida será nessa sexta no Oscar Zelaya as 21h10.

Coelho faz partida impecável e Botafogo sobrevive no NBB

Depois de perder a terceira partida do playoff com 25 pontos de diferença, o Botafogo foi para o tudo o nada na tarde de hoje no Oscar Zelaya e tinha a missão de vencer o Pinheiros para empatar e levar a decisão para uma vaga na semifinal e conseguiu! Saiu com a vitória por 88 a 73 e ainda está vivo no NBB.

E quem contribuiu e muito para essa vitória foi Coelho que fez nada menos que 29 pontos na partida e 15 deles em arremessos de 3 pontos que foi uma das armas utilizadas pelo time na vitória. Foi sua melhor pontuação na história do NBB.

“Hoje foi aquele dia que caiu tudo. A cada dia estou treinando mais e quando isso acontece a quadra fica grande para mim. A defesa funcionou bem e isso ajudou bastante. Precisávamos dessa vitória para elevar a nossa autoestima e vamos para São Paulo com todo o coração e botar 80% do plano de jogo do Léo e assim teremos uma grande chance de nos classificar. ” – Declarou após a partida.

Coelho foi o maior pontuador da partida. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

O técnico Léo Figueiró do Botafogo contou do clima que ficará para o próximo jogo na casa do Pinheiros.

“Esse playoff tem que ser no ajuste fino e ir no jogo a jogo. Vamos para o 5º jogo tentar buscar nosso melhor e será uma grande celebração conseguir passar para as semifinais. O que aconteceu no final, foi para dar um clima para a próxima partida e fomos imaturos de ter caído nessa e vamos trabalhar para acertar para avançar. Nenhum time quer perder pois garante uma vaga na Liga das Américas e isso esquenta o clima”.

O Jogo

O primeiro quarto começou com um Pinheiros querendo logo disparar no placar e o Botafogo errando seus arremessos. Não demorou para os paulistas estarem com 7 a 0 de vantagem. A reação dos botafoguenses veio em quatro cestas de 3 pontos sendo 3 de Diego e uma de Coelho e o Botafogo chegou a ter uma vantagem com 12 a 10. Mas o Pinheiros voltou a acertar e no final do quarto, os times empataram em 14 a 14.

Já no segundo quarto, o Botafogo chegou a sair na frente com 17 a 14, mas não demorou para levar uma virada e a estar perdendo por 27 a 23. E em mais uma ótima reação, o time chegou até a virar abrindo 31 a 27. Mas numa falta técnica que o time tomou, acabou levando uma nova virada no último arremesso de Betinho e o Pinheiros fechou o primeiro tempo com 32 a 31.

Quinto jogo será confirmado em breve pelo NBB. Crédito: Bruno Lopes/EAZ

Com a necessidade de sobreviver no NBB, o Botafogo entrou muito forte no terceiro quarto e não demorou para disparar na liderança e anulando completamente o time de Pinheiros. O trunfo foram as cestas de 3 pontos que funcionaram mais uma vez e contribuíram decisivamente a favor do time carioca. Ao final, o Botafogo colocou uma vantagem de 15 pontos fechando em 64 a 49.

Com vantagem no placar, a missão do Botafogo passou a ser administrar a partida e soube fazer muito bem essa função como também ampliar a vantagem. No final, numa falta técnica sofrida por Jamaal, a confusão começou e piorou quando a partida terminal com os times partindo para a briga, mas sem nenhuma destruição. O Botafogo venceu o jogo por 88 a 73 e empatou a série das quartas de final.

A quinta partida será em Pinheiros em data a definir pelo NBB. Quem vencer, terá o Flamengo pelas semifinais.

Vem aí mudança no percurso da Maratona do Rio. Será bom para todos?

Faltando menos de dois meses para a Maratona do Rio, a organização divulgou algumas mudanças no percurso da principal corrida de rua da cidade que tendem a tornar a prova um pouco mais rápida e fazer fluir melhor a largada.

A principal mudança foi a retirada dos 3 km sentido Macumba por conta de um estreitamento nessa praia. Com isso, os corredores seguem largando na Praça Tim Maia, mas em direção à Barra.

E como esses km serão compensados? Vai haver uma volta no Aterro? Não! Fiquem tranquilos. O primeiro desvio será um balão ainda no Recreio no segundo quilômetro de prova, antes do início da Praia da Reserva onde você irá entrar na Av. Pedro Moura até a Av. Pedro Balthazar da Silveira, quando retornam para a praia.

O percurso seguirá normalmente a partir daí pela Reserva, Barra, Elevado do Joá, São Conrado, Avenida Niemayer, Leblon, Ipanema, Copacabana para então se notar outra mudança com a inclusão da Praia do Leme com quase 36 km onde você terá que ir até a pedra no final da praia e voltar para avenida Princesa Isabel.

De lá, você seguirá pelos túneis e na saída do segundo, ainda terá que encarar um segundo balão pouco depois do 39 km que terá uma leve subida até o posto de gasolina em direção a Urca, mas não se preocupe que logo vai estar voltando a rota e seguirá contornando a Praia de Botafogo para enfim próximo a churrascaria achar a sonhada placa dos 42 km e percorrer os últimos 195m.

“As mudanças visam acelerar o percurso, diminuindo o tempo de prova. Além disso, a Maratona do Rio deixa de depender das condições do mar, na Praia da Macumba, tornando a prova mais segura e fluída. A Maratona do Rio espera que os corredores vivam a melhor experiência possível durante os 42km de prova”, disse João Traven, sócio-diretor da Spiridon Eventos, que organiza a prova junto com a Dream Factory.

Entre os diversos desafios que a maratona encarou ano passado que incluiu a greve dos caminhoneiros, o trecho da praia da Macumba estava interditado até a véspera quando a maré alta destruiu o calçadão e só ficou pronto próximo a corrida.

A mudança no percurso vai trazer um novo desafio e será um bom teste psicológico aos participantes. O primeiro desvio não fará muita diferença e a subida de 1,5km da Avenida Niemayer estará próximo ao 25 km. Mas essa ida e volta dentro do Leme e a leve subida em Botafogo será um bom teste se for fazer o Desafio Cidade Maravilhosa que não verá o mesmo percurso duas vezes.

Estou inscrito na Meia Maratona no sábado. Meu percurso vai mudar? Não! Os 21 km continuarão sendo disputados da Praia do Pepê até o Aterro sem alteração.

E nos 5 e 10km? Nada muda! Só houve alteração nos 42 km.

E ainda tem inscrição para Maratona do Rio? Depois de anos se esgotando em pouco tempo, ainda é possível você se inscrever no Desafio Cidade Maravilhosa (21 + 42km), 42km, 10, 5 e corrida infantil. Somente os 21 km não estão mais disponíveis. O site para inscrição é www.maratonadorio.com.br

Assinar este feed RSS