Corrida de Rua

Corrida de Rua (201)

Maratona com arte: maior corrida do Brasil abre inscrições para concurso e exposição de fotos

A Maratona do Rio 2018 confirmou a realização da 3ª edição da Maratona com Arte. A ideia é promover uma exposição de fotos de artistas amadores, através do concurso cultural Corrida com Arte. A intenção do Projeto é democratizar o acesso à cultura, transbordar a prática da atividade física e estimular a criatividade das pessoas através de diferentes expressões artísticas. O tema do concurso cultural é "A tradição do Esporte na Cultura Carioca" e Os interessados em participar do concurso já podem enviar suas imagens. Para participar é preciso acessar o site www.maratonacomarte.com.br. O material selecionado estará exposto junto à entrega de Kits da Maratona do Rio, dias 31 de maio, 1 e 2 de junho, no Centro de Convenções Sul América, na Cidade Nova, no Rio de Janeiro. 

 

 “A iniciativa unifica pilares muito presentes na Maratona do Rio e no estilo de vida do carioca: o Esporte e a Cultura. A ideia é promover uma exposição de artistas amadores, através do olhar de quem pratica esportes, em especial a corrida de rua.”, declara Duda Ribeiro, da Dream Factory, empresa que organiza da Maratona do Rio ao lado da Spiridon Eventos.

 

A fase de envio de trabalhos já está aberta e segue até 23h59 do dia 15 de abril. A votação popular será aberta no dia do dia 16 de abril (14h) e seguirá até o dia 25 do mesmo mês. Na segunda etapa, as imagens mais votadas pelo público serão avaliadas por uma curadoria que envolve diretores de arte, criação e organizadores da Maratona do Rio. O resultado saíra dia 14 de maio. Como parte do projeto Maratona com Arte, além da exposição nos dias de entrega de Kits, a Maratona do Rio também contará com pontos de música ao longo do percurso para agitar o público e os 37 mil corredores. A Maratona do Rio 2018 acontecerá nos dias de evento (2 e 3 de junho). 

 

A Maratona com Arte é patrocinada pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, Movida, Accenture, Bondinho Pão de Açúcar, Estácio e JW Marriot, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura - Lei do ISS.

 

Mais informações Maratona com Arte:

 

- Acesse www.maratonacomarte.com.br;

- Clique em Envie Sua Arte até 23h59 do dia 15/04/2018;

- Preencha o formulário e faça o upload da sua foto ou da foto do seu trabalho até o dia 15/04/2018;

- Em até 24h a imagem será incluída na galeria (desde que cumpra os requisitos do regulamento);

- A partir do dia 15 de abril você já pode começar a pedir votos aos amigos. A votação popular termina dia 25 de abril;

- Avaliação da comissão julgadora: de 26/04/2018 a 30/04/2018;

 

- Os 10 melhores trabalhos selecionados serão expostos na Entrega de Kits da Maratona do Rio, no Centro de Convenções Sul América, nos dias 31 de maio, 1 e 2 de junho, na Cidade Nova, no Rio de Janeiro.

 

Exposição Maratona com arte:

31/05 - 10h às 19h

01/06 - 10h às 20h

02/06 - 09h às 17h

  

Mais sobre a Maratona do Rio - A Maratona do Rio Acontece nos dias 2 e 3 de junho, no feriado de Corpus Christi.  A tradição e a excelência da prova, além do cenário único, ajudaram a colocar o evento entre os melhores de sua categoria no mundo. O número recorde de inscritos consolida prova como uma das corridas de rua mais desejadas do calendário mundial. Em 2018, serão 37 mil pessoas nas distâncias de 6km, 10km, 21km e 42km.  

 

Mais informações:

Instagram: @maratonadoriooficial 

Facebook: https://www.facebook.com/maratonadoriodejaneiro 

Site: www.maratonacomarte.com.br / www.maratonadorio.com.br

 

Vitórias brasileiras na 24ª Maratona Internacional de São Paulo

Os brasileiros dominaram a 24ª Maratona Internacional de São Paulo, a principal prova do gênero no país. Na manhã deste domingo (8), no Ibirapuera, Solonei da Silva venceu no masculino pela segunda vez – repetindo o feito de  2012 – e Andréia Hessel ganhou no feminino em sua estreia da competição. Solonei marcou o tempo de 2h15min55seg para os 42.195 metros por ruas a avenidas da capital paulista,  seguido de perto por outro brasileiro, Wellington Bezerra da Silva, com 2h16min06seg. 

Já Andréia teve mais tranqüilidade e completou a prova em 2h40min07seg, com uma vantagem de 1min30seg para a segunda colocada, a etíope Shewaye Woldemeskel, 2h41min37seg. A terceira colocação foi da também brasileira Valdilene Silva, com a marca de 2h42min38seg.

A 24ª edição da Maratona de São Paulo veio com novidades especialmente no percurso, que se tornou mais linear.  O resultados dos vencedores foram melhores que no ano passado, mostrando que a iniciativa deu certo.

“Gostei do percurso, mas segue duro e interessante. Sofri porque tive uma cirurgia no ano passado e não consegui treinar como queria.  Meu ritmo não foi adequado o tempo todo, mas o que valeu foi colocar o Brasil no topo do pódio”, destacou o bicampeão.

Na prova, Solonei assumiu a ponta a partir do km 34. Ele e Wellington Bezerra, quarto em 2017, foram juntos até quase o fim da prova, quando o vencedor conseguiu abrir e ganhar mais uma vez a Maratona de São Paulo. “Foi meu primeiro evento após a operação e não foi fácil. Quero agradecer ao meu treinador e meu clube pelo apoio e confiança. Não foi o tempo que queria, mas estou muito feliz”, completou.

Feminino

Andréia fez bonito em sua estreia na Maratona de São Paulo, sua primeira prova do gênero no país.  A atleta é a número quatro o ranking nacional e fez uma prova segura, especialmente a partir da segunda metade. O desempenho positivo pode ser confirmado pela boa vantagem para a segunda colocada.

“Foi a realização e um sonho. Todo o treinamento valeu a pena. Correndo em casa, pela primeira, e conseguir o topo do pódio é uma coisa incrível”, destacou a vencedora, que havia corrido duas em Hamburgo e uma no Ibero-Americano, em Buenos Aires, na qual foi a ganhadora. 

A atleta também destacou o percurso. Percurso desafiador e você precisa estar concentrada o tempo todo. Sem dúvida valoriza qualquer conquista aqui”, completou a campeã de 2018.

 

Resultados 2018

 

Masculino

1) Solonei da Silva (BRA), 2h15min55seg

2) Wellington Bezerra da Silva (BRA), 2h16min06seg

3) Goodfrey Kosgei (QUE), 2h16min38seg

4) Philip Kiplimo (UGA), 2h16min50seg

5) Paulo Kimutai (QUE), 2h17min18seg

 

Feminino

1) Andréia Hessel (BRA), 2h40min07seg

2) Shewaye Woldemeskel (ETH), 2h41min37seg

3) Valdilene Silva (BRA), 2h42min38seg

4) Adriana Aparecida da Silva (BRA), 2h42min55seg

5) Carmen Aguilera (PAR), 2h48min03seg

 

Cadeirante

 

Masculino 

1) Leonardo de Melo (BRA), 1h45min01seg

2) Carlos Pierre de Jesus (BRA), 1h52min01seg

 

Feminino

1) Aline Rocha (BRA), 2h00min23seg

2) Vanessa de Souza (BRA), 2h00min28seg

3) Maria de Fátima Chaves (BRA), 2h39min23seg

Como progredir com o volume de treinamento e quilometragem semanal visando a Maratona

Faltando pouco mais de dois meses para a Maratona do Rio, o educador físico do Time de Especialistas da prova, o Professor André Leta, explica a melhor forma de adaptar seu corpo de forma progressiva para correr uma maratona. Ele fala sobre o desafio de aumentar progressivamente a quilometragem de corrida de forma adequada e dá dicas para como evoluir no treinamento. Confira o texto produzido especialmente para os corredores.
A Maratona CAIXA da Cidade do Rio de Janeiro acontecerá nos dias 2 e 3 de junho com provas de 6km, 10km, 21km, 42km, além do Desafio Cidade Maravilhosa (21km +42km). Em 2018, o evento contará com 37 mil corredores. A tradição e a excelência da prova, além do cenário único, ajudaram a colocar o evento entre os melhores de sua categoria no mundo. A Maratona do Rio ainda integra o calendário oficial de eventos e datas comemorativas da cidade do Rio de Janeiro.

Por André Leta

Um dos grandes desafios do treinamento para a Maratona é aumentar progressivamente a quilometragem de corrida de forma que o nosso corpo seja capaz de se adaptar fisiologicamente (coração, pulmão, músculos e metabolismo) e estruturalmente (músculos e articulações) para completar os 42 km ou mais de 3 horas de corrida para grande maioria dos participantes.

Estudos tem apontado que, quando não realizado adequadamente, o aumento do volume de treinamento pode aumentar significativamente o risco de lesões em corredores. Este risco é potencializado quando o corredor possui outros fatores de risco como as lesões pregressas, o excesso de peso, volumes semanais superiores a 64 km semanais, é iniciante e tem mais de 45 anos.

As lesões mais comuns associadas ao aumento inadequado no volume de treinamento são a síndrome do dor patelo-femoral, a síndrome da banda iliotibial e a tendinopatia do tendão patelar. A fascite plantar, tendinopatia do tendão de aquiles e a síndrome medial tibial , conhecida como canelite, também merecem atenção por serem as mais prevalentes em corredores.

Estamos no meio da fase especifica de desenvolvimento I visando a Maratona. Nela, o principal objetivo é o aumento progressivo do volume e preparar os músculos e articulações para os treinos mais intensos e intervalados que serão introduzidos principalmente na fase de desenvolvimento II, que começará na terceira semana de março.

Abaixo dou algumas dicas gerais para você aumentar progressivamente o seu volume de corrida total semanal e das longas de final de semana:
A principal dica inicial é procurar um educador físico especializado em corrida para lhe acompanhar e estruturar o seu treinamento visando a maratona. Este é o momento limite para isto. Abaixo as principais orientações:

1 – Nesta fase você já deveria estar correndo em torno de 16 a 21 km. Se estiver com uma km abaixo, consulte o seu treinador para avaliar se vale a pena treinar para a maratona.

2 – Temos 14 semanas até a maratona. No máximo entre 10 e 11 poderão ser destinadas para o aumento do volume, nas 3 a 4 últimas o volume já deve cair visando a adequada recuperação e “tapering” para a prova.

3 – Estudos apontaram que a menor taxa de lesão ocorre quando você aumenta no máximo 10% do volume semanal de corrida, e as maiores quando o aumento é superior a 30%. Em aumentos entre 10 e 25% a taxa de lesão é intermediária.

4 – Como regra geral, para cada duas ou no máximo três semanas de aumento, você deve reduzir a km total e treino longo do final de semana por uma semana para voltar a subir de novo.

5 – Com estas dicas, junto com o seu treinador, você pode elaborar a progressão semanal e da longa do final de semana. Para esta longa, os iniciantes devem atingir o ápice de 28 km , os intermediários de 30/32 km e os avançados de 32/36k, sendo os 36k apenas para os experientes que sentem necessidade de longas mais próximas à distância da prova.

6 – Nas semanas em que o volume total de treinamento subir, dê uma aliviada na intensidade.

7 – Toda vez que percorrer a distância longa do treino de final de semana pela primeira vez, não force o ritmo, corra leve ou, no máximo, moderado.

8 – Quando repetir a distância no ciclo de treinamento, após o aquecimento, realize-a de forma moderada ou próximo do ritmo que pretende fazer a prova.

9 – Não se esqueça da hidratação e reposição energética e hidroeletrolítica adequada durante as longas.

10 – Antes e após as longas do final de semana capriche no descanso, horas de sono, hidratação e alimentação, visando uma adequada preparação e recuperação para estes treinos.

11 – Fique atento aos sinais e sintomas do seu corpo durante o treinamento e principalmente após a longas. Compartilhe e peça orientação ao seu treinador, ou médico que lhe acompanha, para qualquer dor e desconforto excessivo que persista por mais de 24 horas após o treino longo.

Estamos aqui para lhe ajudar. Envie uma mensagem inbox no Facebook da Maratona do Rio que responderemos as dúvidas mais frequentes dos corredores.

Forte abraço e boas corridas. Vamos às longas!

Time de Especialistas Maratona do Rio

O Time de Especialistas da Maratona do Rio tem como objetivo compartilhar conteúdos sobre o mundo da corrida e promover a interação entre os corredores, além de construir e fortalecer relação com os todos os envolvidos na prática esportiva. A tradição e a excelência da prova, além do cenário único, ajudaram a colocar o evento entre os melhores de sua categoria no mundo. O número recorde de inscritos consolida prova como uma das corridas de rua mais desejadas do calendário mundial. Em 2018, serão 37 mil pessoas nas distâncias de 6km, 10km, 21km, e 42km.

Joziane Cardoso garante o tri na Meia Maratona Internacional de São Paulo

O Brasil voltou ao topo do pódio feminino na Meia Maratona Internacional de São Paulo 2018. Na manhã deste domingo (11), a paranaense Joziane Cardoso garantiu o feito ao conquistar o tricampeonato da melhor prova do gênero no estado e uma das principais do pais. Ela completou os 21.097 metros, com largada e chegada na Praça Charles Miller, no Pacaembu, com o tempo de 1h16min54seg, com oito segundos de vantagem para a segunda colocada, a queniana Caroline Kimosop, 1h17min14, campeã em 2017. Andréia Aparecida Hessel, ficou com o terceiro lugar, com 1h17min35seg.

No disputa do masculino, Denis Kemboi, do Quênia, foi o mais rápido do dia. Ele completou a prova em 1h05min21seg, seguido pelo brasileiro Giovani dos Santos, 1h05min26seg, bicampeão do evento e que também foi vice no ano passado. O terceiro lugar foi do queniano Elijah Cheboneu, 1h06min20seg. 

As mudanças no percurso, mais linear e com menos curvas acabaram surtindo resultado ao diminuir os tempos dos brasileiros, que aprovaram o novo traçado. “Gostei muito, Ainda tem algumas curvas, especialmente no final, mas ficou bem melhor”, destacou a tricampeã Joziane (ganhou também em 2014 e 2015), que melhorou quase dois minutos em relação à marca do ano passado. 

Na avaliação de seu desempenho na prova, ela afirmou que teve calma e soube atacar no momento certo. “Fui com as quenianas a partir do quilômetro seis e fiquei analisando a situação. No quilômetro 18, resolvi atacar e elas não vieram. Com estava bem, mantive o ritmo forte e consegui esse tricampeonato muito importante no começo de temporada. Vamos trabalhar por outros”, completou.

Vitória na estreia

Como no ano passado, um queniano foi mais veloz no masculino. Desta vez, o estreante Dennis Kemboi levou a melhor, empatando a disputa com brasileiros – seis vitórias para corredores nacionais e seis para estrangeiros. “Foi uma prova interessante e na qual tive de manter o foco o tempo todo. Agradeço ao meu compatriota Elijah o fato de ter forçado o ritmo e me motivado com isso. E tinha de ser assim para vencer adversários fortes. Não contava com a vitoria, mas é claro que fiquei muito feliz”, afirmou.

Giovani dos Santos repetiu o vice de 2017, ma nem por isso desanimou. “Foi  mais um pódio importante. Trata-se de uma prova difícil e que mostrou isso hoje. Qualquer um poderia vencer.  Sempre faço o máximo e hoje, foi o segundo lugar e estou contente”, disse. Ele também aprovou o novo traçado. “Melhorou bem e isso ajuda a todos. Sei que  a organização trabalhou para melhorar  e isso é o mais legal”, ressaltou.

 

Resultados 2018 

 

Elite Masculino

1) Dennis Kemboi (Quênia), 1h05min21seg

2) Giovani dos Santos (Brasil), 1h05min26seg

3) Elijah Cheboneu (Quênia), 1h06min19seg

4) Gilmar Lopes (Brasil), 1h06min25seg

5) Damião de Souza (Brasil), 1h06min37seg

 

Elite Feminino

1) Joziane Cardoso (Brasil), 1h16min54seg

2) Caroline Kimosop (Quênia), 1h17min14seg

3) Andréia Hessel (Brasil), 1h17min35seg

4) Valdilene Silva (Brasil), 1h17min56seg

5) Marcela Cordeiro (Argentina), 1h18min42seg

 

Cadeirante Masculino

1) Carlos Pierre de Jesus, 57min30seg

2) Heitor dos Santos, 1h00min38seg

3) Wellington de Souza Júnior, 1h07min34seg

 

Cadeirante Feminino

1) Jêssica Giacomelli, 1h05min50seg

Na Semana da Mulher, Corrida da Mulher Caixa 2018 abre inscrições

Na semana em que se celebra o Dia Internacional da Mulher, elas podem comemorar um espaço exclusivo para praticar atividade física de forma segura, manter a saúde em dia e se divertir. Isso porque foram abertas nesta segunda-feira, 05, as inscrições para a Corrida da Mulher Caixa 2018. A prova, totalmente voltada para o público feminino, será realizada no dia 31 de março, sábado, na Lagoa Rodrigo de Freitas, com largada prevista para às 20hs, próxima ao Parque dos Patins. É a segunda vez que a tradicional prova é disputada sob a luz da lua. No total, o percurso tem 7,5km e as que preferirem apenas caminhar, podem ficar à vontade.

“A Corrida da Mulher Caixa chega à sua 12ª edição já consolidada no calendário nacional de corridas de rua voltadas especialmente para as mulheres. Por ser pioneira na Cidade Maravilhosa, não tenho dúvidas de que o público feminino anseia por esse evento por se sentirem tratadas com o respeito que merecem”, diz João Traven, sócio-diretor da Spiridon, empresa responsável pela organização da Corrida da Mulher Caixa.

As cinco primeiras colocadas no geral receberão troféus e todas as participantes que completarem a prova levarão para casa uma medalha exclusiva. As três equipes com o maior número de inscritas também terão uma premiação. 

As inscrições podem ser feitas no site oficial do evento: www.corridadamulher.com.br. O valor para aquelas que se inscreverem até o dia 19 de março é de R$ 90. Após essa data, a inscrição sairá por R$ 100. O kit da prova será entregue no dia 30 de março e vai ter, além do chip e número de inscrição, sacola do evento e camiseta de poliamida dry oficial.

Serviço
O que: CORRIDA DA MULHER CAIXA (exclusiva para o público feminino)
Quando: 31 de março (sábado) a partir das 20hs
Onde: Lagoa Rodrigo de Freitas, com largada próxima ao Parque dos Patins
Quanto: R$90 até o dia 19/03

Programação 
18h30: Abertura das áreas do evento 
19h45: Aquecimento/Alongamento 
20h00: Largada 
21h15: Início da Premiação

Entrega de Kits 
Dia 30/03 - Sexta-feira
Rua Senador Dantas 117 / sl 217 - Centro (APPAI) 
Horário: de 09h00 as 17h00

Meia Maratona Internacional de São Paulo 2018 terá destaques na Elite

Considerada a principal prova do gênero no estado e uma das melhores do país, a Meia Maratona Internacional de São Paulo 2018 contará com atletas de destaque do país e do exterior. O evento, marcado para o domingo, dia 11, com largada e chegada na Praça Charles Miller, no Pacaembu, contará com corredores de quatro nações, Brasil, Quênia, Argentina e Bolívia, na Elite masculino e feminino.  A programação começará às 6h54, com a categoria  cadeirantes, ficando a Elite feminino para as 6h55 e a Elite masculino para as 7h. 

O Brasil terá como atrações o mineiro Giovani dos Santos, bicampeão da prova e um dos principais fundistas do Brasil no momento, Valério Fabiano, quarto na Meia Maratona do Rio de Janeiro de 2015, e Edson Arruda Santos, vice-campeão da Maratona Internacional de São Paulo no ano passado. No feminino, as favoritas do país serão Joziane Cardoso, também bicampeã da disputa, a experiente Marizete dos Santos, Adriana Aparecida da Silva, vice na Meia de São Paulo no ano passado, e Andréia Hessel, terceira colocada em 2017.

Entre os estrangeiros, a dupla de mulheres promete. Caroline Kimosop, campeã da Meia Maratona Internacional de São Paulo 2017, chega como favorita e tem tudo para brigar pelo bi. Já Consolata Cherotich não fica atrás, pois traz no currículo o título da Dez Milhas Garoto em 2016 e o terceiro colocado na Eu Atleta 10K Rio de Janeiro do ano passado. Vianca Zeballos, da Bolívia, e Marcela Cordeiro, da Argentina, completam a lista da Elite feminina.

No masculino, os representantes do Quênia nesta edição serão Dennis Kemboi Bera Kusimba,  terceiro colocado da Monbasa - Kenya 10km, com 29min, e quarto na Kajiado – Kenya - Meia Maratona, com  1h03min20seg – ambos em 2017, e Elijah Kipkemei Kemboi, segundo na Maratona Caixa do Rio 2015.

A retirada de kits está programada para os dias 8, 9 e 10 de março, na loja Centauro do Bourbon Shopping, na Rua Palestra Itália, 500, no Bairro de Perdizes, que acontecerá juntamente com a entrega do chip cortesia. Nos dias 8 e 9 de março, da 11 às 20h, e no dia 10, das 11h às 17h.  Não haverá entrega de kits no dia da prova nem mesmo após a mesma, como consta no regulamento do evento.

A organização ressalta que toda a infraestrutura do evento será dimensionada para o número oficial de inscritos, não contemplando serviços extras a atletas sem inscrição. Controle de acesso em cada setor, filmagem na chegada, monitoramento e avisos nos postos de hidratação, filtragem na chegada e toda a comunicação através da internet e redes sociais são algumas das dinâmicas a serem repetidas para coibir os “pipocas” e fraudadores.

Sábado é dia de corredor ser solidário

O ultramaratonista Márcio Villar convoca mais uma vez os corredores da cidade maravilhosa para mais uma INCAvoluntário, o primeiro do ano, neste sábado em uma nova casa. Pela primeira vez, será realizado no entorno do Maracanã com a previsão de se correr 100 km das 7 às 17h, aberto a participação de todos bastando fazer uma doação.

É o 10º ano que Marcio faz esse desafio. Tudo começou quando sua mãe teve um câncer e foi curada pelo Inca e desde então, ele repete o desafio. Por conta disto, ele já foi correndo do Rio para Búzios como também já deu várias voltas na Lagoa.

Recentemente ele conquistou uma nova marca, o recorde mundial no Caminho de Santiago de Compostela, onde ele percorreu o clássico caminho francês em seis dias, 11 horas e dois minutos.

Para participar do INCAvoluntário, basta comparecer ao Maracanã em frente a estátua do Belini levando em pó integral que será doado para o hospital do câncer, ração para Suipa e mantimentos para o asilo do Lar Pedro Richard numa grande corrente do bem.

Serviço:

INCAvoluntário: - 03/02 das 7 às 17hrs

Local: Maracanã – Em frente à estátua do Belini

Doação: Leite em pó, ração e mantimentos.

Copacabana receberá corrida dia 25 de março

São dez anos de história e tradição. A assessoria esportiva Street Runners vai comemorar seu aniversário da melhor forma que ela sabe fazer que é colocando o pessoal para correr no melhor cenário possível, a praia de Copacabana no dia 25 de março com inscrições abertas. E você pode optar em correr 4 ou 8 km com direito a medalha no final.

“Estamos há dez anos no Leme. É uma corrida de confraternização que não vai ter vencedores. Todos que completarem irão ganhar uma medalha e vão poder aproveitar um café da manhã na linha chegada e a possibilidade de fazer aquela resenha que todo corredor curte fazer após uma corrida”. – Conta Robson Magalhães, diretor-técnico da equipe e um dos organizadores da corrida.

A largada será às 8h no dia 25 de março no final do Leme. Quem optar pelos 4 km fará o retorno na metade de Copacabana e quem fizer os 8 km irá correr até o posto 6 e voltar. Haverá um kit que conterá o número na competição e uma camiseta alusiva ao evento. O valor da inscrição é de R$70.

As inscrições podem ser feitas nas tendas da Street Runners no Leme pela manhã ou à noite com os professores Robson ou Pedro, ou no Engenhão com o Professor Fábio. Outra forma de fazer a inscrição é pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Serviço:

Corrida 10 anos da Street Runners

Data: 25 de março

Local: Final do Leme

Horário:  8h

Entrega de kits: A confirmar

Corrida de rua global sem linha de chegada confirma trajeto para prova inédita no Rio de Janeiro

Depois de reunir mais de 150 mil atletas ao redor do mundo em 2017, a Wings for Life World Run, corrida que acontece simultaneamente em diferentes países, voltará ao Brasil pelo quinto ano consecutivo, mas de casa nova: o Rio de Janeiro. Confirmada para o dia 6 de maio, a corrida anunciou o trajeto oficial na capital fluminense nesta quinta-feira (8), passando por grandes pontos turísticos da cidade.

Os corredores largarão às 8h da manhã na Zona Oeste do Rio, começando pela Praça do Pontal. De lá, seguirão pelas orlas da Barra da Tijuca, Leblon, Ipanema e Copacabana, além de passarem pelo centro. As inscrições já estão abertas e todo o valor arrecadado será revertido para pesquisas em prol da cura da lesão na medula espinhal.

“A proposta de transformar a vida das pessoas é o que faz dessa corrida tão especial. Ela apoia uma causa que muitas vezes é esquecida. Essa é uma causa da qual não sou apenas embaixador, mas uma pessoa que vive isso diariamente”, afirma Fernando Fernandes, embaixador da Wings for Life World Run no Brasil.

O Rio de Janeiro se juntará, pela primeira vez, a cidades de outros países como Áustria, Croácia, Suiça e Estados Unidos, que largarão ao mesmo tempo, independentemente do fuso horário. Ao contrário das corridas de rua convencionais, na Wings For Life World Run é a linha de chegada que persegue os atletas. O chamado “Catcher Car” (carro perseguidor) larga 30 minutos depois dos competidores e vai aumentando a velocidade gradativamente, alcançando um por um. O último a ser ultrapassado pelo veículo é o campeão do evento. No ano passado, o vencedor global da prova foi o cadeirante sueco Aron Anderson, que correu mais de 90 km, batendo o recorde da competição.

Para participar da Wings for Life World Run, basta escolher a cidade em que deseja correr e se inscrever, acessando o http://www.wingsforlifeworldrun.com/br/pt-br/. A um valor de R$150, a inscrição dá direito ao kit-corrida, que será composto por lata de Red Bull, camiseta da prova, número de peito e barrinha de cereal. Além disso, os corredores terão direito à medalha e ao certificado de conclusão após o evento. Com R$50 a mais, que também serão revertidos às pesquisas da lesão medular, é possível adquirir o kit “premium”, que além dos itens mencionados, também contém viseira, squeeze e lanyard.

Elite definida para a Corrida de São Sebastião

A lista do pelotão de elite da edição 2018 da Corrida de São Sebastião, que acontece no sábado (20), no Aterro do Flamengo, Zona Sul do Rio de Janeiro, terá predominância brasileira. A prova de 10km conta com 40 homens e 20 mulheres confirmados até o momento. Os três brasileiros mais bem colocados no ano passado irão brigar pelo pódio mais uma vez: Giovani dos Santos, atual campeão, Gilmar Silvestre Lopes e Damião Ancelmo de Souza. Entre os estrangeiros, destaque para Edwin Kipsang Rotich (Quênia), vencedor das edições de 2012 e de 2013, que brigará pelo tricampeonato.

No feminino, a disputa também será boa. Entre as confirmadas estão Esther Chesang Kakuri (Quênia), segundo lugar no ano passado por apenas seis segundos de diferença da primeira colocada (Failuna Abdi Matanga - Tanzânia), e as brasileiras Joziane da Silva Cardoso, campeã da Meia Maratona do Rio de Janeiro em 2017 e Mirela Saturnino de Andrade, vice-campeã da Maratona do Rio, também em 2017.

“A Corrida de São Sebastião além homenagear o padroeiro da nossa cidade é a prova que abre o calendário oficial de corridas de rua do Rio. Por tudo isso, o dia da prova é uma data muito aguardada por todos nós, onde sempre recebemos grandes nomes do atletismo. Neste ano, em especial, estamos muito orgulhosos pela presença de fortes nomes nacionais que irão brigar pelo pódio de igual para igual com os atletas estrangeiros”, afirma João Traven, sócio-diretor da Spiridon Eventos, empresa que organiza a prova.

 

ATLETAS DE ELITE CONFIRMADOS NA PROVA

Masculino:

Albertino Silva da Luz

Alequessandro

André Aloísio Fortunato Silva

Antonio Wilson

Carlos Matos Lopes

Cezidio Neto

Clodoaldo De Azevedo Ferreira da Silva

Crispim Pimenta de Oliveira

Damião Ancelmo de Souza

Darlan Jose da Silva

Ederson Vilela Pereira

Edwin Kipsang Rotich (Quênia)

Eliezer de Jesus dos Santos

Elisvaldo Rodrigues de Carvalho

Fabiano Nascimento da Silva

Fabricio Gomes dos Santos

Francisco de Paula Ferreira da Silva

Gilberto Silvestre Lopes

Gilmar Silvestre Lopes

Ginaldo Remigio de Freitas

Giovani dos Santos

Jhonatan Venancio Comper

Jocemar Fernandes Correa

Jormen Freire Nascimento

Jose Alves da Silva Junior

Jose Eloy

Jose Gutemberg Ferreira

Leandro de Melo Souza

Marwa Dickson (Tanzânia)

Manoel Raimundo da Silva

Maxweel Kortek Rotich (Uganda)

Paul Kipkorir Kipkemoi (Quênia)

Paulo Sergio Pereira

Ricardo Marinho da Silva

Roberto Rimes Rosa

Saidi Juma Makula (Tanzânia)

Silvano Lima Pinto

Valdir Serio de Oliveira

Valério de Souza Fabiano

 

Feminino:

Adriana Domingos Silva

Amanda Aparecida de Oliveira

Ana Paula Leotério

Andrea Folegatti de Souza Mello

Esther Chesang Kakuri (Quênia)

Fabiana Cristine da Silva

Gessica Ladeira

Helena Pereira da Anunciação

Joziane da Silva Cardoso

Larissa Marcelle

Leh Jerotich (Quênia)

Lidiane Batista dos Santos

Maria Luciana Siqueira Paula

Maria Regina Seguins

Mirela Saturnino de Andrade

Mirlene da Silva Santos

Paskalia Chepkorir (Quênia)

Rejane Ester Bispo

Rozilene Silveira de Jesus

A Corrida de São Sebastião terá largada às 7h30 entre as Ruas Cruz Lima e Tucumã. No percurso mais longo, os cinco primeiros colocados das categorias masculina e feminina receberão prêmios em dinheiro e troféus. No mais curto, os cinco melhores classificados também receberão troféus.

O evento, que também faz parte das comemorações oficiais do feriado do santo padroeiro do Rio, vai reunir 5 mil participantes, que vão se aventurar em provas com percursos de 5k e 10k. A realização e organização do evento é da Spiridon Eventos. A Corrida de São Sebastião, uma das mais tradicionais provas da cidade que abre o calendário oficial dos eventos esportivos do Rio de Janeiro.

 

Serviço Corrida de São Sebastião:

Data: 20 de janeiro

Local: Aterro do Flamengo entre as ruas Cruz Lima e Tucumã

Abertura das áreas do evento: 6h30 / Largada: 7h30

Assinar este feed RSS