Thiago Paulino abre com medalha de ouro a campanha do Brasil no Mundial de Atletismo Paralímpico

Atleta de Orlândia conquista o título do arremesso de peso, classe F57, no primeiro dia de competição. Crédito:©Marcio Rodrigues/MPIX/CPB 
 
Thiago Paulino conquistou nesta sexta-feira, 14, a medalha de ouro do arremesso de peso, classe F57, no Mundial de Atletismo Paralímpico, disputado em Londres. É o primeiro pódio do Brasil na competição, cujas primeiras provas foram nesta sexta, e seguirão até o dia 23, no Estádio Olímpico, que recebeu os Jogos de 2012. 
 
O atleta de 31 anos venceu a disputa ao registrar a marca de 14,31m em seu terceiro lançamento. Thiago foi o único dos competidores a quebrar a barreira dos 14m. Na segunda posição ficou o chinês Guoshan Wu (13,91m) e, em terceiro, ficou o polonês Janusz Rokicki, com a marca de 13,76m. Thiago chega, assim, à sua primeira conquista em nível internacional. Havia ficado com a quinta posição nos Jogos Paralímpicos do Rio 2016 e em sétimo lugar no último Mundial, em Doha (Catar), em 2015, nesta mesma prova.
 
"Costumo pensar que tudo acontece no seu tempo certo. A primeira coisa que passou na minha cabeça foi Doha. Esse grito de campeão mundial estava engasgado desde lá, mas sou uma pessoa bastante paciente e preciso agradecer a muitas pessoas, pois sempre acreditaram e agora comemoram comigo. Minha esposa está grávida, e o meu filho, Heitor, vai nascer em agosto. Posso dizer que ele vai ser filho de um campeão mundial", disse Paulino, que teve de amputar a perna esquerda abaixo do joelho devido a um acidente de moto, em 2010.  
 
Após a disputa do arremesso de peso, Thiago terá pela frente o lançamento de disco, no dia 22. Em abril, ele conseguiu o recorde mundial da prova, com 48,04m, no Open Internacional Loterias Caixa, em São Paulo, e é um dos favoritos da prova.
 
Também competiu nesta sexta-feira Fabrício Júnior. O velocista da classe T12 - para atletas com baixa visão - classificou-se para as semifinais dos 100m ao vencer a sua bateria com o tempo de 11s16. Ele fez ao todo o quarto melhor tempo das eliminatórias e credenciou-se para voltar à pista neste sábado, 15, às 8h15 (de Brasília). Fabrício, de Naviraí (Mato Grosso do Sul), perdeu parte da visão devido a uma toxoplasmose, contraída pela mãe durante a gestação.
 
Confira, abaixo, a participação dos demais brasileiros neste sábado, 14, segundo dia do Mundial de Londres.
 
Programação dos brasileiros - sábado (15/7)* 
6h03 - Jonas Licurgo (final do lançamento de dardo)
6h08 - Elizabeth Gomes (final do arremesso de peso)
6h15 - Petrúcio Ferreira (semifinal dos 100m T47) 
6h25 - Yohansson Nascimento (semifinal dos 100m T47)
6h55 - Ricardo Costa Oliveira (semifinal dos 100m T11) 
8h15 - Fabrício Júnior (semifinal dos 100m T12) 
16h20 - Petrúcio Ferreira e Yohansson Nascimento (final dos 100m T47) - caso avance
17h14 - Ricardo Costa Oliveira (final dos 100m T11) - caso avance 
17h23 - Fabrício Junior (final dos 100m T12) - caso avance
*Horário de Brasília