fbpx

Brasil é tetracampeão paralímpico no futebol de 5

Ricardinho chutou e a bola foi debaixo das pernas do goleiro. Crédito: Bruno Lopes/Esportes de A à Z

Favorito para o ouro, o time de futebol de 5 confirmou no fim da tarde por que é o melhor do mundo. Jefinho, Ricardinho e Nonato fizeram lotar a arena 1 no complexo de tênis e venceram o time do Irã por 1 a 0 e ganharam mais uma medalha de ouro, algo que vem ocorrendo desde Atenas 2004 quando o esporte passou a fazer parte do programa das paralimpiadas. O Brasil se tornou tetracampeão na modalidade.

“Foi muito emocionante ter feito o gol que decidiu o título. Até antes dos jogos, estava lesionado e nem sabia que iria jogar. Fazer o gol da final, nem pensava que isso fosse acontecer. Foi melhor ainda com essa torcida apoiando e gritando por nós na hora dos gols. Foi incrível! Somos uma grande família” – Conta Ricardinho sobre o jogo.

O gol do Brasil saiu no primeiro tempo. Desde o início pressionando o time do Irã que jogava recuado, assim como os outros times que enfrentaram a seleção brasileira, o gol saiu aos 12 minutos quando Ricardinho dominou a bola e chutou debaixo das pernas do goleiro e a bola entrou. 

O jogo continuou favorável para o Brasil com Jefinho e Nonato, que entrou no lugar de Ricardinho após o gol. Ambos buscaram o gol o tempo todo e a bola sempre ia para fora ou parava nas mãos do goleiro adversário.

Jogadores fizeram a festa no pódio. Crédito: Bruno Lopes/Esportes de A à Z

No segundo tempo, o time do Brasil continuou pressionando em busca do gol e a bola insistia em não entrar. Nonato, Jefinho e Ricardinho partiam direto para o ataque que não chegava ao destino certo. Ao final, da partida, a torcida já começou a ensaiar gritos de é campeão e bastou aguardar o apito para começar a comemoração e a festa.