Paraciclismo

Paraciclismo (3)

Pedaleiros inicia nova temporada e chega pela primeira vez a São Paulo

Projeto que leva pessoas com deficiência visual para pedalar acontecerá no dia 16 de setembro, no Parque Villa Lobos, com participação gratuita. Crédito: Ricardo Erlich/EAZ
 
Uma plataforma de entretenimento, integração e saúde para pessoas que enxergam e que não enxergam. É com essa mesma proposta que o Pedaleiros – projeto que oferece aos deficientes visuais a experiência de andar de bicicleta – inicia sua nova temporada, desta vez, com uma novidade: a realização da primeira etapa em São Paulo. O evento acontece no dia 16 de setembro, no Parque Villa Lobos. Gratuita, a iniciativa tem quatro horas de duração, das 10h às 14h. O objetivo é ocupar os espaços públicos com uma atividade lúdica e divertida, levando amor, carinho e respeito a todos. 
 
Iniciado em dezembro de 2015, o projeto já realizou nove etapas e levou mais de 1.200 pessoas com deficiência visual para pedalar em diferentes lugares do Rio de Janeiro, impactando mais de 40 mil pessoas em seus eventos. De Copacabana a Nova Iguaçu. De Madureira à Lagoa Rodrigo de Freitas. Para esta nova temporada, além da etapa na capital paulista, estão programadas outras seis edições na capital fluminense. Tudo para levar essa experiência a um maior número de pessoas. 
 
Sem fins lucrativos, Pedaleiros tem base em uma das principais dificuldades dos deficientes visuais: a mobilidade. Entendendo que a saúde dessas pessoas merece essa atenção e com a preocupação de melhorar a qualidade de vida delas, o projeto busca trazê-las para o convívio social e propiciar um momento único de liberdade, além de impactar aqueles que as cercam. Na iniciativa, Pedaleiros Guias, capacitados por meio de treinamento, usam bicicletas no formato tandem para fazer o passeio com os Pedaleiros (pessoas com deficiência visual) e descrevem todo o percurso. Pessoas sem deficiência visual também podem desfrutar da sensação, fazendo o passeio vendadas. 
 
“Nossa missão é oferecer entretenimento e tirar essas pessoas de suas casas. Além disso, fazer com que todos enxerguem o que as possibilidades físicas dos olhos não podem, que é colocar-se no lugar do outro e experimentar a sensação de uma pessoa com deficiência visual”, comenta Rafaello Ramundo, sócio-diretor da Novo Traço, empresa idealizadora e realizadora do projeto. “É importante aprender a deixar de lado as próprias vontades, estabelecer relações de ajuda mútua, perceber no outro as suas necessidades mais básicas e tocantes e sentir a felicidade por meio da alegria alheia. Pedaleiros foi criado para engajar o público com atividades de lazer em um espaço seguro e acolhedor”, completa. 
 
O projeto desempenha um papel simbólico, sensibilizando tanto os que não enxergam quanto os que enxergam. O que se percebe é que a experiência de sentir o vento no rosto ao andar de bicicleta transcende a atividade em si. É como executar um voo, se libertar. Por isso, Pedaleiros é uma proposta que oferece emoções indescritíveis, refletindo uma nova perspectiva para todos, que é “olhar com o coração”. Segundo o IBGE, existem mais de 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual no país, sendo 582 mil cegas e seis milhões com baixa visão (dados da fundação com base no Censo 2010).
 
Criado pela NOVO TRAÇO, Pedaleiros conta com a farmacêutica EMS como mantenedora e apoio da Localiza, Multiplan e do Ministério do Esporte, Governo Federal, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.
 
“O Pedaleiros é uma proposta que possibilita uma experiência única de mobilidade sem barreiras, gerando engajamento, ajuda mútua e entretenimento. Por isso, estamos orgulhosos com essa parceria que tanto colabora para o cumprimento de nossa missão de cuidar das pessoas e também reforça o nosso compromisso de promover bem-estar. Estamos falando, portanto, do acesso em diversos sentidos: do acesso ao ir e vir, ao sentir-se livre e conectado, ao convívio integrado, a uma troca de gentilezas, enfim, do acesso a tudo que podemos dizer que está relacionado à saúde e à qualidade de vida, prioridades que nos movem nestes mais de 50 anos de trajetória”, afirma Marcus Sanchez, vice-presidente Institucional da EMS.
 
A EMS realiza, no dia 14 de setembro, em sua sede, em Hortolândia (SP), uma edição de pré-lançamento do Projeto Pedaleiros 2017. Das 10h30 às 14h30, deficientes visuais e acompanhantes realizarão roteiros de bicicleta pelo seu complexo industrial de 79 mil m², em uma experiência inédita dentro da iniciativa. Os participantes representam a Pró-Visão Sociedade Campinas de Atendimento ao Deficiente Visual, de Campinas (SP), cidade da região. Na oportunidade, os colaboradores da empresa também serão convidados a experimentar a sensação de serem guiados nas bikes com os olhos vendados. Será montado o point do Pedaleiros com música e toda a comunicação visual do projeto. Haverá pelo menos 10 bicicletas tandem disponíveis para os passeios e flyers sobre a proposta serão entregues aos presentes.
 
SERVIÇO 
Pedaleiros em São Paulo
Quando: Sábado, 16/9
Onde: Parque Villa Lobos: Av. Professor Fonseca Rodrigues, 2001. Alto dos Pinheiros
Horário: 10h às 14h
Participação: Gratuita
 

Projeto Pedaleiros leva deficientes visuais para andarem de bicicleta em Copacabana

Alguma vez você imaginou ver um cego pedalando uma bicicleta? Pode parecer algo surreal de acontecer, porém é possível sim. O projeto Pedaleiros foi criado para dar essa oportunidade aos deficientes visuais andarem numa bicicleta e sentir essa liberdade que em condições normais, não podem ter. O evento aconteceu na manhã de hoje na praia de Copacabana e contou também com show de Gabriel Moura que lançou uma música falando do projeto.

 “O projeto surgiu com a vontade que temos de fazer o bem para as pessoas. Existe uma grande quantidade de projetos para outros tipos de deficiência e muita pouca para visuais e resolvemos oferecer algo inédito para eles que é andar de bicicleta. Para isso, capacitamos pessoas que vão como guia e são verdadeiros guias fazendo o papel de olhos deles. E o objetivo é fazer eles terminarem o dia se sentindo muitos felizes e satisfeitos. Queremos com a ajuda da divulgação atrair mais deficientes para poder atrair outros e quem sabe, poder ter um projeto diário. ” – Conta Rafaello Ramundo

Quem esteve presente na divulgação do projeto foi a dupla representante do Brasil no vôlei de praia nas olimpíadas, Maria Clara e Carol e toparam o desafio de pedalar vendadas. 

“Foi uma experiência muito legal a experiência de pedalar e poder se colocar no lugar dos outros. Quando coloquei a venda, não sabia se tinha que ir para direita ou para esquerda, mas ter alguém te passando confiança faz toda a diferença. É como no vôlei de confiar na parceira e no técnico. É muito bom vir aqui ajudar a divulgar e espero que esse projeto pedaleiros dure bastante. ” – narra Carol sobre a experiência.

 A dupla Maria Clara e Carol tiveram a experiência de pedalarem sem enxergar. Crédito: Ricardo Erlich/Esportes de A à Z

 

Mas sem dúvidas, o melhor foi presenciar a reação dos deficientes visuais ao pedalarem.  

“Pedalar é maravilhoso e foi a primeira vez que tive a oportunidade depois que fiquei cego. Adorei e quero vir sempre que puder. Já fui três vezes hoje e ainda quero andar bastante até o final do evento. ” – Fala Jerônimo que é deficiente visual sobre pedalar.

O projeto pedaleiros terá em breve outras ações. As próxima será dia 24 de fevereiro também em Copacabana e depois seguirá para a Lagoa e Parque Madureira.

Mais informações: https://www.facebook.com/projetopedaleiros

 

Lançamento do Projeto Pedaleiros acontece neste sábado (12), no Parque Madureira

O projeto Pedaleiros, que oferece aos cegos e/ou deficientes visuais a experiência gratuita de andar de bicicleta, será lançado neste sábado (12), no Parque Madureira. O evento de estreia do projeto, que contemplará passeios de bicicleta de 9 às 17h, ainda terá uma animada Roda de Samba com Gabrielzinho do Irajá, Zé Luís do Império e Rodrigo Carvalho às 18h, para finalizar com chave-de-ouro dia repleto de diversão. 

Pedaleiros se divide em três frentes de ação: Point Pedaleiros, Blitz Pedaleiros e Pedaleiros Day – formato adotado para o lançamento deste sábado. A iniciativa do projeto é realizada pela NOVO TRAÇO, empresa de entretenimento que tem em seu DNA desenvolver e produzir projetos que toquem os sentidos das pessoas.

“Nosso público vai sair de suas casas e ir ao encontro de um projeto pensado para enxergar além das possibilidades físicas dos olhos”, fala Rafaello Ramundo, sócio-diretor da NOVO TRAÇO. “Vamos gerar cultura e entretenimento para os cegos e/ou deficientes visuais saírem de suas casas. Nossa palavra-chave é disponibilidade. Estaremos lá, esperando essas pessoas e a pronto para proporcionar a elas momentos mágicos”, completa o idealizador do Pedaleiros.

A ideiam de origem do Peladeiros tem base em uma das principais dificuldades de cegos e/ou deficientes visuais – a mobilidade. Com a preocupação de melhorar a qualidade de vida destas pessoas, o projeto busca integrá-los à sociedade e os propiciar de um momento mágico de liberdade, além de impactar as pessoas que os ceram. Na iniciativa, Pedaleiros Guias – pessoas sem deficiências e capacitadas por meio de treinamento – farão o passeio com os Pedaleiros – cegos e/ou deficientes visuais severos. 

“O sol batendo no corpo, a sensação de liberdade, o vento no rosto e o passeio com descrição, narração de tudo o que estava acontecendo. Estou feliz de fazer parte do projeto”, declara o professor de Educação Física, Álvaro Souza. Já a estudante Verônica da Silva ressalta: “O vento no rosto, não há nada como uma bicicleta, e a confiança que você pega na pessoa que está pedalando... ótimo”. 

A agenda do Pedaleiros de Verão vai de 12 de dezembro a 12 de março, mas o intuito é ser ativado nacionalmente e contemplar um calendário para todo o ano. A próxima cidade a receber o projeto será São Paulo. 

Criado pela NOVO TRAÇO, Pedaleiros conta com Patrocínio de Furnas, apoio da Prefeitura do Rio de Janeiro, Secretária de Ordem Pública, Guarda Municipal do Rio de Janeiro, Wollner e União dos Cegos do Brasil. Vale destacar que a primeira data do Pedaleiros Day tem capacidade para atender cerca de 300 os cegos e/ou deficientes visuais severos. 

 

SERVIÇO DE LANÇAMENTO

Quando: 12/12 – Das 9h às 17h

Onde: Parque Madureira

Horário: 9h às 17h

Participação: Gratuita

Mais informações: https://www.facebook.com/projetopedaleiros 

 

CRONOGRAMA PEDALEIROS DE VERÃO 

 

DIA

LOCAL

EVENTO

12 de Dezembro

Parque Madureira

Pedaleiros Day

17 de Janeiro

Copacabana

Point Pedaleiros

30 de Janeiro

Lagoa

Blitz Pedaleiros

21 de Fevereiro

Copacabana

Point Pedaleiros

28 de Fevereiro

Aterro

Blitz Pedaleiros

12 de Março

Parque de Madureira

Pedaleiros Day

 

Assista a um vídeo sobre o projeto pedaleiros

Assinar este feed RSS