Paratriatlo

Paratriatlo (1)

Triatlo estreia nos jogos paralimpicos

O alemão Martin Schulz venceu na categoria PT4. Crédito: Bruno Lopes/Esportes de A à Z

O triatlo fez sua estreia nas paralimpíadas e o cenário não poderia ter sido melhor. A Praia de Copacabana recebeu a e contou com um bom público que pode acompanhar e apoiar os atletas ao longo da orla. Foram 750m de natação, 20km de ciclismo e 5 km de corrida e três categorias que fizeram parte do evento, a PT4, PT2 e a PT1 que contou com a participação do brasileiro Fernando Aranha.

Infelizmente ele ficou sem medalha chegando em sétimo. Na categoria dele, para atletas sem movimento nas pernas, os atletas competem utilizando handcycle,a Holanda fez dobradinha no pódio.  Jetze Plat dominou e faturou seguido de Geert Schipper. O italiano Giovanni Achenza fechou o pódio.  

“Foi uma boa estreia em casa da modalidade. Essa torcida apoiando é algo muito especial. Não poderia ter sido melhor e tenho certeza que o triatlo paralimpico só ganha divulgação com uma prova por aqui. Quanto ao meu desempenho, eu gostei, mas ainda acho que poderia ter feito melhor.” – Conta Fernando sobre sua impressão da prova.

Brasileiro Fernando Aranha na transição para corrida foi o único atleta nacional na modalidade nos jogos. Crédito: Bruno Lopes

Na categoria PT4 para atletas com deficiência motora, o vencedor foi o alemão Martin Schulz. Também campeão mundial em sua categoria dominou a prova desde a natação. A prata ficou com o canadense Daniel Stefan e o bronze com o espanhol Jairo Ruiz Lopes.

Já na PT2 para amputados, o inglês Andrew Lewis também campeão mundial em Roterdã que aconteceu este ano foi o medalhista de ouro. Seguido do italiano Michele Ferrarin que foi prata e do marroquino Mohamed foi bronze.

Marroquinho foi bronze. Crédito: Bruno Lopes/Esportes de A à Z

 

Assinar este feed RSS