Carlos Garletti e Alexandre Galgani se destacam na II Copa Brasil de Tiro Esportivo

Carlos Garletti na II Copa Brasil de Tiro Esportivo. Crédito: Ricardo Erlich/Esportes de A á Z

A II Copa Brasil de Tiro Esportivo, realizada na Escola Naval, no Rio de Janeiro, é o último torneio da modalidade antes dos Jogos Paralímpicos Rio 2016, em setembro. Como a seleção brasileira de tiro já está definida, esta é uma das últimas oportunidades para aclimação e ajustes para a principal competição do ano. O evento tem a participação de mais de 70 atletas de 11 estados para a disputa de 14 provas nas diferentes categorias de carabina e pistola. 

Entre os destaques brasileiros nos jogos paralímpicos, está Carlos Garletti praticante desde 2003 e único do país a já ter disputado os jogos e Alexandre Galgani que começou em 2012.

Ambos entraram no esporte paralimpico depois dos acidentes que sofreram. Garletti que é médico oftalmologista, andava sozinho de parapente quando teve um problema na aterrissagem e sofreu uma lesão lombar que tirou o equilíbrio nos membros inferiores. Já Galgani, perdeu o movimento das pernas e parcialmente dos braços ao dar um mergulho uma piscina e ambos acabaram descobrindo o tiro esportivo.

“Sempre gostei de atirar e meus pais sempre me davam apoio, mas tive a primeira oportunidade assistindo a uma competição até que participei de uma. Nessa minha primeira participação, tive um ótimo resultado e não demorou nem dois anos para poder estar sendo convocado para a seleção e fui para um campeonato fora do país, onde consegui pela primeira vez índice para estar nos jogos paralimpicos. A partir de então, é não parei mais.” - Conta Garletti.

Competição segue até amanhã na escola naval. Crédito: Bruno Neves Lopes/Esportes de A á Z

Já Galgani tem menos tempo no esporte. Há quatro anos quando começou a praticar, não demorou a ter resultados expressivos e ao final do ano passado, conseguiu a sua vaga para os jogos com um ótimo resultado num torneio nos Estados Unidos.

“O Fato de eu ter ido para Curitiba para receber orientação sobre o esporte com o técnico da seleção me ajudou muito. ” – Diz.

A II Copa Brasil de Tiro Esportivo segue até amanhã na Escola Naval. Quem quiser acompanhar de perto estes atletas nas paralimpiadas em setebro, basta comprar ingresso para a competição que será realizada em Deodoro.