De virada, Brasil vence Alemanha e está nas semifinais

Time do Brasil vira diante da Alemanha e está nas semifinais no vôlei sentado. Crédito: Bruno Lopes/Esportes de A à Z

Uma virada espetacular! Foi assim o jogão no pavilhão 6 do Rio Centro entre Brasil e Alemanha no vôlei sentado masculino que acabou em 3 a 1, parciais de 24 a 26, 25 a 23, 25 a 18 e 25 a 12. Com o time brasileiro carimbando sua vaga nas semifinais. A torcida foi uma espécie de decimo terceiro jogador que contribuiu e muito com a vitória.

“Hoje a torcida fez toda a diferença. Eles na hora que estávamos mal, nos apoiaram e contribuíram diretamente com a nossa virada. É muito bom saber que minha família está aqui completa para me apoiar, fora essa galera toda. De todos os últimos anos que jogo vôlei sentado, tenho a certeza que fiz uma de minhas melhores partidas da minha vida. E estamos na semifinal” – Conta Anderson, oposto que entrou no segundo set e fez toda a diferença no jogo.

O primeiro set foi de muitas opções. O A partida começou bem equilibrada e num dado momento, o time alemão abriu frente de quatro pontos no placar. O time brasileiro chegou até a virar no final do set e ter o set point. Mas numa jogada com dois toques permitiu que os adversários empatassem e virassem o set em 26 a 24 e abrindo 1 a 0 no placar.

A continuação foi no mesmo ritmo do primeiro set. Brasil e Alemanha protagonizaram equilíbrio de ambos os lados e nenhuma equipe disparando na frente. A Alemanha abriu dois pontos no placar, mantendo essa vantagem até perto do final do set, quando aos gritos de “eu acredito”, o time do Brasil cresceu e conseguiu empatar o jogo em 23 a 23, forçando o técnico alemão a pedir tempo. Na volta, o time brasileiro virou o placar e fechou o set em 25 a 23, empatando o jogo em 1 a 1. 

O terceiro começou com um Brasil melhor e já abrindo dois pontos de frente. Os alemães trataram logo de recuperar essa vantagem e logo estavam empatados quando o jogo chegou a 6 a 6. O time alemão conseguiu até virar o placar, mas logo os brasileiros voltaram a tomar as rédeas do jogo e conseguiram abrir três pontos depois que o os alemães levaram um segundo cartão vermelho na partida com o placar em 16 a 13. O time a partir de então foi só crescendo e disparou no placar. A partir de então, bastou administrar e fecharam em 25 a 18 virando o jogo para 2 a 1.

Anderson entrou no segundo set e fez a diferença na partida. Crédito: Bruno Lopes/Esportes de A à Z

O jogo no quarto set começou no mesmo ritmo do final do terceiro. O time brasileiro disparou na frente já abrindo 6 pontos na frente. E o que se viu a partir daí foi um time da Alemanha completamente apagado em campo e o Brasil foi só abrindo frente e o placar chegou a estar 11 a 3. As bolas continuaram a cair somente de um lado e assim o Brasil venceu fácil o set por 25 a 12, e o jogo por 3 a 1 se classificando para as semifinais. 

O Brasil terá pela frente a seleção do Irã que é uma grande pedreira. “O time do Irã está voando em campo e ontem venceu bem a Bósnia. Vamos estudar bem eles nesses próximos dois dias já que eles são tricampeões paralimpicos, mas já ganhamos deles no mundial. Agora temos dois dias para nos preparar e vamos estudar para ganhar bem. Temos que jogar com o coração para nos darmos bem. Tem 6 mil pessoas torcendo por nós e não podemos decepcioná-los. ” – Conta Fred, oposto do time

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.