Paulo André avança para semifinal dos 100 m em seu primeiro Mundial

O brasileiro venceu a quinta das seis séries qualificatórias

Brasileiro tem potencial de correr abaixo dos 10s. Crédito: Wagner Carmo / CBAt

Paulo André Camilo de Oliveira avançou para a semifinal dos 100 m ao vencer a série 5 das eliminatórias, nesta sexta-feira (27/9), no Estádio Internacional Khalifa, na disputa do primeiro Mundial de Atletismo de sua carreira, em Doha, no Catar. Paulo André fez 10.11 (-0.3 m/s), cruzando a linha de chegada olhando para o lado, para conferir a posição do segundo colocado na bateria, o norte-americano Michael Rodgers (10.14, 0.0).

Paulo André (Pinheiros), paulista radicado em Vila Velha (ES), de 21 anos, se qualificou em nono no geral – a melhor marca das seis séries foi do norte-americano Christian Coleman, o único dentre todos os participantes a correr abaixo dos 10 segundos (9.98). A semifinal dos 100 m será disputada neste sábado (28/9), às 12:45 (horário de Brasília)

“Mais um passo alcançado. Eu conversei com o meu técnico (Camilo de Oliveira) e disse que eu queria ganhar a eliminatória com sobra e um tempo bom. O tempo não foi tão bom assim, mas eu me qualifiquei com sobra. É trabalhar passo a passo para chegar no objetivo que é ir a final e quem sabe ‘beliscar’ uma medalha do Brasil”, disse Paulo André.

Não esconde que sonha em fazer um tempo abaixo dos 10 segundos no Mundial e está confiante. “Estou trabalhando para isso, estou pronto para isso, as condições estão boas – o estádio é climatizado. Só achei estranho uma galera, não sei de que país, fazendo um pouco de barulho na largada. Mas na semifinal, espero ter bastante silencio e concentração para ir à final.”

Rodrigo do Nascimento (Orcampi) correu na última das seis séries, ficou em quarto lugar (10.25, 0.0) e não se qualificou para a semifinal. “É meu primeiro Mundial, é massa correr os 100 m, mas fiz uma corrida horrível. Corri mal, mas acabou, virou a página e vou focar no revezamento”, afirmou. Vitor Hugo (Orcampi) foi o 7º na série 4, com 10.42 (-0.3) e também não passou para a próxima fase. “Sai errado e não consegui fazer uma corrida de recuperação, que seria de muita força, o que não é a minha.” Ambos treinam com Victor Fernandes.

Nos 400 m com barreiras, Alison Brendom dos Santos (Pinheiros), foi o segundo colocado em sua série, com 49.66 e avançou no Mundial para a semifinal da prova que será disputada neste sábado (28/9), às 12:05 (de Brasília). O primeiro na bateria foi Kyron McMaster, das Ilhas Virgens Britânicas, com 49.60. E a melhor marca da qualificação foi do atleta do Catar Abderrahman Samba, com 49.08 – Alison ficou na 13ª posição no geral.

Paulista de São Joaquim da Barra, Alison, de 19 anos, que disputa o seu primeiro Mundial adulto, já correu a prova em 48.45 este ano, na conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru. Disse que estava um pouco nervoso, mas fez uma prova de qualificação. “São vários ‘tiros’, corri para ir à semifinal”, afirmou o atleta que treina com Felipe de Siqueira.

Mas acha que tem condições de bater a sua melhor marca e terá de ser mais rápido do que na qualificação para avançar. “É para isso que a gente trabalha e acho que posso repetir sim a minha melhor atuação, mas tenho de correr mais para garantir vaga na final”, comentou. 

Artur Terezan (FECAM), de Maringá (PR), ficou em último de sua série dos 400 m com barreiras e não avançou para a semifinal, mas fez sua melhor marca do ano de 2019 – 51.12. Artur, de 28 anos, treina com Marcelo Augusto Ribeiro.

No salto triplo, Almir dos Santos Junior (Sogipa), obteve a marca de 16,92 m, a quinta melhor do Grupo A e se qualificou para a decisão em oitavo lugar – o melhor salto da qualificação foi do português Pedro Paulo Pichardo, com 17,38 m.

Almir, nascido em Matupá (MT), de 26 anos, treinado por José Haroldo Loureiro Gomes, o Arataca, é um ‘novato’ no salto triplo. “É uma prova muito dura. Sou novo ainda no triplo e estou buscando melhorar e acertar os detalhes da prova. Ainda tenho muito a aprender pensando em 2020”, ressaltou Almir. A decisão do salto triplo será neste domingo (29/9), às 15:45 (horário de Brasília). O canal 2 do SporTV anunciou a transmissão da etapa, ao vivo, a partir das 10 horas.

Alexsandro de Melo (Orcampi), de 24 anos, que treina com Neilton Moura, obteve a 27ª colocação, com 16,26 m (0.3).

Avatar

dungo

Jornalista, corredor e admirador da cidade maravilhosa

E o que achou sobre esse assunto? Contribua com o Esportes de A à Z! Basta preencher o comentário abaixo.

%d blogueiros gostam disto: